RTP

Trabalhadores precários da RTP estão em protesto

Um grupo de trabalhadores precários da RTP aproveitou a visita da Comissão de Cultura ao Centro de Produção do Norte, no Porto, para protestar contra o impasse relativo ao processo de integração dos precários do Estado.

Grande parte destes trabalhadores têm contratos com empresas de ‘outsourcing’ ou trabalham a recibos verdes, e desempenham funções na área da informação, produção, rádio ou áreas técnicas.

De acordo com o Correio da Manhã, recentemente, foram integrados 130 trabalhadores na estação pública, mas ainda há vários casos pendentes.

Nélson Silva, membro da Subcomissão de Trabalhadores de RTP no Porto, avançou ao CM que ainda há 96 processos por decidir e 51 estão entregues aos Ministérios. “No meio disto, há pessoas excluídas ou a laborar com contratos ilegais”, afirmou.

A presidente da Comissão, Edite Estrela, garantiu aos trabalhadores que os casos pendentes serão agilizados.

ATV News