Resumos

Prisioneira: Resumo de 15 a 21 de julho

Resumo de 15 a 21 de julho da novela ‘Prisioneira’ da TVI.

Prisioneira

Episódio 46

O chefe da polícia agradece a colaboração de Bashir e informa Vítor e Teresa que conseguiram uma pista sobre o casal que esteve no hotel e vão ser detidos neste momento. Teresa está confiante de que aquele mistério se vai resolver rapidamente. Vítor não tem tanta certeza e só acredita quando os vir a confessar. Lídia está muito nervosa por não ter notícias das filhas. Teresa liga e conta que vão deter o casal suspeito. Júlio quer encontrar Glória e acha que Fredy sabe mais do que revelou. Glória pede boleia no meio da estrada, passa um carro cujo condutor manda um piropo e ela recusa boleia. Fredy está nervoso por não saber de Glória e pede ajuda a Fábio para localizá-la, através do telemóvel, mas este não consegue por Glória ter o telemóvel desligado.

Glória continua a pedir boleia, uma senhora idosa para o carro e Glória entra. Mário fica espantado ao perceber que Graça lhe entregou um pedido de divórcio, Leonor não gosta da reação e acusa-o de ser um cobarde. Bashir informa Samira que prenderam o casal e que eles confessaram o crime e ela agradece a ajuda do irmão. Omar pede desculpa a Teresa por ter desconfiado dela e diz que já sabe que não foi Teresa que matou Khalef. Teresa está magoada e acusa Omar de não confiar nela. Samira promete fazer tudo para que a ferida que se abriu no casamento de Teresa e Omar, não cicatrize e Bashir avisa a irmã para não se meter.

Teresa afirma que estava disposta a ir até ao fim do mundo por Omar, que se converteu a outra religião, por ele, e que ele agiu como um inimigo, o que deixou marcas profundas. Teresa diz que precisa de tempo e abraçam-se comovidos. Fábio consegue apanhar o sinal do telemóvel de Glória e percebe que ela estava entre Setúbal e Palmela e Fredy decide ir atrás dela. Mário pede esclarecimentos a Eduardo por Graça ter sido libertada e ele revela que o atirador confessou que foi contratado para matar Lídia.

Graça escreve uma carta a James, a pedir-lhe para voltar a trabalhar com ela. Graça está à espera de James, e fica para morrer quando o vê a dar o braço e um beijo a Sally. Graça está a beber gin e conta a Letícia, que pediu o divórcio a Mário e encontrou James com outra. Graça acaba por desmaiar e Beatriz e Carolina ficam pasmadas com o estado de Graça. Margarida entra no quarto e recorda momentos com Diogo e agarra-se à esperança de que ele está vivo. A enfermeira cuida de Diogo, este aproveita uma breve distração dela, para agarrar um bisturi. Monique aparece de arma em riste, e a enfermeira consegue dar uma cotovelada a Diogo e Monique fica a comandar a situação.

Diogo sabe que Monique pertence aos serviços secretos e quer saber quem é ela. Omar chega com Teresa e vão para o quarto. Leila está preocupada com ela, depois das acusações que lhe fizeram e Fátima não tem pena nenhuma. Samira range os dentes ao ver Omar e Teresa juntos. Teresa faz a mala e diz que precisa de tempo e quando vai a sair, Fátima barra-lhe a passagem e tira-lhe o filho dos braços. Omar, atraído pelo barulho, vem à sala e pede à mãe para devolver o bebé a Teresa. Fátima e Teresa têm uma discussão acesa e Omar intervém. Teresa instala-se no hotel, ainda nervosa com o que aconteceu em casa de Omar e pensa no que fazer em relação a Fátima e diz a Vítor que pelo filho se tornou mais forte.

Omar manda calar a mãe e vai rezar no seu tapete, atormentado, por Fátima vociferar contra Teresa, dizendo que nunca será uma verdadeira muçulmana e que Omar está enfeitiçado por ela. Lídia recebe uma chamada de Teresa que lhe diz que não consegue falar com a irmã, e Lídia assente que ninguém sabe dela. Fábio e Fredy continuam à procura de Glória e não conseguem apanhar o sinal do telemóvel dela. Glória continua à boleia da senhora idosa. A senhora decide fazer uma paragem para lanchar e entra numa garagem, a porta fecha-se e fica tudo escuro.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

ATV News