fbpx
RTP

Vítor Sobral critica movimento que Ljubomir Stanisic apoiou: “Os chefs não fazem greve de fome”

Vítor Sobral, Ljubomir Stanisic
Instagram

Ljubomir Stanisic acabou por se juntar ao movimento ‘Sobreviver a Pão e Água’ e acabou por ser criticado por vários chefs de cozinha, tais como Vítor Sobral.

Com a pandemia da Covid-19, e com vários restaurantes encerrados, Ljubomir Stanisic acabou por se juntar ao movimento ‘Sobreviver a Pão e Água’, onde durante uma semana estiverem à frente da Assembleia da República, em Lisboa.

O chef Vítor Sobral acabou por criticar quem tomou a decisão de se juntar ao movimento, justificando que foram feitas coisas “que não têm nada a ver connosco”. “Os chefs não fazem greve de fome, não queimam caixões. Não ofendemos a classe política. Podemos pensar, podemos fazê-lo em privado, e devo confessar que nós, naturalmente, até dizemos muitas asneiras, agora em público não. Há comportamentos que não se deve ter. Não me identifiquei com essa luta”, garantiu à TV 7 Dias.

Apesar de ter vivido tempos difíceis neste ano e meio, o jurado de ‘MasterChef Portugal’, da RTP1, não baixou os braços: “Fiz take away, que é uma aspirina para a dor de cabeça. Nós precisávamos de sangue, de soro, de sermos ligados à máquina… e não fomos. Acho que a retauração foi abandonada e este inverno vai trazer isso ao de cima”, terminou.

Leia também: ‘Masterchef Portugal’. Vítor Sobral esclarece ‘farpa’ a Ljubomir Stanisic

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News