RTP

Francisco J. Marques acusa RTP1 de “propaganda Benfiquista” e afirma: “Isto é uma vergonha”

Reprodução Redes Sociais

O Diretor de Comunicação do Futebol Clube do Porto não poupou nas críticas à RTP1 após a emissão transmitida, na última segunda-feira, em direto de Cabo Verde, no âmbito das comemorações do Dia de Portugal. Durante o programa, o repórter Tiago Goes Ferreira vestia uma camisola do Benfica. No entanto, o profissional de comunicação já se veio defender nas redes sociais.

“A RTP faz uma visita a uma casa do Benfica, põe um funcionário a dizer ‘festa bonita, benfiquista, portuguesa e cabo-verdiana’. Isto é uma vergonha e alguém tem de parar esta deriva da RTP”, começou por escrever o dirigente dos dragões na sua conta do Twitter.

“O mesmo rapaz diz ‘quero ouvir viva o Benfica’ para depois despir a camisola para entregar ao presidente da casa, confessando ser uma oferta entregue pelo Benfica, o que ilustra que isto foi pensado, até pediram uma camisola ao clube querido”, acrescentou numa nova publicação.

“Foram cinco minutos de propaganda benfiquista que nem no tempo de outra senhora se fazia”, disse Francisco Martins, pedindo uma atuação da administração da RTP, do Governo e dos partidos com assento parlamentar. A reação do FC Porto surge poucos dias após ter sido condenado no caso dos emails.

O repórter recorreu às redes sociais para esclarecer a polémica. “Sou adepto do Futebol Clube do Porto… e do Fair Play. A felicidade de todas aquelas pessoas foi um golo daqueles à Deco!!”, escreveu na legenda de um ‘print’ de uma das notícias.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita.Apple Store Download Google Play Download

ATV News