Resumos

«Alma e Coração»: resumo de 22 a 28 de outubro

Nelson e outro agente da polícia perseguem dois assaltantes do bairro. Dividem-se e Nelson segue atrás do jovem que tem uma mochila. Mais à frente, dispara e apanha o assaltante que atira a mochila para o telhado da casa dos Moura. Não conseguiram apanhar o cúmplice e Nelson trata o detido com agressividade. Leo e Naomi reclamam com ele, zangados com o abuso de autoridade.

Em casa de Deolinda comentam a confusão na rua e Clara pede a Raimundo que vá lá fora ver o que se passa.

Alex continua angustiado com o futuro e Flávio não consegue que o seu telemóvel funcione. Alex decide ir comprar telemóveis novos e uma televisão para os pais. Eduarda aceita pois assim gastará menos com Jessica.

De volta a Portugal, Luís está de rastos. Quer deixar tudo orientado para voltar para o pé de Cecília. Diz a Vera que para aguentar tem de acreditar que a filha está viva. Desaba a chorar e Vera abraça-o.

O Dr. Tavares vai ao encontro de Margarida para lhe entregar a contra proposta de divisão de bens. Fernando só pretende dar-lhe uma pensão e Margarida descobre assim que passou uma procuração a dar-lhe plenos poderes sobre os bens dos dois. Depois do advogado sair, Margarida fecha-se na casa de banho a pensar no que há de fazer. Gustavo assegura que vão arranjar uma maneira de provar que Fernando agiu de má fé e que abusou da sua confiança.

Beatriz cheira cocaína em casa de Rodrigo. Este acorda e quase a apanha em flagrante. Beatriz disfarça e manda-o novamente descansar que ela vai tratar dele.

Antes de irem de lua de mel, Diana quer contactar um advogado para começar a tratar do assunto da sua filha. João pede-lhe que confie nele pois vão descobrir tudo o que aconteceu à filha dela.

Júlia abre a porta de casa e Margarida entra, fora de si, e aponta uma arma a Fernando exigindo que este lhe devolva tudo o que roubou. Fernando chora em pânico e Júlia fecha os olhos, enquanto ouve o seu coração a bater mais forte.

Do lado de fora de casa, Vitória está chateada porque se esqueceu da chave e ninguém lhe abre a porta. Liga, sem sucesso, para Júlia e deixa mensagem.

Margarida está desesperada e tenta matar Fernando. Por sorte a arma encrava e Júlia aproveita o momento para tentar tira-lhe a arma. Margarida atinge-a com a arma na cabeça e foge a seguir. Aflito, Fernando chama a polícia.

Margarida sai transtornada do prédio, a chorar e dá um encontrão em Vitória que estranha o seu comportamento. Entra no prédio enquanto Margarida fica dentro do carro, sem conseguir sair dali.

Ao entrar em casa, Vitória fica horrorizada com o cenário que encontra. Fernando e Júlia explicam que Margarida os tentou matar e só não conseguiu porque a arma encravou.

Diana escreve uma carta à filha e a seguir guarda-a na caixa. João entra e informa-a que conseguiram um mandato de busca e vão investigar a instituição. Diana pergunta-lhe se tem falado com Carmo e João mente, dizendo que sim.

Nesse momento, Carmo escreve uma mensagem no telemóvel a João mas não chega a enviar. Adelaide aproxima-se dela para falar sobre a venda do monte. Estranhamente, Carmo aceita a venda, sem questionar, o que deixa Adelaide apreensiva.

Jacinta e Nestor discutem porque este quer ir à cerimónia de entrega do prémio de Miguel para o desmascarar. Jacinta acha isso um disparate pois não tem provas de que o livro de Miguel não foi escrito por ele.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

ATV News