fbpx
Audimetria Semanal

Audimetria Semanal (97)

Chegou o último sábado do mês de fevereiro, e a Audimetria Semanal vai fazer as contas dos sete dias que passaram. As subidas e as descidas dos formatos das generalistas voltam a estar em destaque e, no final, pode ainda ficar a saber qual dos noticiários da hora de almoço conseguiu levar a melhor sobre a concorrência na semana entre 13 e 19 de fevereiro.

Assim sendo, resta-me dar-lhe as boas vindas para a nonagésima sétima edição da Audimetria Semanal!

A surpresa

Os Compadres Audimetria Semanal (97)

Nos últimos dias, e para quem acompanha o fórum d’A Televisão, sugeriu-se uma pausa para o concurso apresentado por Fernando Mendes. Afinal, as piadas repetidas, os jogos iguais desde há alguns atrás e o mesmo estúdio, começam a cansar os telespetadores com uma idade mais jovem. Assim sendo, defendeu-se uma aposta do primeiro canal nas séries que o levam muitas vezes à liderança nos finais de tarde de fim de semana.

Nem a propósito, Os Compadres surpreenderam no último sábado, ao ocuparem a quinta posição no top dos cinco programas mais vistos do dia. Em números, a série da RTP1 alcançou 8,7% de audiência média e 28,2% de share, um resultado muito superior aos filmes transmitidos pela SIC e TVI (Push – Os Poderosos e M:I-2).

Depois do sucesso de Vila Faia nesse horário, a estação pública volta a vencer com produções portuguesas representadas por atores portugueses. Se faria sentido uma pausa no Preço Certo, partindo do princípio de que o primeiro canal continuaria a liderar entre as 19h00 e as 20h00? Sem dúvida. No entanto, e numa altura de crise, arriscar nem sempre é a melhor opção, o que nos leva a concluir que uma das medidas para colmatar a insatisfação de vários telespetadores em relação à monotonia do concurso, passe pela reformulação do mesmo!

Já está na altura de isso acontecer!

O Destaque

Tuacaranomeestranha 2 Audimetria Semanal (97)

Já ninguém tem dúvidas do sucesso alcançado por A Tua Cara Não Me É Estranha. Mesmo assim, o programa conduzido por Cristina Ferreira e Manuel Luís Goucha continua a surpreender os telespetadores e os quadros de audiências da Marktest. No último domingo, conseguiu registar a melhor audiência desde a sua estreia, ao alcançar 17,3% de rating e 53,9% de share. É certo que este resultado foi sendo constituído pela oferta da TVI desde as 18h00, que incluí um jogo de futebol, um noticiário e ainda o comentário do professor Marcelo Rebelo de Sousa.

Ainda assim, os valores obtidos apenas realçam que os portugueses já não dispensam a companhia de A Tua Cara Não Me É Estranha nas noites domingo, dando uma clara preferência à estação de Queluz de Baixo (nesse dia, subiu aos 32,1% de share).

Apesar desta realidade, é importante destacar ainda a prestação de Ganha num Minuto. Afinal, o programa apresentado por Marco Horácio, que testa a concentração dos concorrentes, conseguiu um resultado bastante razoável. Se no dia 13 de fevereiro alcançou 6,3% de rating e uma quota de mercado de 17,8%, no dia 19 chegou aos 8,1% de audiência média e 22,1% de share (nono programa mais visto do dia).

Mesmo sabendo que estes valores são abismais, os dois programas estão de parabéns!

Out

Camara Clara Audimetria Semanal (97)

De facto, a cada semana que passa, questiono-me sobre a viabilidade do segundo canal nos tempos que correm. Se olharmos para a grelha do mesmo, debatemo-nos sobre o sentido de existirem duas estações públicas, sabendo que a programação de um passa totalmente ao lado dos telespetadores. Sim, de facto o objetivo da RTP2 é ser “alternativa”, no entanto seguir demasiado este conceito leva a que, à excepção de Zig Zag, poucos sejam os formatos que consigam ultrapassar os 3% ou 4% de share.

Felizmente, existem ainda alguns destaques positivos numa maré vermelha. É o caso do Diário Câmara Clara que, com pouco mais 5 minutos, consegue fazer aquilo que outros conteúdos com uma duração superior não conseguem. Por exemplo, na última quarta-feira, o programa foi o mais visto da RTP2, com uma audiência média de 1,6% e uma quota de mercado de 4,7%.

A meu ver, a identidade deste canal está a perder-se a cada dia que passa.

Estás aí?

A instabilidade dos valores de Perfeito Coração em muito se identifica com o título deste espaço. Afinal, onde está a novela? Num dia consegue fazer um share na ordem dos 24%, o que é razoável contudo, e no outro, fica abaixo dos 20%. Apesar de perder para a concorrência, incluindo Ilha dos Amores, Perfeito Coração registou nos últimos dois episódios resultados razoáveis.

Num horário em que a estação de Carnaxide liderava várias vezes, esta produção portuguesa, com provas de sucesso dadas em horário nobre, causou uma queda na audiência média do canal. É altura de voltar a apostar nas novelas brasileiras, uma vez que, depois de almoço, conseguem resultar melhor do que qualquer outra. Basta olhar para a RTP1.

O número

Modre Assopra Audimetria Semanal (97)

A aposta da TVI em prolongar uma emissão de Dá Cá Mais 5 até ao Jornal das 8 não dá resultado nas audiências. Prova disso foi o share do programa no dia de ontem e o de Morde & Assopra. Em números, o concurso apresentado por Leonor Poeiras ficou-se por uma quota de mercado de 15,8%, enquanto que a novela da SIC subiu aos 32,4% (quinto programa mais visto do dia, com 10,3% de rating). Já O Preço Certo alcançou 28,9% de share.

Quem vence na Informação à hora de almoço?

Na semana entre 13 e 19 de fevereiro, o Jornal da Uma levou a melhor sobre a concorrência. O noticiário da estação de Queluz de Baixo alcançou uma média de 30,2% de share, contra os 28,7% do Primeiro Jornal e, por fim, os 26,8% do Jornal da Tarde. De salientar que os resultados de Você na TV! ajudaram ao primeiro lugar da Informação da TVI a partir das 13h00.

Até para a semana!

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News