fbpx
A Entrevista

A Entrevista – Marisa Cruz

Destaque2 Marisa Cruz A Entrevista - Marisa Cruz

Destaque Marisa%2520Cruz A Entrevista - Marisa Cruz

Mais confiante e segura. Assim está Marisa Cruz, que aos 40 anos acaba de entrar numa nova fase da sua vida. A apresentadora da TVI é uma das concorrentes que vai deslizar na pista do Dança com as Estrelas 2, a ser emitido nos estúdios da Venda do Pinheiro. E Marisa Cruz parece querer aproveitar a fase da melhor maneira. Numa conversa franca, a ex-manequim conta que está muito entusiasmada com o programa e revela ainda algumas novidades.

Qual a sensação de ver o Não Há Bela Sem João chegar ao fim?

Deixou muita saudade, mas já faz parte do passado. Foi uma experiência muito positiva (em todos os aspetos) e adorei fazer parte dessa maravilhosa equipa. Tive o privilégio de trabalhar com profissionais fantásticos que me apoiaram imenso e me permitiram, de facto, crescer e evoluir como apresentadora.

Não ficou nem um bocadinho triste com a decisão de João Paulo Rodrigues?

Uma coisa é ficar triste por ver terminado o programa que tanto prazer me dava. Outra, bem diferente, é ficar magoada com o João. Ele fez a opção dele. Eu não tenho o direito sequer de pensar que ele deveria ter tomado outra decisão. É a vida dele. Foi uma decisão que só a ele diz respeito. Muito sinceramente, não fiquei magoada com ele, mesmo!

Mas foi informada antecipadamente?

O João foi correto e honesto comigo. Tomou as decisões que tinha que tomar e, em concreto comigo, demonstrou muito respeito e foi honesto. Claro que fiquei triste com o fim do programa, mas não podia de todo reagir mal.

Entretanto, já espreitou o Queridas Manhãs, na SIC?

Sinceramente, não tenho acompanhado o programa, pois de manhã não tenho essa disponibilidade. Desejo-lhe o maior sucesso, tanto pessoal como profissionalmente.

E tem falado com o João?

Sim, algumas vezes.

Pois bem, Mais Vale à Tarde do que Nunca e Juntos no Verão não chegam nem aos calcanhares do antecessor…

São diferentes na sua base, pelo que não poderão ser comparados dessa forma. Fico muito contente com o volume de audiências que sei que conseguimos atingir, pois foi o reconhecimento do trabalho de toda a equipa que foi valorizado.

Preocupa-lhe não ter um contrato de exclusividade?

Claro que me preocupa. Se dissesse o contrário estaria a mentir. Da mesma forma que me preocupa a educação e a felicidade dos meus filhos, a saúde, o bem-estar, etc. Acho que qualquer pessoa tem esse tipo de preocupações no dia a dia, seja qual for a profissão que desempenhe.

Sente que o seu talento é bem aproveitado pela TVI?

A TVI nunca se esqueceu de mim e não me sinto minimamente posta de lado. Gosto muito de apresentar o Somos Portugal e sei que a curto/médio prazo terei um novo desafio para desenvolver com e para a TVI. A TVI é a minha casa.

O Somos Portugal dura a tarde inteira. Tem algum receio de perder o fio à meada durante um direto de tantas horas?

Claro que tenho sempre esses receios. Mas nunca me «perdi» e espero que não venha a acontecer! Estamos sempre rodeados por muita gente, mas é sobretudo isso que me faz gostar tanto do registo do programa.

O que é que continua a fazer deste formato um líder de audiências ao domingo naquela faixa horária?

A proximidade com o público, o facto de ser um direto, as localidades visitadas e mostrarmos as suas especialidades e especificidades enquanto regiões tão diversas do nosso Portugal.

Não acha que há um excesso de programas populares nas generalistas?

Se continuam a ser líderes de audiências, só posso concluir que é porque agradam ao público.

