fbpx
De Olho nos Segredos

A Entrevista – Vânia, ex-concorrente da «Casa dos Segredos 5»

Vania Ii A Entrevista - Vânia, Ex-Concorrente Da «Casa Dos Segredos 5»

 

Destaque2 V%25C3%25A2Nia A Entrevista - Vânia, Ex-Concorrente Da «Casa Dos Segredos 5»

E quem deve abandonar hoje a Casa dos Segredos 5 é…Vânia. Foi desta forma que Teresa Guilherme anunciou a decisão dos portugueses no passado domingo. Agora cá fora, a jovem de 21 anos concedeu uma entrevista exclusiva ao site A Televisão onde o politicamente correto não existiu! A experiência de estar fechada dentro de uma casa, o jogo entre Liliana e Daniel, as acusações de saber dos segredos em primeira mão, a falsidade dos concorrentes foram os assuntos chaves. 

2 A Entrevista - Vânia, Ex-Concorrente Da «Casa Dos Segredos 5»

Saíste da casa ao fim de 34 dias. Qual é o balanço que fazes da tua participação na Casa dos Segredos 5?

Sou a favorita de toda a gente (risos). Não. Gostei do meu papel de má e agora que sei que tenho tantos fãs acho que poderia ser bem pior se eu soubesse, mandassem um avião “Continua. Segue em frente” mas foi giro.

Afirmaste que entraste na casa para desestabilizar. Isso era um dos teus objectivos?

Desestabilizei?

Deste o chamado “canal”.

Foi top. É assim para mim aquilo não tinha piada se nós tivéssemos quietinhos. Os jogos são feitos à pressão e é muito secante estar lá dentro 24 sob 24 horas. Só tem piada quando há jogos ou discussões, então que haja muitas discussões todo o dia.

Na tua última semana mostraste fragilizada, deixando de lado a Vânia jogadora. A pressão estava a tomar conta de ti?

Foi difícil estar lá dentro sem notícias e é assim, se nós temos amigos lá dentro ainda é naquela. Eu tinha o Hugo que era meu amigo, mas esta semana ele tornou-se num otário que só me apetecia matá-lo. Eu tive uma conversa com ele e disse-lhe mesmo “tu recebes um avião e ficas estúpido, ouves pessoas a gritar e ficas estúpido e eu não estou para isso, ou confias em mim ou não confias”. Era a única pessoa que eu dizia  “confia em mim e eu vou confiar em ti e quero que chegues ao final”, claro que tenho as outras pessoas: a Agnes que eu sempre lhe disse que ela ia chegar à final mas é assim, as coisas que já tinha falado com o Hugo se calhar já não falava com ela, ou então com a mesma intimidade. O mesmo com o Bruno que sempre apoiou e eu a ele mas não era aquela relação, tanto que quando eu cheguei cá fora a Daniela [amiga] disse-me “eu e os pais do Bruno íamos-te mandar um avião «Força Vânia e Bruno» porque vocês eram os favoritos daqui do Porto e queriam que vocês ganhassem”. Apesar disso e estando lá dentro, a minha proximidade era mais com o Hugo e ele atacou-me por todos os lados. Passou um avião e deixou de falar comigo, depois vem e só me bate e depois não sei quê… e eu fiquei mais frágil.

Portanto, foi uma desilusão?

Foi uma desilusão, tanto que eu o nomeei. Se ele sai vai-me matar que ele já disse isso.

Foste considerada a vilã da história. Há motivos para isso?

Lá dentro havia motivos para ser considerada a vilã da história mas eu gosto desse título. É diferente.

Mesmo tendo sido expulsa, achas que ficaste com uma boa imagem dos portugueses?

É 50/50. As Inesinhas e os Hugozinhos não gostam muito de mim. Eu sai porque os fãs da Inês vingaram-se em mim. Ponto. Nota-se mesmo que elas é à força toda no meu Facebook: é só Inês pra cima, Inês pra baixo e depositaram os votos. Tanto que a minha mãe nem gastou dinheiro a votar, disse que já estava garantido que a Cinthia saía. Toda a gente achava que era a Cinthia que ia sair, não fazia sentido ser eu!

Mas consideras que houve manipulação?

Sinceramente?

Na minha opinião, desta vez a produção não tinha nada a ganhar com alterações nas votações.

