RTP

RTP troca as voltas a Bruno Nogueira. Ator não ficou agradado com alteração

Sara é a nova série da RTP, cuja estreia está marcada para hoje, na RTP2 às 22h15. Esta produção foi encomendada pela estação pública a Bruno Nogueira e estava preestabelecido ser emitida na RTP1, contudo, acabou por ser anunciada à imprensa como um projeto para o canal secundário da televisão estatal, quando Nuno Artur Silva e Daniel Deusdado, faziam parte da direção.

Passados vários meses após o anúncio e com uma nova direção, a série vai mesmo estrear na RTP2, para desagrado dos atores.

Questionado pela TV7 Dias, Bruno Nogueira mostra-se desconfortável com a exibição da sua série na RTP2.

«Para nós é um pouco desconfortável termos feito algo a pensar na RTP1 e estar a passar na RTP2. Não é um desprimor ser na 2, mas quando a fizemos foi a pensar na RTP1. O facto de ser na RTP2 é um desencontro que não estava contemplado», afirmou.

A protagonista, Beatriz Batarda, partilha da mesma opinião. «O projeto foi proposto ao Bruno para a RTP1. Daí foi pensado, escrito e realizado para a RTP1. Quando estamos a pensar que era para ali e não para o outro… teríamos arriscado mais e contemplado outras soluções», disse a atriz.

Nuno Lopes, que integra o elenco da série, também demonstrou o seu desagrado com a mudança de canal. «A verdade é que se soubéssemos que era para a RTP2 teríamos feito outras coisas diferentes. Fizemos a pensar numa grande audiência, para o grande público e num horário nobre. Não percebo muito bem o critério e a decisão».

A mesma publicação contatou a RTP para esclarecer a mudança, mas não obteve qualquer resposta.

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
rude Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
rude
Visitante
rude

Não entendo bem é a justificação para a indignação…
Teriam feito de maneira diferente se fosse para a rtp2? (que pelo que dizem, tem menos público) teriam feito pior era isso?
Para a premissa apresentada no filme, parece-me um pouco irónica esta argumentação.

Até acho o conteúdo mais adequado à rtp2.