fbpx
Resumos

«Espelho d’Água»: resumo de 17 a 23 de julho

Resumos Espelho Dagua «Espelho D'Água»: Resumo De 17 A 23 De Julho

Resumo de 17 a 23 de julho da novela Espelho d’Água.

65º Episódio

 

 

 

Rita depara-se com Patrícia a chorar na Mercearia porque se sente culpada pelo facto de a Irmã Madalena ter sido afastada do Abrigo em que acolheu tantas crianças órfãs ao longo dos anos. Depois de reafirmar à amiga que foi irresponsável ao confiar numa organização que afinal se dedicava ao tráfico das crianças, Rita conta a Patrícia que Vasco está a entrevistar a Irmã para provar que ela foi também uma vítima da situação e diz que não a vai massacrar mais com aquele assunto. Eunice também reconhece que não a tem tratado bem e serve um chá como sinal de boa vontade.

Na fábrica, as trabalhadoras estão inquietas pela possibilidade de perderem o emprego e é Tiago que tem de enfrentar todas as perguntas porque Sara fica muito perturbada com a chamada que recebeu e Fernando tem de levá-la para o gabinete.

O descontrolo de Sara é tão grande que trata mal Odete quando a secretária lhe leva um copo de água para a acalmar. Fernando diz-lhe que os deixe a sós e Sara conta finalmente que foi Nuno quem lhe ligou, deixando claro que sabotou as câmaras frigoríficas da Faina Norte e lhes desferiu o golpe de misericórdia para os obrigar a encerrar a empresa. Fernando insiste em que matou Nuno mas Sara grita-lhe que ele falhou e culpa-o pela situação critica a que chegaram. O marido diz que ainda vão a tempo de resolver o problema se reivindicarem a morte de Nuno e acabarem com ele quando aparecer. Sara deseja que não seja tarde demais.

Isabel diz a Joaquim que não lhe apetece fazer sala a António e ao comandante do avião em que regressaram aos Açores e diz-lhe que receba ele os amigos. Quando vira as costas ao marido para ir até ao escritório, Isabel fica com os olhos marejados.

Afonso chega entretanto a casa e choca Joaquim quando pergunta por Isabel, referindo-se a ela como avó. Ao saber que ela está no escritório, Afonso não perde tempo a pedir-lhe que veja os esboços de Inês sobre a imagem dos Chás Goulart que ele pretende modernizar. A avó diz preferir um concurso com vários candidatos mas perante a insistência de Afonso acaba por sorrir e mostrar-se feliz pelo interesse que ele demonstra pela empresa.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News