fbpx
RTP

Júlio Isidro chora a morte de Eunice Muñoz: “Hoje, perdi a minha namorada”

Júlio Isidro, Eunice Muñoz
Instagram

Júlio Isidro lamentou a perda de Eunice Muñoz mas destacou que, “em sexta-feira de paixão”, a atriz a que se habituou a chamar “namorada”, de uma forma sempre muito respeitosa, “ganhou a dimensão da eternidade”.

“Em sexta-feira de paixão, Eunice ganhou a dimensão da eternidade”, começou por escrever Júlio Isidro na rede social Facebook.

“Não vou ser capaz de frases extraordinárias, não tenho talento para tanto. Apenas abrir o peito e deixar sair um pouco do muito que Eunice representou para mim, tendo sido sempre tão autêntica na nossa relação”, continuou.

“Hoje, perdi a minha namorada… Era assim que respeitosamente me dirigia à querida Eunice… Era assim que começava todas as conversas telefónicas com o filho Tó António Munhoz Borges: «Como é que está a minha namorada?». Que sim, assim-assim, mas com uma inquebrantável vontade de viver, teimosa, a querer continuar a tournée com a neta Lídia, porque ainda faltavam a Madeira e os Açores”.

“O tempo não contava para esta senhora que como avó e colega se despediu dos palcos com «A margem do tempo». Que mulher, mãe, atriz coragem, a viver a paixão do teatro até ao último sopro. Neste vendaval de emoções que me dominou deste manhã cedo, é com palavras simples que de joelhos lhe agradeço as vezes que ‘contracenámos’ nos meus programas de televisão, a generosidade com que assumiu papeis insignificantes face ao seu talento e dimensão”.

“Beijo-lhe as mãos que sempre apertaram as minhas nos nossos encontros e não vou esquecer a sua apresentação na festa dos meus 60 anos de carreira. E tantos outros momentos que me revelaram um ser humano maior que a própria vida”.

“Eunice Muñoz pertence ao grupo restrito daqueles que tiveram a sorte de nascer personagens vivos, tão vivos que se podem rir até da morte… Porque não morrem mais. Não perdi a minha namorada porque se hoje é tempo de lágrimas de paixão, amanhã iremos celebrar em aleluia a vida de Eunice. Minha querida Eunice, ficou impresso na sua vida, o selo da eternidade”, concluiu Júlio Isidro.

Leia também: Eunice Muñoz morre aos 93 anos após “tentativa de reanimação”

EM SEXTA FEIRA DE PAIXÃO, EUNICE GANHOU A DIMENSÃO DA ETERNIDADE.Não vou ser capaz de frases extraordinárias, não tenho…

Posted by Julio Isidro on Friday, April 15, 2022

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>