Audiências à Lupa

Audiências à Lupa: setembro de 2013

Audiências à Lupa

A rentrée já lá vai, mas vamos agora recordar aqueles que foram os principais factos audimétricos do mês que deu o mote para esta temporada televisiva. Olhemos as Audiências à Lupa do mês de setembro.

SETEMBRO 1

Setembro trouxe consigo muitas reviravoltas. Veja-se a evolução das audiências das generalistas, sobretudo. Ou observe-se os picos que o Cabo regista que demonstram claramente os fins de semana do mês. É curioso perceber estas variações graficamente.

Efetivamente em setembro assistiu-se a uma consolidação do horário nobre da SIC e a TVI apenas no final do mês conseguiu recuperar a sua hegemonia incontestável. É que no decorrer do mês Carnaxide conseguiu, por diversas ocasiões, vencer o dia, algo que não acontecia há vários meses.

Esta situação deveu-se à oferta em horário nobre por parte da SIC, já que Dancin’ Days e, mais tarde, Sol de Inverno conseguiram agarrar os portugueses. Este ano a TVI pecou em, certa medida, pelo atraso em responder às apostas de Carnaxide. Quer Belmonte quer Casa dos Segredos surgiram demasiado tarde, talvez, o que deu algum avanço à SIC. Contudo, há que salientar que a quarta edição de Casa dos Segredos, ainda assim, foi estrategicamente colocada uma semana antes de Factor X estrear, mas nem assim tem conseguido cativar tanto quanto em edições anteriores.

Assistiu-se, portanto, a uma grande instabilidade entre as generalistas, inclusivamente a RTP que, ainda assim, se mantém na generalidade dos dias com valores inferiores a 15% – valores esses, que não merecia, no meu entender. Quanto à RTP2, manteve essencialmente os seus valores habituais, assim como o Cabo que se mantém isolado na frente, com particular destaque aos sábados e domingos, como se verá em seguida.

SETEMBRO 2

Aos fins de semana assiste-se a tendências constantes. O Cabo tem valores a rondar os 45%, enquanto a TVI tem uma tendência clara de melhores resultados aos domingos. A SIC, por sua vez, por norma, fica abaixo de Queluz de Baixo, sendo que conseguiu melhores valores aos sábados. A RTP1, essa, revela uma tendência inversa, em que os sábados são os dias em que tem melhores resultados, embora, ainda assim, paupérrimos. Por fim, a RTP2 mantém audiências constantes.

No final de setembro a TVI antecipou a estreia de Casa dos Segredos 4 e foi, no meu entender, uma decisão acertada para Queluz de Baixo. Contudo, não se notou uma melhoria significativa face aos valores de Dança com as Estrelas, o que acaba por evidenciar espectadores fiéis ao seu entretenimento de domingo à noite, mas também um menor boom dos seus Segredos.

Ainda assim, vejamos como foram os números-chave do mês.

setembro quadro

Durante mais um mês, vemos que a SIC aproximou-se da líder TVI, sobretudo durante a semana, com, diria eu, praticamente, um empate técnico nos dias úteis. Dancin’ Days fez das suas e a TVI não a soube contrariar. Com Sol de Inverno e Belmonte a luta parece ter-se tornado mais renhida.

Reforçando a tendência de instabilidade das generalistas, observamos que a amplitude audimétrica de setembro foi bastante alargada, com todos os canais a terem máximos e mínimos bastante díspares. Tipicamente a TVI e o Cabo são mais fortes aos sábados e domingos, enquanto tanto os dois canais públicos como a SIC têm valores mais favoráveis durante a semana. Destaca-se particularmente a SIC, que conseguiu quase 5 pontos percentuais acima em termos médios.

Será que esta tendência se manteve em outubro? A luta ter-se-á tornado, certamente, mais renhida. Em outubro teremos Sol de Inverno vs Belmonte e Factor X vs Casa dos Segredos. Animação não faltará, por certo.

O Audiências à Lupa vai regressar muito em breve com a análise do Futebol de setembro. Posteriormente poderá ler a análise de outubro e respetivas partidas do desporto rei. Fique atento.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

ATV News