fbpx
RTP

“Estou tão emocionada”: Tânia Ribas de Oliveira radiante com conquista

Tania Ribas De Oliveira, Livro Braille

Tânia Ribas de Oliveira está radiante com a mais recente conquista. Um dos seus livros transcrito em braille está “num agrupamento escolar” e as novidades não vão ficar por aqui.

“Estou tão emocionada”, confessa Tânia Ribas de Oliveira depois da mais recente conquista. A apresentadora tem um dos seus livros transcrito em braille e já está “num agrupamento escolar”.

“Um dia conseguirei explicar a alegria de ter duas crianças na mesma sala a ler um livro meu em braille. Hoje lançámos uma semente. Transcrevemos um dos meus livros em braille e entregámos vários exemplares a um agrupamento escolar. Vamos entregar um a cada biblioteca escolar que tenha pelo menos um aluno cego”, diz a apresentadora da RTP com orgulho.

Esta sexta-feira, 23 de abril, assinalou-se o Dia Mundial do Livro e é nesta data que Tânia Ribas de Oliveira deixa um profundo agradecimento. “Estou tão emocionada”, realça. “Agradeço do fundo do coração ao Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues e à Secretária de Estado para a Inclusão, Ana Sofia Antunes, pela presença e pelas palavras”, lê-se na publicação feita na sua conta de Instagram.

E termina com uma mensagem de esperança: “E cada um de nós tem o dever de incluir o outro. A igualdade de oportunidades é o ponto de partida para um mundo melhor e mais justo”.

“Manel, O menino que gostava de comboios”, editado em 2014, tem agora uma versão em código Braille, transcrito pela APEC – Associação Promotora do Ensino dos Cegos.

Mais do que comemorar simbolicamente a data, o que moveu Tânia Ribas Oliveira foi o desejo de que os seus livros chegassem a todas as crianças, independente das suas características.

Num momento carregado de simbolismo e vindo de alguém que tem muito amor pelas palavras e que privilegia a escrita como uma das suas formas de expressão, Tânia Ribas de Oliveira partilha que é um grande orgulho para mim, que o meu terceiro livro infantil “Manel, o menino que gostava de comboios” seja agora transcrito para Braille e que seja entregue às bibliotecas escolares do nosso país”, começa por dizer em comunicado enviado às redações.

“É muito importante que a integração seja efetiva e todas as crianças têm de aprender a ler. As que veem e as que veem de outra maneira. Por isso, estar numa escola de referência, com o Ministro da Educação, com a Secretária de Estado para a Integração, com crianças, com professores, com crianças, de forma presencial, ao fim deste ano, é uma celebração muito bonita do Dia Mundial do Livro!”, termina Tânia Ribas de Oliveira.

Leia também: Ruben Vieira recorda avó com texto emotivo: “Só tu vais perceber…”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News