fbpx
RTP

Concorrente de ‘Got Talent Portugal’ separado da mãe

Carlos Pereira, Got Talent Portugal Concorrente

Carlos Pereira deu nas vistas na estreia de ‘Got Talent’, na RTP, no passado domingo, 25 de abril. O jovem de 21 anos, tem nas mãos o poder da ilusão.

Foi um dos concorrentes que pisou o palco na estreia do ‘Got Talent’, na RTP1. Carlos Pereira tem nas mãos o poder da ilusão.

Natural do Porto, o concorrente de ‘Got Talent’ recorda a infância. “Cresci numa instituição, porque a minha mãe não tinha condiçôes para me ter com ela”, começa por explicar à TV 7 Dias.

E acrescenta: “Fui para o Instituto Profissional do Terço, no Porto, aos dez anos, porque a minha professora da primária ligou para o centro social. Fiquei lá até aos 18 anos. Fiquei revoltado e foi difícil a separação da minha mãe, mas hoje vejo que foi o melhor para mim, apesar de não termos grandes coisas, mas nunca me faltou nada. Isso endireitou-me e fez-me ser quem sou hoje. E foi lá que comecei a interessar-me por magia.”

Quanto à sua infância afirma: “O meu pai separou-se da minha mãe quando eu era muito novo. Eu estava muitas vezes sozinho. A minha mãe como trabalhava dia e noite, eu de manhã não queria ir para a escola, e a minha mãe não tinha muita vontade de se levantar, e eu acabava por faltar à aulas, foi isso que levou a minha professora a tomar esta atitude.

Já sobre o pai afiança: “Nunca tive muita informação sobre ele. Mais tarde quis voltar a ter contacto comigo, mas eu não quis. Se nunca tivemos uma relação quando eu precisei, não ia ser agora.”

Sobre as relações familiares, Carlos Pereira diz que a sua família é apenas a mãe. “Tenho um irmão da parte da minha mãe, mas ela não se dá muito com ele. Eu era muito pequenino quando ele foi morar com a minha tia. Tal como o meu pai, não tenho interesse em conhecê-lo.”

O jovem concorrente concorreu ao ‘Got Talent Portugal‘ com o objetivo de se lançar no universo do ilusionismo. “Achei que era uma boa rampa de lançamento para a carreira da magia e é um desafio”, frisa, esperando chegar o mais longe possível na competição. “Espero chegar às galas em direto e enfrentar esse desafio. Tem sido uma experiência incrível, nunca tinha estado num palco como aquele. Sei que viver da magia em Portugal não é fácil e provavelmente não vai acontecer, mas espero que dê para ter um tempo extra para fazer uns espetáculos.”

Leia também: Cristiano Ronaldo. Pandemia trava negócios do craque português

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News