Não ganha nada mas perderam-me.  Claro que eles estudam o jogador e sabem à partida quem é que tu vais nomear e não sei quê. E as imunidades são pensadas, eles não me deram imunidade a mim porquê? Porque era suposto a Cinthia sair senão eu tinha imunidade. A Liliana tem imunidade porquê? Porque se for nomeada sai e é o único casal que está a fazer figuras porno lá dentro e é preciso isso. Se ela sai o que é que acontece? O Daniel fica lá a fazer palhaçadas de burrinho e acabou. Ela tem de ficar lá dentro.

Portanto, sentiste necessidade em dar canal?

A Teresa Guilherme mandou-me a boca de “Ricardo e Vânia esta semana não se viram muito”, a Teresa mandou mesmo a boca do que é que se passa: “Então de um dia para o outro discutes tanto com a Cristiana e de momento falas igual pra toda a gente, não discutes com ninguém? Tens de dar canal”. Eu fiz o que ela pediu.

Discutias tanto com a Cristiana que ofereceste-lhe imunidade.

Foi top não foi? Foi lindo! É para ela ficar lá dentro, a discutir por ela e por mim.

O que levou a essa decisão que de certo modo surpreendeu tudo e todos?

Era para ser surpresa que assim esta semana eles continuam todos a falar em mim sem eu estar lá dentro. Enquanto com outros concorrentes, eles saem ao domingo e já ninguém fala neles, hoje é quarta [05/11/2014] e ainda estão a falar zangados comigo. A Agnes não precisa de imunidade para nada. O Bruno também não precisa de imunidade para nada. E a Cristiana precisa porque a Cristiana se vem a nomeações sai.

Depois dos conflitos existentes entre as duas, resolveste dar então uma oportunidade à Cristiana.

Eu ia no táxi para a Endemol e estava a ver imagens da Casa. Quando viu a mensagem que eu deixei muito querida para todos, a Cristiana disse “Vou-lhe dar uma oportunidade e não sei quê”. A primeira coisa que a Teresa Guilherme me disse foi “Vais ter a oportunidade de dar uma imunidade” e eu “Imunidade? Vai ser à Cris, tenho de chocar aquele pessoal todo, ela vai ficar parva” e ela disse lá dentro “Eu devo estar mesmo fraquinha lá fora, ela sabe que se eu for a nomeações saio”. Se eu já sai e aquilo perdeu piada, se ela sai aquilo morre.

4 A Entrevista - Vânia, Ex-Concorrente Da «Casa Dos Segredos 5»

Tu assumiste que sentiste necessidade de isolares dos teus companheiros de jogo. Porquê?

Ali eu não tenho amigos! Ali dentro ninguém era meu amigo, se quiserem ser cá fora é diferente, ali dentro todos eram concorrência. Há um prémio, todos queríamos chegar lá. Tu estás 24horas lá com toda a gente, são todos uma cambada de cínicos quando dizem que têm respeito a toda a gente. Eu não tenho que respeitar toda a gente lá dentro! Tenho que passar por cima de quem for para chegar lá!

Então não pensavas dar uma boa imagem aos portugueses?

Não. Por um lado, eu perguntava muitas vezes “Vocês acham que as missões passam mesmo todas?”. Ainda não tive oportunidade de ver se passam mesmo todas, e eles [concorrentes] diziam “Sim e não” e eu “Se as missões passarem todas, os portugueses adoram-me, se as missões não passarem não adoram” tanto que as missões que passaram cá pra fora toda a gente disse “Ei que atriz que tu foste”. Agora, claro que houve coisas que eu fiz que se calhar não passaram cá pra fora e “Ah ela está a fazer aquilo porque é tolinha”. Eu adorava ter missões, quanto mais complicadas melhores. E recebi um bom feedback das missões que passaram cá pra fora.

Estando cá fora, tens acesso às imagens. Para ti qual foi a surpresa mais envenenada?

A surpresa: o Paulo. Chorei tanto por ele quando ele saiu, foi a única pessoa que eu chorei e a minha mãe disse “Se soubesses o que o Paulo andou a falar de ti quando estava lá dentro” e eu “A sério mãe?”, “A sério, tens que ver, ele tratou-te tão mal”. A minha mãe foi ter com ele e insultou-o. Lá dentro fez grupinhos para votar em mim. Disse cenas absurdas: “Não pensa com a cabeça de cima, pensa com a de baixo e eu por 10 000€ nem lhe metia os dedos”. Eu lá dentro considerava-o a figura paterna. Como é que um homem que eu considero a figura paterna faz-me aquilo quando eu nunca falei mal dele e sempre quis bem do filho dele?

