Famosos RTP

Ljubomir Stanisic: “Decidi dar a minha energia aos portugueses e não ao governo”

Instagram

Ljubomir Stanisic foi o convidado especial, desta quinta-feira, do programa Pressão no Lar, com Filomena Cautela e Inês Lopes. O cozinheiro confessou que está a preparar um festival único.

Filomena Cautela começou por questionar o cozinheiro: “Eu sei que no sábado vais estrear um festival. O que é que é? Gostávamos de saber o que vais estrear. É muito fixe”.

“Estive praticamente duas semanas a combater esta luta com o governo, que não foi nada fácil porque estavam a favor de fechar tudo. Comecei a dar entrevistas e a tentar dar a minha opinião. Depois disso cansei-me, literalmente, e decidi dar o meu tempo, a minha energia aos portugueses e não ao governo porque, primeiro, não consigo tirar nada, nem vale a pena gastar a minha energia nisso”, começou por dizer.

“Comecei a cozinhar para diretos, para o pessoal simplificar em casa porque tenho experiência da guerra da Jugoslávia”, acrescentou.

Ljubomir recorda que todos os anos por esta altura faz um festival no seu restaurante 100 Maneiras.

“Todos os anos, nesta altura […] os artistas invadem o 100. Todos os anos convidamos artistas, amigos e os nossos clientes. Este ano vamos fazê-lo sem falta, no sábado. Quarentena não é para ser seca. Quarentena é para ser animado, positivo e dá para tudo. No sábado, vamos convidar muitos amigos.  É uma agenda cheia o dia todo. Vamos fazer um dia cheio, como sempre fizemos no 100 Maneiras e vai começar desde manhã com várias pessoas. Vamos ter o Rui Sinel de Cordes a fazer stand up comedy, a Filomena para nos animar a todos, o máximo possível, confessou.

“A situação excecional que se vive e a proliferação de casos registados de contágio de COVID-19 exige a aplicação de medidas extraordinárias, por isso, reunimos amigos extraordinários e pusemo-los a explorar os seus talentos a partir de casa”, afirmou ainda o cozinheiro, numa publicação de Instagram.

“Desde as 10h e até à 01h30 da manhã, vamos estar numa quarentena interativa a partir das redes sociais (Instagram e, em alguns casos, Facebook), para ajudar a matar o bicho”, acrescentou.

Fique atento e assista ao festival “O Amor em Tempo de Pandemia”, através das redes sociais.

Saiba todos os pormenores aqui:

View this post on Instagram

World Wide Web, 28 de Março de 2020. Das 10h00 à 01h30 da manhã… 14 horas de talentos, de amigos, de amor, de vida… de esperança! Porque uma vem com a outra – e vice-versa… Porque acreditamos no poder do pensamento positivo, na força que faz a união e que juntos venceremos todas as pandemias, decidimos juntar-nos, uns quantos, para animar a nossa vida e a de outros tantos. Sábado, 28 de março, exactamente 10 dias após ser decretado o estado de emergência em Portugal, 45 anos após o último estado de sítio no país, na grande revolução de Abril, decidimos juntar estas nossas armas e lutar com todas as munições armazenadas na nossa alma, no nosso coração. O estado precisou “estabelecer medidas excecionais e temporárias de resposta à epidemia”. Nós seguimos a mesma linha. Temporariarmente (este dia, estas 14 horas), com a chancela do grupo 100 Maneiras, organizamos uma festa multidisciplinar, que junta cozinha, cocktails e vinhos, mas também yoga, maquilhagem, massagem, performance, comédia, teatro de improviso, sound journeys, concertos, DJ set… Não serão rosas, senhores, serão artes. Diversas, multifacetadas, para aprender a desenhar, a praticar yoga, a dar massagens ou a cozinhar. Fazer um cocktail, uma viagem pelo vinho ou pelo som de uma harpa, ouvir hip-hop homemade (assinado por um membro da equipa), dançar pela noite dentro com alguns dos melhores DJ nacionais ou partir a quarentena toda ao som de rock n'roll… “A situação excecional que se vive e a proliferação de casos registados de contágio de COVID-19 exige a aplicação de medidas extraordinárias”, por isso, reunimos amigos extraordinários e pusemo-los a explorar os seus talentos a partir de casa. Desde as 10h e até à 01h30 da manhã, vamos estar numa quarentena interactiva a partir das redes sociais (Instagram e, em alguns casos, Facebook), para ajudar a matar o bicho. Porque um Homem só não é um Homem sozinho, queremos fazer companhia a quem vier por bem (e a uma bela distância de segurança!) Não serão quatro paredes que mandarão esta “casa” abaixo! #loveaid #amoremtempodepandemia #100maneiras #estadounido #tomates #alfaces #saladamista

A post shared by ljubostanisic (@ljubostanisic) on

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News