fbpx
RTP

Fenprof critica «Prós e Contras» e Fátima Campos Ferreira

Pros E Contras Fenprof Critica «Prós E Contras» E Fátima Campos Ferreira

Pros-E-Contras

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) acusa a RTP de ter prestado um mau serviço público depois de terem excluído a organização do último debate do programas Prós e Contras emitido na passada segunda feira que se focou no tema Vida Difícil nas Escolas.

Segundo os representantes dos sindicatos dos professores o caso será exposto ao «regulador dos media, à direção de Informação da RTP e ao conselho deontológico dos jornalistas» vincando através de um comunicado emitido pelo Secretariado Nacional da Fenprof a posição contra o programa da estação e a jornalista Fátima Campos Ferreira.«Ao excluir os Sindicatos deste debate, a jornalista-pivô do programa assumiu uma postura anti-democrática, imprópria dos tempos atuais. Com esse procedimento, o serviço público que deverá ser prestado pela RTP foi claramente deficiente por ser faccioso, impedindo que organizações tão representativas do corpo docente, como são as suas organizações sindicais, pudessem dar a  conhecer e debater a sua opinião, independentemente de se concordar ou não com a mesma, bem como fundamentar as suas propostas», pode ler-se no texto publicado no site .

Ouvidos pelo jornal Correio da Manhã, Mário Nogueira disse: « Respeitamos critérios jornalísticos mas  o debate centrava-se nos protagonistas da educação e os sindicatos representam um grupo profissional da área: os professores. Foram excluídos e não é a primeira vez que acontece», lembra. Já José Manuel Portugal, diretor de informação do canal estatal, relembra que «a RTP cumpre os princípios da pluralidade» e reitera que «não temos que convidar toda a gente».

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News