fbpx
RTP

Tânia Ribas de Oliveira recorda a Covid-19: “Deixou mossas que entretanto passaram”

Tânia Ribas De Oliveira
Instagram

Tânia Ribas de Oliveira foi “apanhada” pela Covid-19 no final de 2020, numa altura na qual as vacinas ainda estavam a chegar a Portugal. A primeira só foi administrada no dia 27 de dezembro desse ano.

Quase um ano e meio depois do susto, Tânia Ribas de Oliveira recordou o dia em que teve alta da Covid. Foi a 1 de janeiro de 2021 e a celebração deu-se junto ao mar, na zona do Guincho.

Adoro esta fotografia. Foi tirada no dia 1 de janeiro de 2021, quando tive alta do meu Covid. Ainda não havia vacinas e ainda tínhamos muito medo. Foi o início de um ano e tinha-me livrado de um bicho que deixou algumas mossas que entretanto passaram“, contou a apresentadora do programa A Nossa Tarde, da RTP1, nas redes sociais.

Parece que foi há muito mais tempo do que na realidade foi, mas quase que sinto o cheiro do mar do Guincho e quase que sinto o vento frio na cara. Foi um dia bom“, lembrou ainda a profissional de televisão.

Leia também: Tânia Ribas de Oliveira aventura-se numa nova atividade: “Aula número 1”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>