fbpx
Famosos RTP

Catarina Furtado faz apelo aos fãs: “Ajudem-me”

Catarina-Furtado

Catarina Furtado participou como oradora na apresentação do relatório anual sobre população da agência das Nações Unidas na semana passada.

Este sábado, 4 de junho, a presidente da Corações Com Coroa deixou um apelo aos seguidores através do seu Instagram.

“São milhões as meninas, raparigas e mulheres cujas vidas lhes são roubadas por diferentes razões. O relatório alerta para as práticas nefastas que magoam as meninas, raparigas e mulheres e prejudicam a igualdade: os casamentos infantis, a mutilação genital feminina e a preferência pelos filhos homens (entre muitas outras violações dos seus direitos)”, começou por dizer.

A apresentadora salientou que a pandemia veio atrasar os progressos em vários projetos. “Com a pandemia do Covid, os bons resultados que se estavam a conseguir em muitos países (muito embora ainda longe de serem cenários de igualdade) estão agora seriamente comprometidos! Os atrasos na implementação dos projetos deverão resultar em 13 milhões de casos de casamentos infantis e 2 milhões de casos de mutilação genital feminina! Não podemos deixar”, acrescentou.

“O envolvimento masculino é um contributo muito importante para ajudar na luta contra as práticas nefastas que impossibilitam escolhas, oportunidades e acesso nas áreas da saúde e educação, afetando as vidas e a dignidade de milhões de meninas, raparigas e mulheres do NOSSO mundo! E eu já conheci tantas! Ajudem-me na amplificação dos seus apelos”, terminou.

Ora veja:

View this post on Instagram

“Contra minha vontade!”. Pensem bem nesta frase! Esta semana foi apresentado mundialmente o Relatório anual sobre População da agência das Nações Unidas, UNFPA, e eu tive a honra de ser uma das oradoras. São milhões as meninas, raparigas e mulheres cujas vidas lhes são roubadas por diferentes razões. O relatório alerta para as práticas nefastas que magoam as meninas, raparigas e mulheres e prejudicam a igualdade: os casamentos infantis, a mutilação genital feminina e a preferência pelos filhos homens ( entre muitas outras violações dos seus direitos ). Com a pandemia do Covid, os bons resultados que se estavam a conseguir em muitos países ( muito embora ainda longe de serem cenários de igualdade) estão agora seriamente comprometidos! Os atrasos na implementação dos projectos deverão resultar em 13 milhões de casos de casamentos infantis e 2 milhões de casos de mutilação genital feminina! Não podemos deixar! Pensem na frase “ Contra minha vontade!”. O envolvimento masculino é um contributo muito importante para ajudar na luta contra as práticas nefastas que impossibilitam escolhas , oportunidades e acesso nas áreas da saúde e educação, afectando ad vidas e a dignidade de milhões de meninas, raparigas e mulheres do NOSSO mundo! E eu já conheci tantas!! Ajudem-me na amplificação dos seus apelos!!! @unfpa @unfpaeecaro @monicaferrounfpa @pdfactor @coracoescomcoroa @cnapn_guine_bissau @camoesip #minhamissaodevida #embaixadoradeboavontadedounfpa #nãodeixaninguémparatrás #praticasnefastas #fatumatadjaubalde #luisfaroramos @alice.frade

A post shared by Catarina Furtado (@catarinafurtadooficial) on

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News