fbpx
A Voz de Portugal em Análise

A Voz de Portugal em análise (2ª semana)

A Voz De Portugal A Voz De Portugal Em Análise (2ª Semana)

Ocorreu nesta noite mais uma eliminatória na última fase d’A Voz de Portugal. Os elementos das equipas dos Anjos, Mia Rose, Paulo Gonzo e Rui Reininho prestaram provas para continuarem a demonstrar o seu talento no talent-show da estação pública.

A gala deste sábado foi iniciada com a atuação de Rui Reininho e a sua equipa. Interpretando o tema dos Talking Heads Wild wild life, desde cedo o programa ganhou dinamismo. Resta assim iniciar mais uma análise aos concorrentes n’A Televisão.

Já tem o seu ingresso para este pós-concerto? Se sim, então seja bem vindo à Voz de Portugal em análise!

A melhor Voz

Daniel Moreira A Voz De Portugal Em Análise (2ª Semana)

O reportório musical da equipa de Mia Rose desta semana prometia. Assim sendo, e para além de Daniel Moreira ter dado vida a Heroes and saints de Nicolaj Grandjean, e de Teresa Santos e Inês Martins terem cantado músicas de P!nk e Joss Stone, respetivamente, Luís Almeida apaixonou os portugueses com Valerie, de Amy Winehouse. A melhor Voz desta semana pertenceu, a meu ver, aos dois elementos masculinos referidos. Se Rui Reininho destacou a humildade e simplicidade de Daniel Moreira (“Aprecio a tua simplicidade. Eu não tenho a tua humildade”), Mia Rose salientou o talento e originalidade de Luís Almeida (“É um grande, grande, grande cantor”). A decisão da jurada em salvar um dos concorrentes acabou por recair no primeiro, dando-lhe uma nova oportunidade para prosseguir no programa da RTP1.

Antes destas atuações, de salientar igualmente as performances de Celeste Cortês e Sandrine, salvas por Rui Reininho e Paulo Gonzo. As duas concorrentes conseguiram tocar os jurados em causa, assim como um passaporte para a próxima gala d’A Voz de Portugal.

Ricardo Oliveira A Voz De Portugal Em Análise (2ª Semana)

Destaque ainda para Sara Henriques, das poucas concorrentes a cantar em português. Com o tema Gaivota dos Amália Hoje, a habitante de Vialongo sobressaiu-se em relação à restante equipa dos Anjos. Apesar desta mais-valia, Ricardo Oliveira recorreu a toda a sua experiência na música nacional, alcançada em diferentes atuações ao vivo, e surpreendeu não só os telespetadores como a Nélson e Sérgio Rosado. Com uma prestação repleta de sentimento e um tema intenso de Elton John, Your Song, os jurados acabaram por salvá-lo na noite deste sábado.

A pior Voz

Silvia Silva A Voz De Portugal Em Análise (2ª Semana)

Numa gala repleta de talento, a prestação de alguns concorrentes ficou à quem das expetativas. Assim sendo, destaco Sílvia Silva com o tema I wanna know what love is, dos Foreigner, e Joana Alves, que interpretou uma canção de Sheryl Crow, The first cut is the deepest. Faltaram a ambas as atuações um pouco mais de originalidade e alguma entrega. A mesma opinião foi partilhada pelo fãs d’A Voz de Portugal no Facebook que, na altura de escolherem a melhor prestação das equipas de Paulo Gonzo e Rui Reininho, preferiram a dos restantes concorrentes. Rui Pereira ficou, a meu ver, um pouco longe das expetativas. O seu If I ain’t got you de Alicea Keys, merecia uma interpretação diferente.

Out of voice

Depois de ouvidos os dezasseis concorrentes deste sábado, o público decidiu dar uma nova oportunidade a Sílvia Silva e a Joana Jorge, da equipa de Paulo Gonzo. Rui Pereira ficou pelo caminho, com base numa votação muito renhida.

Na equipa de Paulo Gonzo, Joana Alves foi a menos votada, assim como Luís Almeida, na de Mia Rose. Já os Anjos perderam um elemento masculino, Bruno Francisco.

Concordou com estas escolhas?[divider]

Para a semana, mais vozes vão estar em confronto no talent-show do primeiro canal. Já reservou o seu lugar numa sala perto de si? Catarina Furtado, Anjos, Mia Rose, Paulo Gonzo, Rui Reininho e os diferentes concorrentes vão estar à sua espera!

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

3 Comentários

Clique aqui para comentar

ATV News