fbpx
Resumos SIC

A Serra: Resumo dos próximos episódios

A Serra Novela Sic

Resumo dos próximos episódios da novela Serra, exibida na SIC.

Resumo de 1 a 5 de novembro

Episódio 155 (1 a 5 de novembro)

Destaques

Vitória está grávida.

Fátima fica arrasada ao ver Tomás e Mariana aos beijos.

 

Fernando está preocupado com Sebastião por causa da perda do filho Vasco, acha que ele reprime a dor e diz-lhe que falar faz bem, mantem as memórias vivas, mas Sebastião não quer falar. Sebastião diz que veio ter com Carlota pediu-lhe para ver o contrato dos espanhóis que querem associar-se à panificadora de Braga. Diz que ela teve olho, pois têm bons resultados de negócios.

Vitória diz que precisa de arranjar forma de esquecer Fernando, conta com a ajuda de Fausto. Este diz que podem ir passear já hoje, mas ela tem uma consulta e não pode. Ele diz que vai tirar folga e amanhã tem o dia para ela.

Fátima acusa Mariana de ter sido ela a empurrá-la na serra, lembrou-se de como tudo aconteceu. Mariana é apanhada e disfarça, argumenta que foi ela que a salvou de forma que Fátima começa a duvidar do que disse.

Nicolau diz que lhe ofereceram cem euros pelas frigideiras, Guida não quer vender por tão pouco, mas não vê outra solução. Nicolau sugere que ela venda a mala que Carminho fez para irem viajar.

Jacinta já comprou o lenço para ele dar à mãe. Sãozinha não gosta de a ver só de toalha, faz má cara a Salvador quando Jacinta lhe diz que fique para jantar. Falam do rancho, Jacinta ou dança com Salvador ou não dança.

Rosalinda diz que Mariana já fez muito mal à família, Leonor diz que Mariana é simpática para ela. Rosalinda diz que amanhã vão a Seia fazer a prova do vestido. Leonor fica chateada porque mais uma vez marcaram algo no dia destinado a estar com Tomás. Irritada diz que Tomás não quer levá-la da aldeia e pede para pararem de a pôr contra ele.

Gustavo tenta parecer ocupado, diz a Lucinda que jantam outro dia. Gustavo diz ao irmão que quer ir com muita calma. Mariana vai direita a Tomás, conta-lhe que viu Fátima e que a acusou de a ter empurrado naquele dia.

Fátima caminha pela estrada onde caiu, lembra-se do que se passou, tem a certeza que era a voz de Mariana que lhe disse aquela frase. Mariana está aflita porque Fátima lembrou-se que foi ela que a empurrou. Carlota acalma-a, será sempre a palavra dela contra a sua e não há provas. Falam do cocktail para festejar o prémio do hotel.

Silvério impressionado ao ver Paula a ajudá-lo. Ela diz que mudou. Fátima conta a Guida que se lembrou e tem a certeza que foi Mariana que a empurrou, precisa falar com Tomás.

Manuel elogia marca de champagne que Remi bebe. Os dois conversam e Remi conta-lhe que teve um acidente e precisou revisitar locais, elogia Guida.

Elvira manda parar o ensaio do rancho, mudaram de pares e não a avisaram. Guida nervosa porque não tem vestido para o casamento. Elvira recomeça o ensaio.

Vitória conta a Fausto que está grávida, ele não estava à espera dessa novidade. Ela diz que o pai é o Fernando.

Fernando está inquieto, ele e Carlota acabaram de ter sexo. Fernando está sentado à beira da cama e sente-se frustrado porque não funcionou. Carlota sente-se humilhada, mas tenta não mostrar, diz que são coisas que acontecem. Ele não percebe porque ela insiste em estar com ele, ainda ia a tempo de ser feliz. Ela lembra-o do que está em jogo. Sãozinha acha Marta perfeita até Guida diz que o irmão é capaz de ir para Nova York com ela, muda logo o discurso. Jacinta acha que a mãe precisa de um psicólogo.

Nicolau gostava de viajar com Guida, pergunta se Carminho se importava que vendesse a mala que ela fez para lhe fazer uma surpresa. Carminho não se importa nada e se tiver tempo depois faz-lhe outra.

Aida não sabe onde estão uns documentos, era Moisés que tratava disso. Tomás diz que liga ao pai a perguntar. Tomás está feliz porque hoje é dia de estar com Leonor. Vai pedir o poder paternal, mas nunca a irá obrigar a viver com ele.

Fátima gostava de ter Ivone sentada na sua mesa, Guilherme diz que abdica do pai, ele nunca foi a favor do casamento.