Que género de programa gostava de apresentar?

Há muita coisa que gostava ainda de fazer em televisão. Qualquer projeto que a TVI me apresente, sei que será pensado para mim e no meu perfil, por isso, nada receio. Tudo farei da forma mais profissional e com o maior empenho; como sempre trabalhei até aqui.

Numa altura em que a Casa dos Segredos está de regresso à TVI, era capaz de dar a cara ao reality show?

Concretamente em relação a ser uma das apresentadoras ou pivot da Casa dos Segredos, não me oporia de forma nenhuma. É um trabalho sério e profissional como qualquer outro.

Dizem as más línguas que a Marisa tenta seguir o registo de Cristina Ferreira.

Admiro muito a Cristina Ferreira, é uma excelente profissional. Não tento – nem nunca tentei – imitar ninguém. Tenho o meu registo e apenas trabalho para evoluir e melhorar enquanto profissional. Tenho algumas referências de apresentadoras cujo trabalho acompanho e admiro, mas são internacionais.

Vê-se a fazer televisão para sempre, ou o «para sempre» ainda é muito longínquo?

Neste momento, vejo-me a fazer televisão. O que mais interessa é o presente. Relativamente ao futuro, quando chegar, logo o vivemos.

A imprensa vasculha muito a sua vida íntima. Sente necessidade de impor limites?

A única coisa que me incomoda mesmo muito é a mentira. Há alguma imprensa que publica notícias completamente falsas, sem qualquer fundamento, apenas com o objetivo de venderem. Sendo eu uma figura pública, tenho que saber lidar e aceitar que a imprensa queira saber sobre a minha vida pessoal. Isso é normal. O que não é de todo normal é publicarem mentiras com o meu nome.

A parte boa é que são sempre os mesmos.

A parte boa é que como são sempre os mesmos, acredito que o bom senso das pessoas as levará a fazer uma triagem e a escolherem bem os meios que escolhem para se informarem. Felizmente temos excelentes profissionais nesta área que nos respeitam e trabalham de forma séria.

Já pensou aderir à moda dos blogues e dos sites?

Estou neste momento a desenvolver um novo projeto nessa área… Ainda é surpresa!

A Marisa é uma das concorrentes que vai deslizar na pista do Dança com as Estrelas 2. Expectativas?

Estou muito entusiasmada! Espero divertir-me e aprender a dançar.

Qual é a sua relação com o mundo da dança?

Unicamente de divertimento. Não tenho qualquer base profissional, mas adoro.

Com a sua participação espera mostrar aos portugueses uma Marisa diferente?

A Marisa é sempre a mesma que os portugueses já conhecem. Espero que se divirtam!

2 A Entrevista - Marisa Cruz

Agradecimentos: Best Models Agency

eduardo.lopes@atelevisao.com

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

2 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Eu gosto da Marisa acho que ela é muito esforça empenhada é boa apresentadora e têm evoluído muito nestes últimos tempos. A Marisa é das apresentadoras mais simpáticas do Somos Portugal já vi o programa algumas vezes ao vivo e a Marisa está sempre disposta a ir ter com as pessoas e até dança em cima do palco com os fãs durante o intervalo é bonita, genuína e humilde não é nada arrogante e nariz empinado como as pessoas a “pintam” não é a melhor apresentadora do nosso país mas também não é a pior não esqueçamos que ela era manequim e foi convidada para ser apresentadora acabou por aceitar e todos os seus programas foram um sucesso também acho que a falta de oportunidades fez com que ela não conseguisse evoluir muito até ao momento em que a Júlia e a Sobral saíram da TVI (2010/2011) visto que ela estagnou durante anos no Euromilhões! FORÇA MARISA! Mereces um programa na TVI! Bjs
    **A Marisa era uma boa aposta para apresentadora juntamente com a Poeiras e a Iva para um dos diversos Diários da Casa 5 ou até mesmo para repórter e comentadora do programa.

ATV News

<>