RTP

Em pânico, Daniela Santiago tira toda a família de Madrid

Instagram

A jornalista da RTP1 é correspondente em Madrid, Espanha. A morar com ela tinha a mãe e a filha, mas decidiu que estas deveriam regressar a Portugal. Já cá estão, na Covilhã, a cumprir o período de quarentena.

Quanto a Daniela Santiago, mantém-se no país vizinho ao serviço da estação pública de rádio e de televisão. Em entrevista à revista Nova Gente, apontou os dois motivos que a levaram a tomar a decisão de afastar a família.

Um deles, no caso da mãe, cuja idade se situa na chamada zona de risco, deveu-se ao facto de os hospitais em Espanha estarem numa situação caótica e do medo que tinha de esta poder não vir a ter os cuidados desejados, caso fosse infetada.

“Quando os números atingiram os valores a que chegaram, e comecei a ouvir, mesmo que fosse só boato, que estavam a começar a escolher os doentes [que ventilavam] nos hospitais, decidi que o melhor era a minha mãe voltar para casa dela”, explicou.

Em relação à filha, o pânico deu-se quando o Pavilhão do Gelo, em Madrid, onde a jovem adolescente costumava ter aulas de patinagem artística, se tornou numa morgue improvisada.

“Em 23 anos de jornalismo, já cobri várias tragédias, vivi situações que podem colocar a nossa vida em risco, mas nunca me tinha deparado com um cenário destes, em que tinha a minha família comigo”, confessou ainda a jornalista.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News