Resumos

Amar depois de Amar: Resumo de 25 a 31 de agosto

Episódio 56

Raquel está nervosa e tenta que Gonçalo diga algo mais, mas ele não consegue. Chega Frederico e Eduarda conta que Gonçalo chamou Marina. Ele abraça a mãe e tenta que o pai fale, pede que arranje forma de lhes dizer que não matou Marina. Miguel pergunta como sabe do detido e porque o quer solto e Laura pede que confie nela e agarra a barriga. António diz a Sebastião que apenas está detido, e se contou a verdade irá para casa. Augusto acha que não contou tudo, por ele saber quem era Marina. Nicolau pergunta o que fazia com o sapato da mãe e Sebastião diz-lhe que pensava que era de uma prostituta, trocam provocações, e Nicolau agride-o. Augusto pede calma a Nicolau, ele responde que ele devia fazer o mesmo a Gonçalo.

António grita com Miguel para que prenda Sebastião, e Laura sai com as chaves do carro. Gonçalo aperta a mão de Frederico e ele segue as indicações de Eduarda e testa com perguntas simples. Frederico pergunta se quer contar algo sobre Marina, e a tensão dele dispara, e Eduarda manda-os sair. Passagem para o passado. Gonçalo pede ajuda a Aurora pelo amor que tinha pelo seu pai e conta que que precisa de se livrar de mais um chantagista, André. Envolveu-o num crime, algo que aconteceu quando Marina tinha 15 anos, engravidou, e o bebé morreu.

Vicente matou o pai da criança e agora meteu os ossos no carro e André tem uma foto, e pede-lhe tudo o que é seu. Aurora sugere que meta as ações no nome dos filhos e arranje uma testa de ferro e ele decide que vai ser ela, mas que vai aparecer apenas o nome de uma sociedade anónima. Marina vai à igreja e depois deita água benta no local onde Gonçalo pôs as ossadas de Toninho, dizendo sentir-se aliviada agora que ele vai finalmente descansar em paz. Assente a Gonçalo irem para o Algarve no dia seguinte, referindo sentir que está a começar um novo ciclo na sua vida. André e Naruto observam Gonçalo e Marina, e sorriem satisfeitos por terem Gonçalo na mão, agora que sabem onde estão depositadas as ossadas que estavam dentro do carro que Gonçalo utilizava. Gonçalo expressa a Marina que irá gostar dela para todo o sempre independentemente do que aconteça nas suas vidas.

Passagem ao presente. Miguel confirma que Laura não levou nada de casa e tem a arma consigo. Augusto atende chamada de Raquel e confirma que Gonçalo disse apenas Marina e que mexe os dedos da mão, responde assim a perguntas. Miguel pensa em deixar o caso para cuidar da mulher, Augusto motiva-o e fala sobre a sua história e incentiva-o a não fugir para resolver problemas. Nicolau fica afetado do encontro com o Sebastião, e Aline pede Nicolau em casamento e contentes fazem amor. Augusto agradece a Mané por ter tomado conta da casa e pede-lhe que nunca deixe Nicolau sozinho.

Mané pergunta se viu o seu terço e Augusto nega. Laura passou a noite no carro, e diz que o bebé está bem. Miguel quer explicações e ela conta que Zorra é seu informador desde o dia em que ligou para o telemóvel de Gonçalo, ele atendeu. Enviou fotos a troco de informações e mostra a mensagem de Zorra no telefone fixo. Laura diz que é tarado e a quer matar. Miguel dúvida que nunca tenham feito sexo, e pergunta se o bebé é dele e por isso é que ainda está grávida. Augusto diz a Nicolau que vai falar com Gonçalo e promete contar quando souber quem foi o assassino, mas pede que na sua ausência tome sempre conta da casa, eles são tudo o que têm. Aline vai até a casa de banho e fica aterrorizada ao ver o terço de Mané pendurado no espelho.

Laura hesita em entrar na PJ, pega no telemóvel e deixa uma mensagem desesperada. Raquel pede a Augusto que não entre e diz-lhe que continua apaixonada por ele, precisa dele agora. Augusto pede que deixe o advogado e Matilde de fora e trocam juras de amor. Matilde quer que Gonçalo lhe aperte as mãos como fez a Frederico, mas ele dorme. Pede a Alice que tome conta do pai, e Eduarda chega e diz que está ali Augusto para o visitar. Nicolau abre a porta a Aline e Ângelo segura-a pelo pescoço com uma arma apontada. Grita pela carta de Tiago, e vinca que mexeram em algo sagrado para ele. Ângelo grita pelo outro e Aline assente que encontraram o terço de Mané, e este ouve. Nicolau pede que deixe Aline.

Ela pede para chamar Mané, já lhe desfez o pé, agora mata-os. Ângelo grita com Nicolau para que deixe Aline mas trata-o por Tiago, está alucinado enquanto aponta a arma. Nicolau e Aline tentam acalma-lo, quando ouvem barulho de vidros. Ângelo pensa em Mané, diz que não escapa. Ângelo entra no quarto e Mané agride-o, primeiro tira-lhe a arma e depois bate-lhe na cabeça, e ele cai no chão. Aline e Nicolau pensam que Mané o matou, quando toca o telefone de Ângelo. Matilde deixa mensagem a Ângelo, pede que apareça rápido, estão a interrogar Gonçalo para o acusar. Tenta entrar no quarto, mas Eduarda impede, não vai querer fazer mal ao filho, ele não pode receber mais que uma visita de cada vez.

Gonçalo dorme. Raquel pensa que ele não pode ter matado Marina, mas Augusto diz que deve estar com remorsos, e vai confessar. Augusto pega na mão de Gonçalo. Nos homens a amizade é para a vida. Raquel acha que foram os quatro vítimas e ninguém tem culpa de se apaixonar pela pessoa errada. Augusto lembra que Marina está morta e Gonçalo abre os olhos. Augusto pergunta se o ouve ele faz pressão na mão. Raquel pede para fazer perguntas de sim ou não. Augusto pergunta se sabe de quem Gabriel é filho, ele não reage. Pergunta se matou Marina e Gonçalo aperta com força, e Augusto repele a sua mão.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita.Apple Store Download Google Play Download

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

ATV News