RTP

Quando Nuno Markl levou um raspanete de Teresa Guilherme: “O meu coração chorava”

Nuno Markl e Teresa Guilherme estiveram frente a frente no programa ‘Traz Pra Frente’, da RTP, e o radialista optou por recordar um dos episódios mais marcantes da sua relação com a apresentadora. Tudo aconteceu nos primeiros tempos da sua vida profissional e terminou com um autêntico raspanete.

“Uma das primeiras coisas que fiz na minha vida de argumentista foi para a Teresa Guilherme (…) no programa ‘Ai os Homens'”, começou por contar Nuno Markl. “Ficamos encarregados de criar uma personagem para o António Feio. Foi aí que surgiu o Johnny Bigode”.

No entanto, um atraso na entrega do trabalho final levou a que Teresa Guilherme telefonasse para a sua equipa de trabalho: “Nós tínhamos de entregar os textos num determinado prazo e eu lembro-me que houve um dia em que nos atrasamos a entregar o texto e a Teresa ligou para as produções fictícias (…) e calha-me a mim atender o telefone”.

O pior chegou a seguir: “Assim não dá, Nuno Markl, assim não dá”, terão sido estas algumas das palavras proferidas pela apresentadora, segundo o próprio humorista. “Pensei que a minha carreira iria ser destruída (…) O meu coração chorava (…) Desliguei o telefone e parecia um desenho animado japonês, com os olhos a tremer”, continuou, enquanto Teresa escutava, bem disposta, o testemunho.

Vê aqui parte do programa:

ATV News


Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close