Guida está triste porque o pai não lhe responde. Remi repara que ela está triste, ela mente, diz que é porque não tem vestido para o casamento da amiga, Remi conhece uma marca de roupa, se quiser pode aproveitar e comprar com desconto. Guida diz a Nicolau que acha que Remi é gay.

Elvira diz que a filha até está bem depois daquilo que passou. Sãozinha critica Ivone por não ter usado luto. Paula fala da lã das ovelhas do irmão, tenta fazer negócio com Aida. Elvira diz que vai viver com Silvério quando Fátima for viver para Braga.

Marta quer ver o fato, mas Guilherme não deixa, diz que dá azar. Sebastião pousa os documentos e Guilherme reconhece o logotipo, ele diz que Carlota investiu na panificadora, é sócia maioritária.

Fátima avança para a casa dos Folgado quando vê Mariana e Tomás a sairem e aos beijos, fica arrasada. Tomás sente-se observado, olha mas não vê Fátima que está escondida.

(conclusão)

Episódio 154 (1 a 5 de novembro) 

Destaques

Vasco morre durante a cirurgia.

Fátima lembra-se que foi Mariana que a empurrou.

 

Paula vem buscar a tenda. Fátima conta-lhe que o pai está chateado porque Guilherme pagou a Márcio para denunciar Carlota e ele não o fez. Silvério diz a Paula que pode ficar, e que pode agradecer às sobrinhas que foram elas que lhe deram a volta. Márcio fala ao telemóvel com Carlota, diz que vai desaparecer e confirma que tem o dinheiro com ele. Paula observa-o, atingi-o com o pau da noviça e deixa o beijo negro desenhado na cara dele. Paula não pega em dinheiro nenhum.

Domingos não sabe como Tomás soube sobre a ida para a Alemanha, mas percebeu tudo mal, eram apenas uns dias. Leonor fica nervosa ao ouvir isto e Domingos diz que ele quer que ela vá viver com ele, diz que ela só tem de repetir o que disse ao juiz na audiência anterior para que continue com eles.

Aida já falou com Sebastião para tratar do divórcio. Moisés diz que não vai levantar problemas, pois confia nela. Moisés pede perdão aos três, e diz que os ama muito. Nunca devia tê-los dado como garantidos.

Tomás conta que tem estado com Mariana e que ela está diferente. Salvador queixa-se que com ele as coisas estão piores por causa de Sãozinha. Tomás explica a Leonor porque está a pedir a guarda de Leonor, mas irá ficar sempre com quem ela quiser.

Sãozinha já tinha saudades de trabalhar com ela. Jacinta também tinha, grita a Cremilde que não foi buscar o pão ontem. Sãozinha desagradada com o pão que Jacinta está a fazer para Salvador. Ela diz à mãe que hoje não pode jantar, só se Salvador for também.

Chegam as freiras, Manuel comenta com Nicolau que ainda bem que cancelaram a convenção de cinema erótico no hotel. Entram três mulheres vestidas de forma provocante que se metem com as freiras. Manuel empurra-as para a receção e explica-lhes que o evento delas foi cancelado, mas Sheila diz que não as avisaram. Manuel diz que vão devolver-lhe o dinheiro. Sheila determinada, diz que não quer, já que está ali e ele pagou, vai ficar. Nicolau não sabe o que fazer. Sheila junta-se às freiras, tira uma fotografia selfie. Manuel está desesperado. Guida chama Sheila e amigas para usufruírem do spa, oferta do hotel e assim desvia-as de andarem pelo hotel.

No hospital, todos aguardam ansiosos por notícias da cirurgia de Vasco. Olímpia diz-lhes que o médico já vem falar com eles, mas Ivone insiste com ela para saber como Vasco está e ela lamenta e acaba por dizer que ele não resistiu. Ivone fica desesperada. Fátima consola Guilherme e Sebastião está em choque, sem reação.

Passaram dois meses, Fátima chega a casa depois de uma semana fora. Silvério estava com saudades, Paula diz a Fátima que ele choramingou todos os dias. Fátima conta que começa a faculdade em setembro e fala da casa nova que tem um pátio onde Anabela pode ter um cão.

Carlota não vai aguentar a indiferença dele. Fernando diz que quis manter o casamento à força não lhe peça mais. Ela avisa-o que não se vai contentar com esta vida, ameaça mostrar as provas que matou o irmão se não mudar.

Sebastião diz a Tomás que o resultado da avaliação psicológica de Leonor joga muito a favor deles, a professora diz que se nota quando ela está em casa de Tomás e que fica muito mais feliz quando é ele que a vai buscar ao contrário de quando é Domingos.

Vitória ainda gosta de Fernando, Fausto sugere que ela o use para esquecê-lo. Marta está muito feliz porque foi selecionada no curso fotografia, Tozé está muito feliz por ela, não a via sorrir desde a morte do irmão.

