fbpx
Resumos

«Sol de Inverno»: resumo de 21 a 27 outubro

Sol De Inverno Resumos «Sol De Inverno»: Resumo De 21 A 27 Outubro

Sol-De-Inverno-Resumos

Resumo de 21 a 27 de outubro da novela Sol de Inverno.

33º Episódio

Sofia fica abalada e com lágrimas de felicidade ao ver tanto dinheiro, mal acreditando que lhe pertence. Lourenço garante que a pessoa que comprou o diamante é de inteira confiança e, fazendo-lhe uma festa no braço, diz que já comprou um bilhete na primeira fila para assistir à sua vingança sobre Laura.

Margarida e Simão vão juntos buscar os chinelos de Teresa à quinta dos Aragão. O rapaz comenta que nunca viu a mãe tão abalada, enquanto a irmã atira que só faltava ela preocupar-se mais com os negócios do que com a família. Dulce detém-se à conversa com ele, dizendo que gostava de o ver mais, pois já estava a sentir saudades. Simão responde que basta a mãe convidá-lo e a empregada garante que Laura gosta muito dele, bem como todos os irmãos. Simão verte a sua mágoa e diz sentir pena que esse sentimento transpareça tão pouco. Margarida regressa com o saco Boheme dos chinelos de Teresa e vai embora com o irmão.

Dulce vai para a cozinha e conta a Carlos que a cirurgia de Teresa e Eduardo ainda decorre. O filho comenta que não deve ser fácil passar um rim de um lado para o outro. A mãe pede-lhe que ele lha faça umas compras e Carlos aceita a tarefa mas pede-lhe mais dinheiro, pois precisa de comprar uma camisa porque não pode andar vestido de qualquer maneira. Ela lembra-lhe que tem muita roupa mas não resiste a satisfazer-lhe mais um capricho. Carlos vê que a mãe tem a carteira recheada de notas e acaba por não resistir a servir-se, desaparecendo logo em alta velocidade.

Mariano exulta, confiando a Matilde que acaba de descobriu um caso muito parecido ao do avô, alimentando a esperança de poder ajudá-lo sem grandes problemas. Matilde afirma que a angustia que ele está a viver terminaria se decidisse enfrentar o avô de uma vez, mas o amigo prefere resolver o caso por si.

Laura impacienta-se com a demora da cirurgia dos filhos. Salvador lembra que os médicos avisaram de que ia ser demorado. Entretanto, o seu telemóvel toca e ele atende Matilde, dizendo que ainda não tem notícias para lhe dar. Ao reaproximar-se da mãe, conta que a namorada mandou beijinhos. Laura acha que ela foi simpática mas volta ao modo preocupado. Margarida pergunta se pode ir levar os chinelos da irmã ao quarto e Salvador manda-a perguntar a uma enfermeira. Margarida acaba por avistar o cirurgião e Laura precipita-se para o médico em busca de novidades. Ele afiança que as coisas não podiam ter corrido melhor e que Eduardo vai recuperar rapidamente. Já Teresa tem um prognóstico mais reservado e vai ter de ficar nos cuidados intensivos mas se tudo correr como se espera, também recuperará bem. Laura fica muito mais aliviada mas adverte Salvador de que a batalha ainda não está ganha.

Lurdes e Jacinto levam mais um baque com a avaria do frigorífico, pois o técnico avalia em duzentos euros a despesa de reparação. Jacinto despede-se do homem e agradece por não ter cobrado a deslocação. Em conversa com a mulher, Jacinto estuda a possibilidade de comprarem a comida dia-a-dia, para não necessitarem de frigorifico mas Lurdes não apoia a estratégia do marido. No entanto não estica a conversa para que ela não acabe em discussão.

Isabel comenta com Célia que está cheia de pena de Lurdes que junta às desgraças que já tinha mais esta da avaria do frigorífico. Para ajudar a amiga, Isabel tem a ideia de lhe fazer umas compras de alimentos quando acabarem de trabalhar. Horácio ouve a conversa e vai inteira-se da situação da amiga. Isabel conta-lhe que Lurdes e Jacinto já estão a sentir dificuldades para comprarem comida. Horácio sente-se penalizado por isso. Fábio vem do armazém com rolos de pele e deixa-os cair atrás de Cela que se assusta. Depois de uma troca breve de conversa, Fábio retira-se e é seguido de Rita que se prepara para o humilhar mais uma vez. Só que não tem grande sorte porque Fábio lhe diz com todas as letras que se cansou de ser o seu macaquinho e que agora vai saltar para outras árvores. Rita é apanhada de surpresa pela sua coragem e só consegue pedir para que não se esborrache no chão.

Eduardo desperta da anestesia e tem a família a seu lado a dar-lhe apoio, mas sempre de uma forma distante e quase forçada. Ele ainda consegue brincar com Laura dizendo que se sente mais leve. Assim que pergunta por Teresa, Laura afirma que ainda está nos cuidados intensivos e que ainda não pode ter visitas. A enfermeira põe toda a gente fora do quarto de Eduardo e este aproveita para pedir jornais e revistas à mãe. Simão oferece-lhe o tablet mas Margarida antecipa-se, garantindo que lhe leva o seu. Quando toda a gente sai, Andreia ainda permanece no quarto e confessa ao marido que nunca pensou que ele se portasse tão bem. Eduardo lamenta que o tenha em tão pouca consideração. A conversa decorre com alguma cordialidade mas também com grande frieza, indiciando que o casamento sofreu danos irreparáveis. Eduardo pede um beijo a Andreia que faz notar a raridade do acontecimento.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News