RTP

Fátima Campos Ferreira abre o coração sobre batalha contra o cancro

Facebook

Três anos depois de ter sido diagnosticada com um cancro de mama, a pior fase já passou para Fátima Campos Ferreira. Ainda assim, a jornalista da RTP1 prefere não dizer que está curada, mas antes manter-se bem vigilante.

Em declarações ao Correio da Manhã, a anfitriã do programa ‘Prós e Contras’ recordou que os primeiros sintomas que sentiu se relacionavam com um cansaço acima do normal e que por esse motivo decidiu fazer uma mamografia, algo que já não fazia há dois anos. Dado o diagnóstico, os tratamentos iniciaram-se de imediato, mas a profissional do canal público nunca perdeu a esperança.

“Nunca faltei um único dia ao trabalho nem falhei um único programa. Mantive-me otimista, dentro do que é possível numa situação destas”, explicou a jornalista, que atualmente soma 61 anos de idade.

Fátima Campos Ferreira admitiu ainda à mesma publicação que “nunca” se pode dizer que se está completamente curado “numa situação destas”, embora a fase mais severa tenha sido já ultrapassada, e referiu que se tem mantido sob constante observação médica.

ATV News