Jacinta faz massa para pão. Nicolau concorreu ao concurso das frigideiras e ganharam, Guida fica feliz porque vai viajar. Ele diz-lhe que afinal não leu bem, o prémio foi 500€ em frigideiras. Guida desgostosa com as frigideiras que ganhou. Fausto mostra a Fátima a fotografia do bolo que fez, ela diz que pode avançar. Guida reclama que a amiga nem foi comprar o vestido de noiva e será Elvira a fazê-lo.

Ivone diz que já voltou a dar consultas e está mais animada. Guilherme fala do sonho deles, Ivone já pensou muito e é isso que quer, vai avançar com a inseminação. Guilherme diz que vai ajudá-la com tudo o que ela precisar.

Mariana já não tem cicatriz. Tomás pede-lhe para ser ela a ir levar o fato banho a Leonor para não parecer provocação. Mariana feliz porque o hotel ganhou o prémio de melhor unidade hoteleira Nacional.

Manuel irritado ao ver a notícia sobre o empreendimento que vão fazer no terreno que vendeu. Carminho diz para ele esquecer isso. Manuel queria ficar com o lugar de diretor operacional que vai ficar vago.

Falam da Noviça nunca mais ter atacado. Paula mete-se, diz que talvez só ataque quando é para castigar. Aida procura Tomás, Paula oferece-se para ajudar.

Guida olha Rémi com estranheza, ele reconhece-a logo e disfarça. Rémi diz que vem do Canadá. Guida gostava de lá ir e diz que um dia ainda vai dar a volta ao mundo.

Carlota fala com Gustavo sobre as chantagens que eram alvo, ficou provado que foi Domingos, pois nunca mais receberam nenhuma. Carlota quer saber se Tomás namora com Mariana, ele diz que a relação é com a Mariana, não tem de se justificar.

Fátima deixa umas sacas farinha da panificadora onde trabalha na mercearia dos tios. Rosalinda gosta de a ver feliz. Mariana vem entregar o fato de banho de Leonor e provoca Fátima sobre Tomás. Fátima lembra-se que foi ela que a empurrou quando Mariana diz a frase “nunca vais ficar com nada do que é meu”, pois foi a frase que ouviu antes de ser empurrada.

(conclusão)

Episódio 153 (1 a 5 de novembro)

Destaques

Ivone e Vasco casam no hospital. Ivone promete ter um filho dele.

Guilherme furioso depois de pagar a Márcio, este não conta a sua ligação com Carlota à inspetora.

 

Paula está preocupada com o que ouviu dizer sobre Márcio. Não pode ficar mais no hotel e não tem onde dormir. Anabela deixa-a sair e diz ao avô que a tia não pode ficar na rua.

Ivone e Vasco estão emocionados ao dizer os seus votos. Ele fá-la prometer que segue com o sonho deles e ela promete. Sebastião interrompe a cerimónia, enraivecido com o que acaba de ver.

Tomás conta a Fátima a razão por que vai pedir a guarda de Leonor, já percebeu que os tios não lhe contaram tudo. Tomás não quer perder a filha e relembra o momento em que ela lhe chamou pai. Fátima e Tomás mostram-se cúmplices. Guilherme diz a Rosalinda e Domingos que ainda não entrou nenhum pedido de custódia. Ele acha que Tomás não tem hipótese, mas tudo depende deles, de tirarem da cabeça a ideia de fugirem com Leonor. Guilherme atende a Inspetora.

Ivone preocupada com Sebastião, Vasco diz que lhe passa. Sebastião diz a Ivone sem que Vasco oiça que ela não o engana. Vasco diz ao pai que tem de contar a verdade a Lena, ele não teve coragem, vai destruir-lhe o casamento.

Marta tira as fotos a Nicolau e Guida, mas não está a correr bem. Domingos quer ser atendido e Jacinta vai para lhe bater, mas Guida mete-se à frente e é empurrada, cai em cima do bolo, Nicolau vai ajudá-la, ficam os dois sujos. Nicolau gostava de participar com uma fotografia em que estão sujos de bolo e o bolo destruído, mas Guida não quer. Paula de saída do hotel, Nicolau pergunta onde vai ficar, mas ela ainda não sabe.

Manuel diz que a convenção foi desmarcada e vão ter de devolver todo o dinheiro. Fernando só espera que não os processem por danos. Carminho diz-lhe que retire o dinheiro dos seus lucros na altura de distribuí-los.

Tomás já contou à mãe e ao irmão que vai pedir a guarda de Leonor. Moisés não quer desfazer-se da fábrica. Tomás fá-lo ver que é o melhor. Ele acaba por aceitar, está arrasado.