E o concorrente que te surpreendeu mais pela positiva?

Pela positiva, eu estava à espera, a minha mãe disse-me que quem me apoiava mesmo eram a Agnes e o Bruno. Disse-me que devia ter ouvido as cenas deles e que o Bruno nunca me ia nomear se não tivesse feito as cenas com o Daniel e eu “Oh mãe mas tinha de ser”.

7 A Entrevista - Vânia, Ex-Concorrente Da «Casa Dos Segredos 5»

O trio que formaste com a Liliana e Daniel foi jogo? 

Ali foi mesmo jogo. Eu quando estava a pensar nisso, perguntei-me “O que é que eu vou fazer agora? Sou a má, não me posso deixar ser a boazinha” e o que eu pensei foi “Ela está a trair o namorado de 3 anos e meio, os portugueses devem estar a odiá-la, vou cair em cima dele”.

E na tua opinião é jogo entre o Daniel e Liliana?

É jogo do Daniel para a Liliana mas não é jogo da Liliana para o Daniel. Ela está completamente caidinha, aquela rapariga não tem nada na cabeça.

Não dá essa impressão.

A sério? Esquece! Esquece! Ele quer lá saber, ele faz fita de propósito. Imagina, eles discutem e ele põe-se num canto muito triste e eu vou ter com ele e digo “Oh Daniel as mulheres não gostam disso, dá-lhe com os pés que ela vem atrás” e ele “Eu sei, achas que me estás a ensinar alguma coisa? Eu quero fazer o papel de coitadinho aqui”. “Estás a jogar para cima dela?” e ele “ Tu sabes a resposta não sabes? Não fales que as câmaras estão ligadas”.

Toda a gente é cínica dentro da casa, as palavras são tuas.

Cínicos… o Pedro é um cínico. Vocês não têm noção, quando ele me disse que eu fui para a cozinha para não ter o voto dele apetecia-me espancá-lo. Mas tu estás a brincar? Ele na cadeira quente disse assim “Tu só começaste a ir para a cozinha aprender a cozinhar quando tiveste medo que eu te nomeasse”. Como se eu tivesse medo que alguém me nomeasse!

Já fiz esta pergunta aos ex-concorrentes e dizem que o Pedro é um dos favoritos à vitória. Partilhas dessa opinião?

Eu não acho. Vocês não têm noção do que é lá dentro. O Pedro está muito isolado do resto do grupo. Só pensa em “Eu estou acordado todo o dia, vocês passam o dia todo a dormir, vocês só pensam em dormir, Vânia tu passas o dia a dormir”, a sério Pedro? Fala alentejano e não sei quê, e discute como a Cristiana por qualquer motivo mas eu acho, por exemplo, o Ricardo muito mais cómico e o Ricardo nem sequer aparece. O Ricardo é a pessoa mais divertida lá dentro.

De facto, o Ricardo é o concorrente que menos destaque tem na Casa dos Segredos.

Mas ele é assim, vai passar sempre pelos pingos da chuva e quando começar a chegar perto da final, ele vai disparar ali qualquer coisa que toda a gente o vai adorar. De certeza, ele é o mais divertido. Eu já lhe tinha dito, eu disse-lhe assim” Ricardo, nas cadeiras quentes tens que falar que é o que passa mais nos Extras”.

3 A Entrevista - Vânia, Ex-Concorrente Da «Casa Dos Segredos 5»

E para ti quem é que são os cinco concorrentes que vão chegar à final?

A Agnes, o Bruno, o Pedro, o Didi [Ódin] se calhar e a Cristian. Ela vai chegar à final, infelizmente.

Em relação aos segredos qual é que foi aquele que te mais surpreendeu?

Eu ainda não estive muito atenta a essa parte dos segredos. A mim chocou-me o Fernando ser trocado porque a minha lógica do Fernando não era “a minha namorada trocou-me por uma mulher”. “Era o meu namorado trocou-me por uma mulher”. Mas a Liliana prevê o futuro, como prevê o futuro?

Há quem acuse que tiveste acesso aos segredos na semana em que ficaste isolada do exterior. O que dizes da tua justiça?

Eu já li que estive numa festa de aniversário nessa semana. Não! Estive fechada, isolada, trancada.

