RTP

José Carlos Malato recorda o pai: “Eu penso nele todos os dias”

Reprodução Instagram

Passados quase dois anos, José Carlos Malato mantém viva a memória do pai e recorda-o com carinho.

O ano de 2018 não foi fácil para o apresentador da RTP1. Neste mesmo ano, Malato perdeu o pai, com quem tinha uma relação bastante próxima, chateou-se com a mãe e, ainda, terminou o relacionamento amoroso com João Caçador.

“Há muita coisa que eu faço em memória dele e tenho muitas saudades. Eu penso nele todos os dias”, confidenciou. “Às vezes, falo e brinco com ele. Dou por mim a ter muitas expressões que eram dele e que me saem naturalmente”, afirmou o apresentador.

O rosto da RTP1 recordou, ainda, uma situação caricata que viveu com o pai. “Eu lembro-me que uma vez o meu pai, que já estava no fim, e eu brinquei com uma expressão que ele usava muito: ‘Nem o pai morre, nem a gente almoça’ e ele reclamou. Há muita coisa que está relacionada com ele e que eu faço questão de dizer, mas há umas que me saem naturalmente.”

Recorde-se que António Malato morreu em maio de 2018, aos 74 anos, vítima de cancro.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News