fbpx
Famosos Música RTP

Jorge Martinez diz que ele é que devia ir à Eurovisão e arrasa Maro: “Espetáculo zero”

Jorge Martinez, Maro, Eurovisão
Instagram

Jorge Martinez voltou a lamentar o facto de estar “proibido” de representar Portugal na Eurovisão e sublinhou que, quem elogia Maro, está a ser hipócrita.

“Eurovisão, palco de excelência para grandes performances, torna-se num suplício para uma mentalidade portuguesa tão anti-espetáculo”, escreveu Jorge Martinez na rede social Instagram.

“Como sabem, de hipócrita não tenho nada, ao contrário de muitos que se fartam de elogiar a desgraçada presença de Portugal em Turim. Uma representante portuguesa escolhida num Festival da Canção, onde estou escandalosamente proibido de ir, num palco da Eurovisão, com uma roupinha casual e acompanhada por cinco coristas, todas num círculo, imóveis, a cantar e a bater umas palminhas”, acrescentou.

“Que lindo. Até direi sublime, fora de série, melhor performance mundial de todos os tempos. Fiquei rendido a tanto zero à esquerda, à direita, ao centro ou, neste caso, em círculo! E se for às escuras, melhor ainda, para ninguém ver. Não é, Nuno Galopim? Espetáculo zero!”, atirou.

Depois, disse ainda que a vitória da Ucrânia fou “inaceitável”. “Isto não é política. Estamos todos de acordo no apoio ao povo da Ucrânia, mas daí a entregar-lhe a Eurovisão por solidariedade não se aceita de forma alguma. Os vencedores foram o Reino Unido, a Espanha e a Suécia. Para isso tinham criado um troféu de solidariedade e entregavam à Ucrânia. Ponto final”, rematou.

Numa outra publicação, Jorge Martinez garantiu que ele é que devia ter ido à Eurovisão: “Seria o desejável, mas enquanto tivermos um palhaço vesga a comandar a nação musical do Festival da Canção estamos todos entregues ao zero! Lá está, quem percebe, percebe. Quem tem olhos, vê! Quem apoia a tristeza franciscana dos incapazes, de luzinhas apagadas, fica a ver escuridão”.

Leia também: Jorge Martinez lamenta “falta de coragem” de Cristina Ferreira: “Tão sexy quanto vulnerável”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

11 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Zero dava -te eu mal empregados doze pontos que recebeu a canção espanhola. As taxungueiras tinham ganho o festival .Tinhas que primeiro aprender Português e depois opinar …e quando chegasse a tua vez …”calavas-te”comentários desses são desnecessários porque vocês não são exemplo para nada nem para ninguém…

  • Quando li esta notícia, pensei? Quem é este tipo?! Depois fui investigar e não passa de um projeto de cantor, piroso, ridículo, espalhafatoso, uma voz assustadora e “canções” com letras vazias e desastrosas. Por isso, criticar aqui a Maro soa a ousadia a mais, desrespeito, inveja e surrealismo. Maro alcançou um brilhante lugar para Portugal (além de ter alcançado o apuramento para a final) e teve uma atuação irrepreensível, numa canção unanimemente reconhecida como uma das mais bonitas e melhores deste certame. E meu caro Jorge Martinez, existe a livre submissão, ninguém está impedido de participar, a soberba, a mentira e a inveja são defeitos que abomino na sociedade.

  • Este aluado tem que perceber que para se ir a um festival da canção tem que se ter uma característica importante: saber cantar! E o espetáculo todo que diz fazer é para esconder que não canta um chavo…

  • Penso que este senhor deveria procurar um espelho e uns aparelhos para os ouvidos para se ouvir !
    Sim porque talento na minha opinião não é coisa que tenha. Se eventualmente este senhor fosse à Eurovisão iríamos ser motivo de chacota !

ATV News

<>