fbpx
RTP

Suzy trabalha em videoclipe e versões estrangeiras de «Quero Ser Tua»

Suzy Suzy Trabalha Em Videoclipe E Versões Estrangeiras De «Quero Ser Tua»

Suzy

A 15 de março deste ano a RTP emitiu a final do Festival da Canção que consagrou a cantora Suzy e o tema Quer Ser Tua como a vencedora do certame que vai representar as cores da bandeira no concurso internacional que decorá em maio em Copenhaga na Dinamarca. Numa entrevista concedida ao portal ESCKAZ (Eurovision Knowledge from A to Z) a cantora natural da Figueira da Foz mostrou-se agradecida ao cantor e compositor Emanuel por concretizar um «sonho de criança» e garante ter colocado toda a sua alma neste desafio que é representar internacional o seu país e prometeu novidades.

A cantora assumiu estarem a trabalharem em alguns aspetos orquestrais da música e garante estar a trabalhar numa «entrada forte muito em Copenhaga, que faça o público dançar e cantar connosco». «Queremos realmente fazer algo em frande para que o público português se encha de orgulho e honra», garantiu a intérprete.

Susana Guerra que assume o nome artístico de Suzy não consegue eleger apenas um fator decisivo para esta vitória preferindo destacar o trabalho do grupo na conquista do primeiro lugar. «Obviamente, tendo em conta só a música, devo dizer que o Emanuel criou uma melodia poderosa para uma competição como esta. Quero Ser Tua é muito alegre, cativante e musicalmente bem construída», começa por dizer a cantora que elege ainda outros fatores fundamentais para o triunfo: «Acho que a sublime apresentação em palco criada pelo coreógrafo Paulo Magalhães, e o nosso guarda-roupa criado pelo estilista João Rolo são aspetos a ter em conta e que ajudaram muito também. Além disso a promoção que fizemos, antes e depois da semifinal, atraiu muitas pessoas e levou-as a votar em nós. Por isso, eu não acho que haja um fator decisivo mas sim uma confluência de vários», esclarece Suzy que não vê na língua uma desvantagem na Eurovisão.

«A música não são apenas palavras. É um conjunto de sons produzidos por instrumentos, o que se traduz numa melodia que transcende a barreira do corpo físico. Ela toca as nossas almas, causando sensações aleatórias. Pode-se dizer que a música é universal», explica a cantora que adianta estar a trabalhar numa versão em inglês e quem sabe até numa versão em francês e em espanhol.

No entanto, a cantora deixou ainda no ar a possibilidade de mais novidades. «A equipa já está a trabalhar num videoclipe» que vai ter um o sabor tribal combinado com a importância de Portugal e dos portugueses nos descobrimentos de África  e do Brasil e ainda a possibilidade de elaborar uma versão remix da canção vencedora com ritmos africanos de Kizomba.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

3 Comentários

Clique aqui para comentar

  • LOLL “A sublime apresentação em palco”… se os padrões de comparação são as feiras de aldeia em que ela deve atuar, sim, então foi sublime. Se formos comparar com os padrões de qualidade internacionais, foi entre medíocre a miserável nalgumas partes…

  • O texto tem vários erros, especialmente na primeira metade. Antes de publicarem, peçam a alguém que ainda não tenha lido o texto, para o ver.

ATV News

<>