fbpx
RTP

Em Cabo Verde, Catarina Furtado afirma: “O sofrimento não se mede, a dor não se mede…”

Catarina Furtado
Instagram

Catarina Furtado foi até Cabo Verde para ajudar os países menos desenvolvidos nesta situação da guerra.

Catarina Furtado, a embaixadora da Boa Vontade do Fundo das Nações Unidas para a População, esteve em Cabo Verde, para que a guerra não desvie o foco da ajuda e assistência internacional a África.

“Eu fiz questão de vir aqui para que Cabo Verde, e África em geral, mas Cabo Verde em particular, não fique memorável. Porque aquilo que é o impacto que uma guerra tem lá no próprio país, tem um impacto também direto nestes países e, portanto, não podemos deixar”, afirmou em declarações à Lusa.

“É evidente temo, por isso mesmo mulher, porque o sofrimento não se mede, a dor não se mede, cada pessoa conta, cada pessoa”, acrescentou.

“E se está mais do que provado que em todos os contextos, e até na guerra da Ucrânia, são mais uma vez as mulheres que têm que inovar a sua vida, que se têm que reinventar, é muito claro que são as mulheres sempre as maiores vítimas de todos os conflitos, mas também de todas as desigualdades sociais, são as mulheres sempre”, concluiu.

Leia também: Catarina Furtado ajuda 400 refugiados ucranianos: “Iremos apoiar a sua digna integração”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>