Guilherme conta a Fátima que foi ter com Márcio, ofereceu-lhe dinheiro e ele aceitou falar de Carlota, marcou encontro com ele e com a Inspetora. Fátima fica muito feliz, ele sente-se menos culpado com o que está a fazer.

Sãozinha dá a entender que Ivone casou por interesse. Marta não acredita no que ouviu, Tozé leva-a para o quarto. Jacinta diz à mãe que vai despedir-se, aquilo não é para ela, por isso pode ajudá-la mais.

Lena já sabe o que disse a Ivone. Sebastião acha que ela casou por interesse e vai anular este casamento. Sebastião sofre, ela tenta consolá-lo, mas ele diz que não sabe o que ele está a sofrer porque não é mãe.

Carlota está feliz com a reunião. Fernando sem paciência. Ele vê Vitória e beija-o, Fernando percebe e diz que tinha de dar espetáculo, lembra-a em que moldes ficam juntos. Vitória sabe que ela fez de propósito.

Tomás desabafa com Mariana que custa-lhe dizer ao pai para deixar a fábrica. Mariana diz que talvez ainda se entendam como a mãe e o pai dela. Tomás diz que não via Carlota a desculpar uma traição. Mariana aproxima-se de Tomás que e deixa-se beijar.

Guilherme, Fátima e inspetora aguardam Márcio. Fátima impaciente, acha que ele desistiu. Márcio entra e senta-se com eles e Guilherme incentiva-o a falar. Márcio diz que não fez nada, e não sabe de boicote nenhum, só conhece Carlota por causa do mel. Guilherme em choque, enquanto a inspetora diz que veio perder tempo. Márcio sai e Guilherme vai atrás. Ele goza com Guilherme e pergunta se quer que explique à inspetora que lhe deu dinheiro por dizer o que lhe convém. Guilherme diz que lhe paga o dobro daquilo que pediu a Carlota, fica furioso por ter confiado nele. Fátima lamenta-se inconformada por Márcio não ter falado. Guilherme pede desculpas, foi ingénuo em acreditar que ele ia assumir a ligação a Carlota. Cristina mete em causa que haja ligação.

Salvador está nervoso. Jacinta diz que não dá para continuar na padaria, vão acabar por se chatear. Ela já percebeu que a mãe ainda não aceitou, mas com o tempo ela vai aceitar. Manuel pede desculpas, mas quer dormir ali hoje.

Entram todos em casa de Elvira para festejarem o casamento de Ivone, ela emociona-se pois não estava a contar. Ligam a Ivone para dar os parabéns e desejar as melhoras de Vasco. Ivone emociona-se ao ver a família reunida, conta que Vasco está na mesma, está a descansar para operação no dia seguinte. Vasco pede ao irmão que tome conta de Ivone e explica-lhe que guardou esperma e enviou-o para Espanha para concretizar o sonho que tem com Ivone. Ivone conta que estão todos na casa dela a festejar o casamento. Guilherme tira-lhes fotos.

(conclusão)

Episódio 152 (1 a 5 de novembro)

Destaques

Tomás decidido a pedir a guarda de Leonor em tribunal.

Tomás já sabe das intenções dos pais de Leonor em sair dali pede ajuda a Sebastião no caso Leonor. Este diz que podem entrar com regulação do poder paternal ou deixá-los levar Leonor que aumenta as hipóteses de sucesso no processo. Tomás diz que a prioridade é Leonor e não quer que ela vá com Domingos e Rosalinda para fora.

Carlota pede ajuda a Fernando para fechar o vestido e quer a opinião dele, qual gosta mais. Ele diz que para isso é melhor chamar uma amiga. Conta-lhe que Fátima a ameaçou a ela e a Mariana, mas ele não dá importância.

Elvira fala do filho e de Guida terem acabado com a Noviça. Sãozinha diz que Guida é que resolveu o mistério. Paula pega num pano preto e fica pensativa. Jacinta diz que já meteu Josefina no lugar e Sãozinha fica comprometida.

Ivone vem devastada, diz que está noiva e vão casar amanhã. Elvira acha que ela devia esperar, pois um casamento é uma festa para ter a família e os amigos. Fausto apoia-a, só importa o que ela e Vasco sentem e não o que os outros dizem. Ivone conta à prima que vai casar no dia seguinte, pois Vasco quer casar antes da cirurgia, só tem pena que a mãe não a apoie. Fátima fica feliz por eles, Ivone pede-lhe que não conte a Guilherme, a família de Vasco não sabe.

