fbpx
Cine-Opinião Rubricas

«De rouille et d’os»

Cine Opiniao2012 «De Rouille Et D'Os»

Rust-And-Bone-

Depois de um mês dedicado ao sexo feminino, iniciamos abril com o tema «Filmes Europeus». É neste contexto que surge De rouille et d’os, o drama francês que é protagonizado pela francesa Marion Cotillard e pelo belga Matthias Schoenaerts, em mais um Cine-Opinião.

A história inicia-se com Ali (Matthias Schoenaerts) a ter de assumir a responsabilidade pela educação do seu filho Sam (Armand Verdure), de cinco anos. Pouco o conhece e a verdade é que parece não estar preparado para a tarefa de ser pai. É então que decide recorrer à irmã para  ajudar a educá-lo. É quando arranja um emprego no sul de França que Ali se cruza com Stéphanie (Marion Cotillard). Stéphanie é uma jovem treinadora de orcas e desde logo chama a atenção de Ali. Depois de trocarem os números de telefone, apenas por obra de uma tragédia é que esse telefonema efetivamente acontece. Ali encontra Stéphanie numa cadeira de rodas e sem vontade de viver, sem sonhos, sem ilusões. Tudo parece trágico.

Assim, somos confrontados com esta história de luta e perseverança. Num filme que mostra um lado muito genuíno e rico de um tema que infelizmente acaba por assombrar tantas pessoas. Depois de um acidente trágico que lhe leva as pernas, Stéphanie volta a lutar pela sua vida, por fazer as coisas que gosta, por redescobrir o seu corpo e reconstruir a sua vida.

De facto, o que mais fascina neste filme é a forma honesta com que Ali trata Stéphanie, sem a rotular, sem a limitar por essa tragédia que a assombrou. Ele não a trata de forma diferente, de modo algum, o que acaba por unir ambos. Além disso, também o pequeno Sam, contribui para uma descoberta do próprio Ali acerca da sua vida, daquilo que quer para ela.

É, no fundo, um filme que nos mostra uma história de vida fascinante e de perseverança que deve servir de inspiração para todos. Não nos podemos deixar limitar pelas nossas limitações (passo a redundância). Devemos lutar, devemos conquistar e construir a vida que queremos. Num mundo onde tantas vezes os sonhos ficam para trás, De rouille et d’os  mostra-nos que vale a pena lutar. Que vale a pena ter a determinação de tomar as rédeas da nossa vida e lutar para sermos felizes.

Um filme que inspira, com representações maravilhosas dos protagonistas. A ver, sem qualquer dúvida.[youtube http://www.youtube.com/watch?v=QO2VgnDKYRU]

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News