Resumos

«Paixão»: resumo de 18 a 24 de setembro [ESTREIA]

1º Episódio

Miguel é libertado da sua prisão na África do Sul. Ao sair, ele recorda o seu passado, quando namorava com Luísa, vivia com a sua mãe e o seu irmão, e de como foi vítima de um crime que não cometeu e o levou à prisão.

Numa penitenciária na África do Sul, na Cidade do Cabo, no ano de 2015, Miguel está preso com Rui. Nesse dia ele é libertado da prisão. Ao sair, ele recorda-se da sua antiga namorada, Luísa, e de como foi preso por um crime que não cometeu.

Vemos a memória de Miguel, em que ele se recorda de um momento de amor com a sua antiga namorada, Luísa, numa praia do Algarve. Depois de tomarem banho, Luísa insiste com Miguel para ir de férias com ela à África do Sul. Miguel diz que não por receio do pai de Luísa, Paulo. Luísa diz que se for preciso vão só eles os dois, e mostra-lhe dois bilhetes de avião. Mas Miguel diz que não.

Vemos o dia-a-dia da família Marreiros, com Paulo a visitar o seu hotel resort e a tratar dos seus negócios. Em casa da família Marreiros, Leonor prepara a viagem da família e amigos à África do Sul. Na África do Sul vai-se festejar os anos da irmã de Paulo. No hotel resort Zé espera por Paulo, sendo que Zé é um protegido de Paulo.

Vemos Zé a falar com um ladrão profissional, chamado Simão. Eles falam em assaltar a casa da família Marreiros. Depois vemos Zé a ir ter com Paulo ao casino, que lhe dá uma pasta com dinheiro para levar para sua casa.

Estamos num pomar de laranjeiras. Glória fala para os trabalhadores. Filipe está com eles. Glória diz aos trabalhadores que agora tem contrato a tempo inteiro. Depois diz a eles para começarem a trabalhar. Glória fala com Filipe, ela conta de como estiveram com pouco dinheiro depois de pagarem os tratamentos de pai de Filipe. Paulo chega de carro com Castro. Paulo aproxima-se de Glória com envelope na mão. Glória diz a Filipe para ajudar os trabalhadores. Paulo diz a Glória que sabe do contrato com a distribuidora espanhola. Ele diz que paga dez por cento à partida. Glória pergunta como é que ele sabe. Paulo diz que é um dos sócios da distribuidora. Paulo pega no contrato que está dentro do envelope e rasga o contrato. Depois diz a Glória que se ela quer vender laranjas, tem de por o seu filho Miguel a trabalhar fora de Portugal. Glória fica assustada e Paulo culpa-a pelo que aconteceu à irmã dele. Glória diz que não teve culpa disso e que nada vai separar Miguel e Luísa. Filipe aproxima-se e Paulo vai-se embora.

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close