Eu confrontei a Teresa Guilherme e ela assumiu que eventualmente possa ter havido fuga de informações.  

Eu não tive mesmo informação até porque é assim, eu criei uma amizade com as minhas sombras. Mas a partir do momento que eu ia pôr em risco o emprego delas era incapaz. Eu não ganhava nada com isso porque só se ganha quando se chega à final. Eu dizia muitas vezes para que é que eu quero o dinheiro se só se ganha quando chegasse à final? Eu vi agora o meu saldo, para que é que eu quero aqueles números? Não ganhei nada com isso.

Mas não achas estranho que poucos dias depois de teres entrado na Casa acertares no segredo do Luís?

Eu fui lá dentro, vocês viram-me no confessionário quando fui fazer o primeiro registo. Eu cheguei lá e disse “Eu vou sair da casa e eu quero que o dinheiro fique cá dentro. Eu tenho a certeza do segredo da Cinthia mas dele não tenho. Eu prefiro carregar no dele e perder o meu dinheiro do que deixar o dinheiro sair”.

Mas depois na cozinha tu mandaste um bitaite pro ar a dizer “a Cristiana tem a ver com futebolistas”.

Sabes porquê? Vou-te dizer. A verdade é que a minha amiga Daniela quando nós estávamos a inscrever ela disse “Ah esta minha amiga também se inscreveu” e mostrou o Facebook de uma Ana Cristina, vocês não viram que eu estava sempre a perguntar se ela se chamava Ana? Estava sempre a perguntar se ela tinha um filho. Eu sempre a insistir com essa história porque a Daniela depois contou-me uma história dela. Disse isto tem a ver com isto, isto e isto. E então quando ela falou que me conhecia e que eu estive bêbeda ou o que a Elisabete lá inventou, eu o que fiz foi “Será que foi esta rapariga? Se for esta rapariga a história é esta” e peguei por aí. Fazia todo o sentido.

Portanto não há fundamento nessas acusações?

A minha mãe disse-me assim “Acertaste logo num jogador no dia em que falaste com a Cristiana e saiu na revista esse jogador”. Como é que eu dentro da casa tinha acesso? Como é que eu acertei logo num jogador sem estar cá fora? A Voz não me ia dar uma revista para eu ler que era aquele jogador, calhou. E quando eu falei no segredo do Fernando, não estava a falar de traição de mulheres e de homens, estava a falar de uma coisa mais grave, de violência e ele estava sempre a dizer “Fiz muitas coisas más no passado, fiz muitas coisas más no passado” e eu pensei assaltos. A Elisabete e a Daniela, eu disse como os outros disseram, o Bruno também já tinha dito aquilo, mas eles caíram em cima de mim porque eu entrei uma semana depois, se eu tivesse entrado no mesmo dia eu poderia ter tido os mesmos palpites que ninguém diria nada.

Foi melhor para ti teres entrado uma semana depois?

Não. Claro que não. Quer dizer a nível de jogo se calhar eu sou a vilã e estou a ter tanta fama, [tantas capas de] revistas e tanta polémica porque entrei uma semana depois. Se calhar se entrasse na mesma altura passava por ser boazinha.

8 A Entrevista - Vânia, Ex-Concorrente Da «Casa Dos Segredos 5»

Tu sofreste de violência doméstica. Também entraste com o objetivo de mostrar ser um exemplo de mulher?

Não foi mostrar ser um exemplo de mulher, gostava era que todas as mulheres tivessem a coragem que eu não tive de denunciar. E pelo que eu tenho visto no meu Facebook tem resultado.

Achas que se entrasses na Casa com esse segredo os portugueses alteravam a tua imagem?

Eu não queria entrar com esse segredo porque eu tinha medo que ele desse a cara. Deu na mesma não é? Eu não lhe queria dar protagonismo, apenas queria contar a minha historia aos portugueses, não queria dizer foi aquela pessoa que me fez isto. Eu queria que todas as mulheres dissessem “Eu vou denunciar a pessoa que me fez isto” e ninguém precisa de contar quem é a pessoa, só precisa é de ter a coragem de ir denunciá-la.

Como é que se aguenta tanto tempo?

Estava doente, estava obcecada.

E como é que se mete o «Basta»?

Não se mete, vai-se deixando arrastar cada vez mais, mais, mais, até não teres força.

A tua mãe chegou a ser ameaçada pelo teu ex.