Fátima diz que o banco lhe deu o empréstimo, já pode comprar as ovelhas. Silvério aceita na condição de ser ele a pagar as mensalidades ao banco. Ela diz para ficar feliz, o homem já vem para fecharem o negócio. Guilherme disfarça a sua preocupação. Mais tarde, Guilherme oferece dinheiro a Márcio para denunciar Carlota e diz que lhe envia as instruções amanhã.

Tomás confronta Domingos sobre querer levar Leonor para a Alemanha. Domingos sente-se apanhado. Tomás determinado, diz-lhe que não vai a lado nenhum com Leonor porque vai pedir a sua guarda em tribunal. Rosalinda sente-se culpada por estar a manipular Leonor para irem para Alemanha. Leonor preferia ficar a viver ali. Fica comprometida quando a mãe diz para não contar a ninguém para já. Domingos nega tudo, diz que quem lhe foi dizer isso não está bom da cabeça. Tomás diz que falam em tribunal, não vai correr o risco de fugirem com a filha.

Guida e Nicolau veem fotos de casais em cozinhas. Manuel traz o material de promoção do evento de cinema independente, fica sem palavras ao ver o cartaz e perceber que se trata de cinema erótico. Manuel constrangido, explica a Carlota e a Carminho que o cinema alternativo é erótico, não percebeu quando fizeram a reserva. Carlota fica furiosa e despede-o. Carminho manda-o sair e ameaça Carlota que divulga às revistas sobre o desfalque que ela fez.

Sãozinha ri-se ao telemóvel, disfarça quando Jacinta entra e faz-se de vítima. Salvador vem buscar Jacinta. Marta diz que não vai ficar sozinha ela e Tozé jantam com ela. Marta perturbada com o assunto Vasco, tem ataque epilético.

Mariana conta a Tomás que já tem a cirurgia marcada. Tomás desabafa com ela sobre o que Leonor lhe contou, que os pais querem levá-la para a Alemanha. Mariana convida-o a ficar para jantar e a verem um filme.

Domingos confronta Rosalinda, ela diz que não falou com ninguém, até pediu a Leonor para não falar. Domingos vê o telemóvel de Leonor, mas não tem lá chamada nem mensagem para Tomás. Rosalinda fica na dúvida se devem ir.

Moisés faz sinal a Jacinta, mas ela ignora-o. Moisés vai ter com ela a pedir um café, Jacinta não o quer servir e ainda lhe oferece porrada. Salvador irritado, diz-lhe que tem de melhorar o seu feitio.

Guida arruma o quarto quando descobre o exame RX e percebe que Paula nunca partiu pé nenhum. Paula pede que não diga nada a ninguém. Guida manda-a fazer as malas e sair do hotel pois não vai continuar a viver às custas dos outros.

Elvira alterou o top do seu vestido casamento para ela. Ivone emocionada com o apoio da mãe. Nicolau dá-lhe os parabéns, ele e Fausto fazem questão de levá-la à porta hospital.

Mariana enervada diz a Guilherme que tem de controlar Fátima. Guilherme avisa-a que há limites para tudo e Carlota está a passá-los, disfarçam a conversa quando Lena entra. Guilherme fica surpreso ao saber que Tomás vai pedir a guarda da filha.

Fátima traz queijos a Rosalinda, conta que o pai já comprou as ovelhas. Rosalinda diz que disse a Leonor para ir ter com Anabela, mas não a quer na rua nem perto Tomás, ele decidiu pedir a guarda. Fátima estranha a decisão de Tomás.

Nicolau e Guida pedem ajuda a Fausto para ganharem o concurso de fotos de casais. Jacinta diz que faz o bolo, mas o que gastar pagam e o que sujarem, limpam. Fausto diz-lhe que tem mesmo um feitio da treta e irrita-se por ela ter dito que foi fazer queixas a Salvador.

 

(conclusão)

Resumo de 25 a 29 de outubro

Episódio 151 (25 a 29 de outubro) 

Destaques

Fátima ameaça Carlota.

Vasco quer fazer cirurgia e pede Ivone em casamento.

 

Jacinta está de saída para casa de Salvador. Sãozinha faz-se de coitada e inventa que Josefina destratou-a. Jacinta decide ficar para apoiar a mãe e avisa Salvador que não vai esta noite. Guida percebe que a mãe está a mentir e diz-lhe que ela sabe muito. Salvador comenta com os pais que acha Jacinta distante desde que fez as pazes com a mãe.

Carminho fala do plano por objetivos que apresentou para as camareiras. Salvador fica admirado como ela está a par dos problemas da classe das camareiras e Carminho diz que foi Guida que falou do que se passava e ela elaborou. Manuel pede-lhe que veja o programa que elaborou para o evento de cinema independente para o hotel.

