fbpx
RTP

Saiba quanto ganham os apresentadores da RTP

Rtp Saiba Quanto Ganham Os Apresentadores Da Rtp

Rtp

Desde o início de 2013 que a RTP tem vindo a reduzir o salário dos seus apresentadores. A estação pública conseguiu encaixar cerca de 334 mil euros na poupança anual com a redução de remunerações, avança o Correio da Manhã.

Numa carta aberta, Alberto da Ponte mencionou que «as muitas vezes denominadas vedetas da RTP» aceitaram a política do canal em «reduzir de forma significativa a sua remuneração». Feitas as contas, Catarina Furtado passou a receber mensalmente 15 mil euros [menos dez mil], valor idêntico ao de Fernando Mendes que antigamente auferia 20 mil. Em antena com Aqui Portugal, Jorge Gabriel recebe atualmente 10 mil euros, menos de cinco mil que no passado. Sílvia Alberto e Sónia Araújo auferem seis mil euros mensais, uma redução de 50%.

Quanto aos outros apresentadores, avança o CM, José Carlos Malato recebe 14 mil euros, mais de três mil que Herman José [11 mil]. Enquanto Tânia Ribas de Oliveira aufere 10 mil euros mensais, Marta Leite Castro e Vanessa Oliveira recebem aproximadamente 5 mil euros.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

6 Comentários

Clique aqui para comentar

  • A conversa é sempre a mesma, os outros recebem sempre em demasia, a indústria onde estão inseridos dá para pagar isso, mas na cabeça de quem recebe o salário mínimo têm que ganhar o mesmo que elas, e é assim e ponto!

  • Inacreditável num país pobre como Portugal esta gente ganha semelhante ordenado. É tempo de acabar com a RTP e fazer-se JUSTIÇA! Se acaso o senhor que fez o comentário não sabe PORTUGAL está a enfrentar UMA GRAVE CRISE ECONÓMICA

  • Tendo em conta o «Mundo da Televisão» e o dinheiro que circula neste, são ordenados normais e que se justificam. Podem até ser considerados baixos quando comparados com os ordenados dos apresentadores dos canais generalistas privados.

    O que deve interessar-nos a todos não é a despesa de uma empresa pública, mas sim verificar se esta gera lucro ou prejuízo.
    No caso da RTP, gera lucro de milhões de euros, logo para quê privatizar uma empresa que gera dinheiro e cria empregos no nosso país? Caso esta fosse privatizada, muitos portugueses iriam para o desemprego e não, não seria esta «corja» como alguém escreveu aqui, mas sim os trabalhadores que estão lá a receber o ordenado mínimo e que ninguém conhece. Pensem nisso antes de atirarem pedras.

ATV News

<>