fbpx
A Entrevista

A Entrevista – Gabriel Andrade | Pequenos Gigantes

10403259 163877183949005 2698572421174111332 N A Entrevista - Gabriel Andrade | Pequenos Gigantes

1 A Entrevista - Gabriel Andrade | Pequenos Gigantes

Deu um ar de sua graça no Dança com as Estrelas, mas foi no Pequenos Gigantes que ganhou popularidade junto do público. Além de mostrar o seu talento, Gabriel Andrade, da equipa dos Imprevisíveis, protagonizou ainda momentos hilariantes com a apresentadora e os jurados. É um miúdo sem filtros e está cá hoje para dizer tudo o que lhe vai na alma. Quer entrar numa novela, viver numa quinta muito grande ou numa praia e contracenar com Cristina Ferreira e Sofia Ribeiro. E está dito.

Gostaste de participar no programa de talentos da TVI, Pequenos Gigantes?

Gostei muito. Gostaria de participar mais vezes e tenho muitas saudades de todos, principalmente da minha equipa. Nunca tinha ido a um programa só para crianças e por isso foi tão divertido. No início estava um bocadinho nervoso, mas depois foram todos tão simpáticos que passou logo.

E o que mais gostas no mundo da televisão?

Gosto das câmaras e dos microfones. Gosto muito dos senhores da maquilhagem e do cabelo, são muito simpáticos. Gosto de ser filmado e mostrar aquilo que sei fazer. A minha mãe diz que me sinto muito à vontade e eu acho que sim. Gosto mesmo muito de estar na televisão.

A dança é muito importante para ti?

Sim. Já danço desde que sou bebé, gostava de ir às aulas da minha mãe. Quando estou a dançar sinto-me bem e nunca estou nervoso, mesmo quando estou a dançar num programa de televisão. Dancei uma vez na festa da minha creche  quando tinha quatro anos e depois foi aí que fui convidado para ir ao Dança com as Estrelas. Já lá fui três vezes e gostava de ir mais vezes.

Costumas dançar em casa?

Gosto muito de dançar em casa, sozinho e no ginásio. Às vezes estou a dançar sozinho e noto que a minha mãe está a espreitar, aí começo a rir. Gosto muito de inventar coreografias e às vezes já ajudo a minha mãe nas coreografias. Gosto também de dançar nas aulas da minha mãe, ela também já me deixa fazer uma ou duas coreografias sozinho para as meninas do zumba e nos eventos.

Qual a sensação de estar em palco com a apresentadora Fátima Lopes?

Foi muito bom e gostei muito de a conhecer. Ela é muito bonita e tem boa maquilhagem. Ela entrevistava-me e falava muito bem. Ela tratava-me muito bem e é muito simpática. Ela deixava-me respirar sempre alguns segundos depois de dançar para eu conseguir falar. Fico sempre muito contente quando sei que vou estar com ela.

O que é que foi mais divertido no programa?

Ter muitos amigos e de aparecer na televisão. Gostei muito de treinar com o Cifrão. Eu já o conhecia do Dança com as Estrelas. Gostei muito dos senhores e das senhoras da Escola de Dança. Foi muito divertido dançar para o Goucha, o David Carreira e para a Rita Pereira. Gostei muito da Fátima Lopes, ela é muito simpática. Adorava dar beijinhos à minha mentora Sofia Ribeiro. Gostei de dançar as minha coreografias para o público e de estar com a minha equipa, Os Imprevisíveis.

Ficaste com mais amigos depois de apareceres no programa ou tens os mesmos?

Eu fiquei com mais amigos e muitos fãs. Quando saí do programa foi quando entrei para o 1º ano numa escola nova. Cheguei lá e muitos meninos e meninas já me conheciam, foi muito divertido. As pessoas reconhecem-me na rua porque me viram na televisão e pedem fotos e autógrafos. No início achava estranho mas agora já estou habituado.

Quando a tua equipa foi eliminada, ficaste muito triste?

Mais ou menos. Fiquei triste porque a minha equipa foi eliminada e gostava de ter ficado até ao fim para ganharmos o troféu. Depois de sair quando via os programas ao domingo ficava sempre cheio de saudades e gostava de lá estar. Mas adorava ver os programas e via todos os domingos.

A vida é uma coisa fácil ou difícil?

A vida é uma coisa fácil porque tenho amigos e posso dançar. Porque tenho uma professora muito simpática e gosto muito da minha escola. Porque tenho uma família que gosta de mim e porque tenho um gato. Porque recebo muitos miminhos e abraços e tenho muitos legos.

O que é um momento difícil para ti?

Um momento difícil para mim é quando tenho que ir levar picas ou quando tenho que comer brócolos. Quando tenho que levantar cedo para ir para a escola, ou quando tenho que arrumar o meu quarto.

Sei que gostavas de participar numa novela. Queres ser ator?

Sim, gostava muito. Gosto muito de ver o meu amigo Isaac na novela A Única Mulher. No início não sabia bem se devia ir pois pensava que tinha que ir todas as noite fazer a novela à noite, mas depois a minha mãe explicou-me que a novela não é em direto e não preciso de estar lá à noite. Por isso adorava participar numa novela.

Que personagem queres ser?

Gostava muito de fazer uma novela com a Sofia Ribeiro ou com a Cristina Ferreira, ou com as duas, é indiferente. Na novela podia-me chamar de Lucas e podia viver numa quinta muito grande ou numa praia.

Quais são as novelas que vês na televisão?

Vejo A Única Mulher na TVI. Gosto muito por causa do Júnior [Isaac Carvalho] e da Luena [Rita Pereira].

O que é que os teus pais dizem sobre tu quereres trabalhar em televisão?

Eles estão muito contentes e sabem que é o que eu gosto de fazer. A minha mãe fica sempre muito nervosa quando vou a um programa e aí tenho que a acalmar. Mas ficam muito felizes por mim e eu também fico feliz.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News