Carlota está irritada por Márcio a ter procurado à noite no hotel. Márcio está com medo de Fátima, que anda com o pai atrás e fala em ter provas. Carlota diz que ela não tem provas nenhumas. Ele avisa-a que não quer correr o risco de ser preso e Carlota diz que lhe pagou muito bem para ele assumir riscos. Carlota fica preocupada. Fátima conta que Márcio admitiu ter pagado a Zezito e ainda estar feito com Carlota. Simão diz que se for preciso ir à polícia vão. Ela diz que não adianta, mas a sua vontade é ir atrás dela. Silvério diz para esquecer isso e seguir com a sua vida.

Domingos experimenta Leonor se também gostava de ir para uma cidade como Anabela. Ela diz que gosta de estar ali, e vai para dizer que além disso tem ali o Tomás, mas disfarça. Domingos reforça a sua decisão em ir viver para outro lugar, que é o melhor. Rosalinda diz a Domingos para ligar ao primo, mas está pouco convicta com a sua decisão.

Vasco diz a Ivone que quer fazer a cirurgia com todos os riscos se isso lhe permitir viver mais tempo junto de Ivone sem cadeira de rodas. Ivone diz que então avançam para a cirurgia e depois para a inseminação. Marta chega e diz que andou a fintar enfermeiras e seguranças, mas conseguiu o que lhe pediu. Ivone não percebe do que falam.

Aida confessa que lhe custou regressar à fábrica, mas não quer abdicar dela, sempre foi um projeto mais dela do que do pai. Tomás diz que Mariana tem sido impecável, Aida está desconfiada que essa aproximação seja porque Fátima vai casar.

Vasco observa apaixonado Ivone que dorme na cabeceira da sua cama e coloca o anel noivado no dedo indicador de Ivone, ela desperta e não repara no anel. Ele brinca com ela e pergunta se vai casar e não o convidou porque tem um anel novo, pede-a em casamento e ela muito feliz, aceita.

Fátima vê Mariana a encaminhar-se para o carro onde já está Carlota (mas não a vemos). Carlota percebe que está a ser seguida por Fátima que faz sinais luzes e apita. Fátima passa-a e obriga-a a parar, avisa-a que se voltar a prejudicá-la ou à família quem paga é Mariana. Carlota chama-a de maluca, mas Fátima determinada diz que ela tirou-lhe tudo, vai defender o que sobrou com unhas e dentes. Carlota fica em choque.

Elvira conta que Zezito assumiu que foi ele que meteu os ratos na farinha a mando de Márcio. Moisés chega cheio de flores, pede perdão a Aida e às costureiras. Aida deita as flores no lixo e manda-o sair. Sãozinha assiste e sente raiva.

Nicolau e Guida empenhados em fazer a foto, ele fala de uma cena que viu num filme. Guida alinha e despe-se, mas são apanhados por Hortense. Nicolau diz que Guida veio ajudar e Hortense manda-a lavar o chão e esfregar panelas.

Leonor ouve o pai e percebe que ele quer ir embora com ela para a Alemanha. Finge que acabou de chegar, mostra o teste com avaliação negativa e explica que não conseguiu concentrar-se porque foi no dia que dormiu na casa de Tomás e que Domingos apareceu zangado.

Mariana acha que a mãe devia parar de provocar Fátima. Mariana satisfeita porque vai fazer a cirurgia de estética.

Fátima não lhes ia fazer mal, mas foi só para meter medo. Guilherme acha que foi atiçá-la. Está em baixo por causa do irmão. Guilherme fala do medo de perdê-la, sente-se culpado pelo acordo com Carlota.

Leonor diz que não pode demorar que não sabe que ela foi ali. Conta da conversa que ouviu do pai com o primo da Alemanha que iam ficar na casa dele. Ele pergunta se quer ir, ela diz que não, quer ficar cá na escola com os amigos e com ele.

Manuel conversa sobre o evento de cinema, está entusiasmado. Guida também está, com a possibilidade da vinda de atores famosos.

Jacinta confronta Josefina por ter andado a dizer mal da mãe, ela não sabe do que está a falar e Fausto manda-a parar.

(conclusão)

Episódio 150 (25 a 29 de outubro) 

Destaques

Leonor chama pai a Tomás. Domingos ouve e fica transtornado, quer fugir de Fraga com a mulher e Leonor.

Zezito confessa que foi ele o responsável por colocar os ratos na farinha mandado por Márcio.

 

Jacinta recebe chamada da tia e da madrinha Maria José. Quer saber como estão. Hortense não fica contente com o telefonema. Maria José diz a Jacinta que se lembrou dela ao ver um bailado.

