fbpx
RTP

Obrigar crianças a beijar avós “é uma violência”. A polémica afirmação que está a dar que falar

Pros E Contras Beijinho Avo Daniel Cardoso Obrigar Crianças A Beijar Avós &Quot;É Uma Violência&Quot;. A Polémica Afirmação Que Está A Dar Que Falar

Prós e Contras desta segunda-feira teve em debate o tema movimento #Metoo. O convidado Daniel dos Santos Cardoso, professor universitário da Universidade Lusófona, na área da Comunicação e da Sexologia e na Universidade Nova de Lisboa, — que não integrava o painel de comentadores — decidiu participar no debate, e as suas declarações deixaram a apresentadora do programa, a jornalista Fátima Campos Ferreira espantada.

«Quando a avozinha ou o avozinho vai lá a casa e a criança é obrigada a dar o beijinho à avozinha ou ao avozinho. Estamos a educar para a violência sobre o corpo do outro ou da outra, desde crianças», disse o professor universitário. A jornalista Fátima Campos Ferreira reagiu com espanto: «Não estou a perceber… O beijinho da avó ou do avô é uma violência?».

Ao que Daniel Cardoso respondeu: «Sim, sim, eu estou a dizer que obrigar alguém a ter um gesto físico de intimidade com outra pessoa como obrigação coerciva, é uma pequena pedagogia… E agora vem o Foucault, com as micro-físicas do poder… é uma pequena pedagogia que depois cresce e depois vemos os estudos em que 49% dos jovens adolescentes acham aceitável que o namorado ou a namorada lhes controle os telemóveis»

Esta intervenção de Daniel Cardoso está a dar que falar nas redes sociais.

Veja o vídeo

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

3 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Neste Portugal “democrático”, confunde-se educação com “violência”. Confunde-se “fascismo” com o cumprir ordens e não ser uma bandalheira (Tancos). Dantes , mesmo os pais analfabetos davam educação e princípios aos filhos, hoje em dia não. Um povo que foi habituado a temer o “chicote”, não sabe usar e respeitar a liberdade, mesmo como seu semelhante.
    Somos uns energúmenos.
    PS- Há mais de 2000 anos e antes de Cristo, nas invasões do Império Romano aqui na Península Ibérica, estes diziam, que nós “éramos um povo muito estranho, nem nos governávamos, nem nos deixávamos governar.

  • Que mentalidade!ouvir isto é ridículo, publicar o que essa criatura disse até devia ser proibido,que falta de sentimentos, não deve ter tido pai nem mãe.

  • Com certeza que esta pessoa nasceu de ovo, num aviario qualquer. Ter afecto pela familia, uma violencia!?! E se a crianca nao demonstra afecto pela familia? Isso sim, pode ser um sinal de problema…

ATV News