fbpx
RTP

RTP! Possível integração de Cândida Pinto nos quadros revolta trabalhadores

Candida Pinto Rtp
Facebook

Desde que saiu da SIC para a RTP, de modo a integrar a direção de informação, que o nome de Cândida Pinto tem estado envolto em polémica.

A jornalista de 56 anos, que já nem integra essa mesma equipa, aufere um rendimento de 9 mil euros por mês e pode vir a ser integrada nos quadros da estação pública de rádio e televisão. Uma situação que está a deixar os restantes trabalhadores revoltados.

Segundo o jornal i, os trabalhadores precários da RTP, inscritos no Programa de Regularização Extraordinária de Vínculos Precários na Administração Pública (PREVPAV), já enviaram uma carta ao primeiro-ministro António Costa. Garantem nada ter contra Cândida Pinto, mas recordam que são cerca de 200 os trabalhadores que estão inscritos neste programa e que têm a situação laboral por regularizar.

Escrevem os assinantes, na carta a que o jornal i teve acesso, que é essencial que o Governo “cumpra a lei que o próprio criou, nomeadamente a integração urgente dos trabalhadores que recorreram ao instrumento legal para a regularização da sua situação laboral, nos quadros da RTP“.

Leia também: Cristina Ferreira dá programa a Ruben Rua na TVI

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News