Moisés vem saber como Aida está. Tomás diz que a mãe não quer falar com ele. Aida quer ficar com a fábrica, vai dar-lhe um valor justo por ela, impede-o de lá ir até estar tudo resolvido. Paula oferece-se para ficar a espiar as costureiras. Aida diz que não precisa. Aida informa-as que Moisés não trabalha mais ali, Tomás vai ocupar o seu lugar. Jacinta e Guida fazem uma espera a Moisés.

Ele ameaça fazer queixa de Guida. Jacinta elogia Aida, e diz que é bem feita ter ficado sem ela e sem a fábrica. Elvira desculpa-se por se ter envolvido com Moisés, foi por isso que se despediu. Aida diz-lhe que não precisa sair da fábrica, nunca foram amigas e a relação continua a ser meramente profissional.

Zezito confessa que foi ele que meteu os ratos na farinha, pagaram-lhe para o fazer. Simão já descobriu que foi Márcio e quer pagar a Fátima o prejuízo. Fátima diz que não adianta, pois não resolve o problema. Fátima conta o que Zezito fez. Silvério fica revoltado. Guilherme diz que não têm provas contra Carlota, mas pode abrir um processo contra Márcio.

Fátima confronta Márcio, tem provas como sabotou a sua farinha. Márcio avança para ela, mas entra Silvério com o cajado. Ela diz-lhe que se denunciar Carlota até lhe arranja um advogado. Ele diz que responde a quem pagar mais. Hortense fica a saber que foi Carlota que mandou por os ratos na farinha. Fátima não vai apresentar queixa para não prejudicar Simão, não ia adiantar nada sem provas. Hortense diz que eles não a vão largar enquanto não sair da Fraga, fica comprometida.

Salvador conta a Jacinta que foi lá a casa, mas a mãe disse que ela já tinha saído, Jacinta estranha. Ela diz que não vai mudar-se para lá, mas está feliz por estar de volta à família. Jacinta pede-lhes se pode ajudar a mãe em part-time.

Leonor bebe o sumo à pressa para ir para a piscina. Leonor pergunta se são Mariana e Tomás são namorados, Tomás diz que são bons amigos. Leonor está muito entusiasmada, conta a Domingos que Tomás ensinou-a a nadar. Ele repara que ela tem o cabelo húmido. Tomás dá-lhe um gorro para levar. Leonor chama pai a Tomás e Domingos sente-se humilhado.

Domingos chega a casa fecha a porta para falar a sós com a mulher, está muito nervoso, diz que Leonor chamou pai a Tomás. Ela fica incomodada, mas tenta desvalorizar. Domingos quer ir embora dali e levar a filha. Rosalinda em choque com a proposta do marido. Ele o que não quer é perder Leonor, pensou no primo que está na Alemanha, vão de carro sem dizer nada a ninguém. Tomás embevecido por Leonor tê-lo chamado de pai, nunca achou que isto fosse acontecer. Agradece a Mariana por ter feito tudo por eles.

Nicolau tenta animar Manuel que está deprimido. Guida está cansada de limpar, mas mostra a Nicolau o concurso para ganhar quinhentos euros e Nicolau fica entusiasmado. Guida e Nicolau tiram fotografias para o concurso, entusiasmam-se e começam a despir-se. Tozé entra nesse momento e eles justificam-se. Tozé diz que se querem uma foto à séria para pedirem a Marta.

Manuel contente porque vai encher meio hotel. Carminho orgulhosa dele, diz que deviam ser eles a gerir o hotel há anos. Ele quer beber champanhe para comemorar, ela diz que está a trabalhar, não pode.

Sebastião confronta Ivone por lhes ter escondido o estado de Vasco. Guilherme diz que ela não tem culpa. Ela diz que tentou, mas Vasco não quis contar. Sebastião não se conforma que o filho não queira lutar pela vida.

Sebastião está transtornado, Lena olha-o penalizada, pergunta se ainda está zangado com ela. Ele diz que não é com ela que está zangado. Hortense veio dar força, diz que vai rezar por Vasco.

(conclusão)

Episódio 149 (25 a 29 de outubro)

Destaques

Mariana e Tomás beijam-se. Leonor cada vez mais próxima de Mariana.

 

Paula dá cem euros ao irmão para ajudar na compra das ovelhas, diz que foi o dinheiro que poupou. Não aceitou a indemnização de Manuel, mas ele ofereceu-lhe umas noites lá no hotel.

Carminho oferece a mala que fez a Guida. Esta verifica se não é de compra e pergunta como foi parar à administração do hotel, ela diz que foi por mérito, diz que já se falou em contratar mais camareiras e Guida diz que deviam era dar prémios às que lá estão.

Sãozinha diz que Jacinta vai voltar para casa. Hortense feliz que ela tenha aceitado Salvador. Ela diz que não o aceitou, mas isso é para tratar depois. Conta a Hortense que acha que Moisés fez as pazes com Aida.

