fbpx
RTP

Júlio Isidro teme o momento do “inevitável adeus” à televisão

Júlio Isidro
Facebook

Júlio Isidro desabafou nas redes sociais sobre o seu receio de dizer adeus à indústria televisiva.

Júlio Isidro partilhou um longo texto no Facebook, onde falou sobre a sua paixão pela televisão, e o medo que tem do “inevitável adeus”.

“O meu problema é a memória… não me esqueço de nada. Guardo tudo (…) muita coisa que dá para reler, comparar e aprender. (…) Aprendi a trabalhar muito e dou-me mal com o dolce fare niente. Por isso, temo o momento em que o inevitável adeus a esta arte/indústria, venha a acontecer”, confessou o apresentador.

A pandemia obrigou a um abrandamento no trabalho, mas o mestre da televisão continua em dose dupla na RTP Memória, onde integra os programas “Inesquecível” e “Traz prá Frente”.

“Encontrei uma entrevista com Mário Castrim, o mais militante espectador da história da televisão em Portugal. Destaco… o destaque e junto apenas mais uma frase da longa entrevista: “Serviço público é colocar a televisão ao serviço do desenvolvimento humano”. Para memória futura”, terminou.

Júlio Isidro tem 60 anos de carreira, e é considerado um dos maiores profissionais da televisão portuguesa.

Leia também: Tony Carreira homenageia a filha Sara Carreira na casa do Algarve

O MEU PROBLEMA É A MEMÓRIA…NÃO ME ESQUEÇO DE NADA.Guardo tudo, recortes de imprensa, fotos, comentários, entrevistas,…

Posted by Julio Isidro on Saturday, August 14, 2021

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News