RTP

Cristina Esteves considera que 2018 foi um ano para esquecer

Cristina Esteves teve um 2018 bastante atribulado. Entre quedas, fraturas e roturas, ainda foi afastada da condução do espaço de informação da RTP, Telejornal, para o programa 360º da RTP3.

Foi à revista TV Guia que a jornalista e pivô falou sobre os percalços que o ano passado lhe trouxe, contando com pormenor como se lesionou, à saída do estúdio da RTP3. Cristina Esteves recorda que tropeçou nos cabos de uma câmara e que isso lhe valeu uma fratura no ombro e uma rotura no joelho.

A pivô do canal público conta que ainda foi trabalhar nos dias seguintes à queda, com o ombro e o joelho imobilizados apenas por fitas. Dos vários exames que fez na altura, todos concluíram que apenas tinha edemas, no entanto as queixas perduraram e os médicos aprofundaram os exames e, com ressonâncias magnéticas, detetaram a fratura e a rotura, tendo ficado de baixa para recuperação.

“O perigo aqui é que basta um movimento brusco, seja a guiar ou a segurar um corrimão, para isto descolar. E custa-me estar muito tempo na mesma posição”, descreve a jornalista.

Apesar de se ter esforçado sempre por trabalhar, foi agora obrigada a parar, considerando mesmo que o ano de 2018 foi para esquecer.

Recorde-se que Cristina Esteves foi afastada em outubro de 2018, pelo diretor de infromação da altura, Paulo Dentinho, da condução do Telejornal de fim-de-semana.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News