fbpx
RTP

Quatro jornalistas da RTP perseguidas por homem de 72 anos

Sandra Pereira

As jornalistas da RTP Ana Barros, Ana Lourenço, Inês Gonçalves e Sandra Pereira foram perseguidas por um homem de 72 anos.

As jornalistas da RTP Ana Barros, Ana Lourenço, Inês Gonçalves e Sandra Pereira apresentaram queixa depois de terem recebido cartas de amor e/ou de cariz sexual por parte de um homem de 72 anos.

O caso chegou a tribunal e o criminoso foi condenado a um ano e cinco meses de pena suspensa por dois crimes de perseguição e dois de importunação sexual. As jornalistas do canal público afirmaram sentir “medo, inquietação e repulsa” e não esconderam o medo de serem “surpreendidas pelo autor das cartas durante a noite”.

O homem reformado foi ainda condenado pelo Tribunal de Braga a pagar 500 euros a cada uma das jornalistas. Ao juiz, alegou que enviava cartas às ofendidas por se sentir sozinho desde que se reformou em 201 e para “testar” as suas capacidades de sedução, revela o site Observador.

Leia também: Catarina Camacho de saída da RTP1: “Já não me sentia nem feliz nem realizada…”

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News