Sim, ameaçou a minha mãe e ela ligou-me a dizer que ele a tinha ameaçado anteontem. A minha mãe estava mesmo preocupada e eu disse “ Não te preocupes, ele é um cobarde, quem ameaça não cumpre porque ele não precisava de ameaçar, se quisesse fazer já tinha feito”. E ele não mandou nada para mim, porquê? Já sabe que a violência psicológica dele já não interfere comigo. E eu disse-lhe “Por favor não dês a cara, esquece, quando forem falar contigo, não faças entrevistas porque eu não vou falar mal de ti, apenas vou contar a minha historia, eu não vou em situação nenhuma pôr o teu nome e se tu tiveres o mínimo de inteligência vais afastar-te e fazer de conta que morreu ali”. Porque é que ele foi para as revistas contar a minha vida toda? Eu se quisesse agora desfazia a vida dele toda.

Mas não temes pela tua segurança?

Ele vai saber sempre onde é que eu estou, mas sinceramente não acho que ele vá fazer alguma coisa. De cabeça quente se calhar fazia mas pensar “eu vou ali para fazer isto” ele chega lá e acho que não tem coragem.

Achas que ele foi para as revistas para ganhar protagonismo?

Claro. Ofereceram-lhe dinheiro senão ele não aparecia, deve ter visto uma nota à frente e saltou a correr.

O dinheiro é apenas ganho pelos finalistas. Agora com a tua popularidade, com presenças, com patrocínios, se calhar vais ganhar mais que o prémio final. Avaliando essa situação, preferias ter saído agora ou chegado à final?

Sair agora. Porque se eu tivesse mais 2 semanas, daqui a 2 semanas ia outra vez a nomeações, se calhar ia andar em baixo porque os meus pais estiveram lá e eu não fui vê-los e depois ia estar a pensar “E agora o que é que vou fazer?”. Depois ia estar toda a gente a atacar-me e eu poderia não recuperar de estar em baixo, então preferi sair. Com uma leoa ferida, as hienas atacam todas, então valeu mais sair assim e sair bem, e ver outro cachet mais alto e ser a mais popular e a má da fita que ganhar.

Formas DJ com a Daniela e ela tinha dito que um dos teus objetivos era ganhar popularidade com a tua dupla.

Sim, claro. Até porque ela se inscreveu e fixe era termos entrado as duas. E o Flávio Furtado disse “É uma pena nós não termos visto isto, ela não ter entrado porque ela não se cala, fala pelos cotovelos”. Tendo fama, o dinheiro vai chegar de alguma maneira.

Temes iludir-te com a fama?

Não, não, não. Ainda ontem por acaso sai e perguntavam-me “Então achas normal as pessoas olharem para ti?” e isso não é nada. Claro que estão a olhar um pouco mais e a apontar um pouco mais os dedos mas eu não vinha sair para Lisboa, eu saía no Porto e no Porto já tinha a mínima fama e então já via isso, o pouco que fosse eu passava e ouvia sempre o nome Vânia. Claro que agora esse nome vibra mais mas está tudo tranquilo.

Gostas?

Gosto, adoro! A sério. Gosto mesmo.

Quais os frutos que esperas retirar da tua participação?

Eu agora vou fazer as presenças o máximo possível. Quando as presenças começarem a baixar é que eu entro como DJ, começo a repetir casas, porque se eu fosse como DJ, assim eu vou de presença e depois querem como DJ. Assim faço duas vezes as mesmas casas. É uma questão de marketing mas claro que vai ser bom pra nós, para as Royals, claro que vão ter nome. E mesmo da violência acho que vai haver muita gente a querer denunciar e a querer falar, pelo menos as mensagens que eu já recebi, os testamentos que eu já recebi, já consegui abrir alguns são mesmo “E achas que eu devo denunciar? Ele ameaça-me de morte, o que achas que devo fazer?” e dei mesmo o meu número de telefone pessoal às pessoas para poder falar com elas quando as entrevistas acabarem, que acabam agora.

Pretendes seguir a carreira de DJ?

Eu pretendo ser DJ enquanto for jovem. Porque eu não vou ser velha e ser DJ como é lógico. Tenciono acabar o curso que estou, depois marketing.

Assista agora ao terceiro Extra da rubrica De Olho nos Segredos, uma iniciativa do site A Televisão em parceria com a TVI e Endemol. Teresa Guilherme é a protagonista.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News