fbpx
A Entrevista

A Entrevista «Masterchef» – Marita Alves

Marita I A Entrevista «Masterchef» - Marita Alves

Destaque1 Marita A Entrevista «Masterchef» - Marita Alves

Marita é a mais recente concorrente a abandonar o Masterchef Portugal. Problemas de saúde levaram à sua desistência. Se poderia ter chegado à final? É uma pergunta que lhe assombrará «para o resto da vida», afirma Marita em entrevista ao site A Televisão.

1 A Entrevista «Masterchef» - Marita Alves

O balanço que faz da aventura do Masterchef é o melhor? 

Penso que, como todos os participantes no programa e eu falo de todos pois aqueles que participaram desde o primeiro casting também fazem parte desta aventura, foi algo de indescritível. Desde a tensão da avaliação a que se está sujeito até à alegria do trabalho reconhecido ou a frustração de um menos bom. O melhor é, sem dúvida, as pessoas que conhecemos e, com isso, as amizades que se fazem. Nós passamos por vários sentimentos e emoções que põem há prova quem realmente somos. Hoje tenho a certeza que tudo valeu a pena.

Desde a perda da audição, há 6 anos, que se dedica à cozinha. A cozinha foi um escape? 

Foi há seis anos que perdi a audição completamente do ouvido direito. Na altura estava a trabalhar na área de Telecomunicações quando fiz um Implante Coclear. Continuei a trabalhar mais 4 anos, só há dois que estou desempregada. A partir daí dediquei me à cozinha. Foi uma forma de ocupar o tempo e fazer o que realmente gosto.

Nunca se deixou ir abaixo? 

Sinceramente não porque sempre tive um pensamento muito positivo. Apesar das pessoas acharem que isso é um problema, existem muitas outras formas de comunicar.

Alguma vez pensou chegar tão longe na competição? 

Não! Mas com o passar do tempo e sempre que ia a uma eliminação e passava começava a ver-me na final ou lá perto.  Pensava para comigo: tu consegues!

Alguma vez se sentiu inferiorizada em relação aos seus colegas no Masterchef? 

Nunca. Tive as mesmas condições que os outros concorrentes do Masterchef. Como todos eles, lutei pelos meus sonhos, fui avaliada como eles e ganhei e perdi como eles. Isto tudo com o meu problema de audição. Não tinha motivos nenhuns para me sentir inferiorizada, muito pelo contrário, sinto-me uma vencedora!

3 A Entrevista «Masterchef» - Marita Alves

Esta aventura no Masterchef foi muito intensa? 

Sem dúvida que sim! Foi a aventura mais intensa que vivi na minha vida. Jamais esquecerei tudo por que passei. Sou uma mulher muito competitiva pois gosto de ser a melhor naquilo que faço. Tento sempre a perfeição naquilo que faço, sou a minha maior crítica.

Problemas de saúde ditam a sua saída do Masterchef. Sai do programa derrotada? 

Não diria derrotada, mas sim muito desiludida. Interrogo-me hoje e irei continuar a fazê-lo para o resto da minha vida até onde poderia ter chegado. Mesmo assim sinto-me uma vencedora.

Qual é o feedback que tem recebido na rua? 

É fantástico haver pessoas a virem ter connosco. Apoiam-nos, desejam sorte para continuar … E dizem: «Sou sua fã! Estou a torcer por si! Tem que ganhar!» É tão bom ouvir todas estas pessoas que me apoiam e acompanham-me nesta aventura. Fico muito grata!

E o que é que a Fátima Lopes [O marido de Marita é irmão do marido da apresentadora] disse acerca da sua participação?  

Achou que estive muito bem, mas sabe que eu valho muito mais do que mostrei. Para ela eu fui uma vencedora.

A Olga Pedrosa compara o Masterchef  ao reality show Casa dos Segredos [carregue aqui] Concorda?  

Sinceramente não concordo! O formato do programa nada tem a ver. No Masterchef estamos lá para lutar pelo nosso sonho que é algo útil para o nosso futuro. Aprendemos com grandes profissionais e trabalhamos muito. Desculpe, mas o que fazem na Casa dos Segredos?

Durante a sua participação no programa, houve algum momento menos positivo?

Sem dúvida quando fiquei doente. Mas guardo muitas recordações felizes. A mais feliz foi quando entrei na lista dos 15 finalistas.

Quais são as suas perspetivas para o futuro? Já sei que gostava de ter um negócio na área da pastelaria…

Sim é verdade. No entanto, neste momento, penso que terei de passar por um processo de aprendizagem na área da cozinha. Quero apostar na minha formação a todos os níveis, talvez trabalhar numa boa cozinha com alguém que me ensine tudo o que é preciso para adquirir bases e conhecimentos para que todos os meus sonhos se concretizem. Com dedicação e muito trabalho, acredito que irei concretizar todos os meus sonhos.

4 A Entrevista «Masterchef» - Marita Alves

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>