Carlota provoca Vitória. Vitória não se aguenta e pergunta de quem foi a ideia da prostituta no quarto de hotel. Carlota diz que não sabe de nada e pede explicações a Fernando que não as dá. Carlota quer saber de que mulher falava Vitória. Fernando não sabe o nome, fez o que tinha a fazer, pagou-lhe e foi embora. Carlota fica furiosa porque agora vai ter Vitória a rir-se dela.

Fátima e Guilherme debatem sabem o que fazer com o desaparecimento das ovelhas. Vasco disponibiliza-se para lhe emprestar dinheiro, mas Guilherme já ofereceu e o pai dela não aceitou. Vasco diz que não consegue mexer as pernas, pede que liguem a Ivone. Esta acaba por contar a Guilherme que o irmão tem um tumor no cérebro, Vasco não quis contar-lhes e ela respeitou. Diz que para já o que podem fazer é operar para recuperar a mobilidade.

Tomás conta a Mariana que os pais estão a separar-se. Mostra-lhe as amostras que a mãe deixou e Mariana adora. Tomás diz-lhe que Leonor gostava de ir à piscina e estar com ela. Mariana fala de Leonor com ternura e Tomás sente-se embevecido. Ela põe a sua mão sobre a dele e os dois trocam um olhar mais intenso que termina num beijo. Tomás arrepende-se de ter-se envolvido com Mariana. Mariana descansa-o diz que para ela o que se passou não muda nada, continuam a ser só amigos.

Simão veio ver de Leonor e trouxe-lhe uns figos. Ela pergunta por Zezito e ele diz que fica em casa. Leonor vai para a cama, está entusiasmada porque amanhã vai estar com Tomás. Domingos diz que o juiz quer falar com ele por causa da queixa de Tomás.

Nicolau pede uma moldura à mãe para meter o artigo do jornal. Fausto goza com ele. Elvira preocupada porque Ivone não disse mais nada desde que foi para o hospital com o Vasco. Fausto recebe uma sms e sai. Vitória pede desculpas a Fausto, mas não está bem e foi a pessoa em quem pensou, não quer que a interprete mal. Ele diz que não veio com segundas intenções, tem pena dela.

 

Sãozinha tenta escrever a carta de demissão, Jacinta e Guida não são a favor, apenas Tozé concorda. Moisés aparece e diz-lhe que não a quer mais na fábrica, mas é corrido a desaforos por Jacinta, Guida e Tozé. Salvador traz pão quente e pede para falar com Jacinta. Sãozinha diz-lhe que ela já saiu. Mente a Jacinta, não diz que foi Salvador que lá esteve, mas sim alguém a distribuir publicidade e lamenta-se.

Guilherme conta à família que Vasco tem um tumor no cérebro e recusa-se a fazer tratamentos. Sebastião fica em choque, e acusa Ivone de não fazer o trabalho dela. Lena também sabia e defende Ivone por ser essa a vontade dele.

Mariana conta à mãe que teve outra vez com Tomás. Carlota não mostra entusiasmo, ela diz que podia ficar feliz por ela. Mariana avisa-a que a filha de Tomás vem ao hotel e são capazes de ir à piscina, para ser simpática com ela.

Carminho fala da ideia que teve para as camareiras. Sugere um programa de objetivos em vez de contratar mais camareiras. Fernando fica interessado. Carlota desdenha, Fernando conta-lhe da ideia e diz que ela deixou as medidas num papel em cima da secretária dela. Carlota fica admirada com a ideia do trabalho por objetivos para as camareiras.

(conclusão)

Episódio 148 (25 a 29 de outubro)

Destaques

Aida quer o divórcio.

 

Aida esforça-se para disfarçar o estado de espírito, está com vergonha de voltar à fábrica. Tomás diz que quem tem de ter vergonha é o pai, diz-lhe que ela é uma grande mulher e vai apoiá-la na decisão que tomar. Sãozinha também tem vergonha de ir trabalhar e Jacinta fá-la ver que quem errou foi Moisés, ela não fez nada.

Moisés faz conversa com Gustavo, percebeu que o filho arranjou namorada. Gustavo pergunta se já correu as empregadas todas do hotel e Moisés tenta explicar-se porque fez aquilo à mãe, mas Gustavo pede-lhe para não falar mais que não vai conseguir convencê-lo. Diz-lhe que deve pedir perdão à mãe e admitir os erros.

Nicolau lê o artigo minúsculo sobre a Noviça. Eles aguardam por mais, mas é só isso. Nicolau chateado porque nem fala no nome deles. Paula quer garantir que não a vão denunciar na mesma. Nicolau diz mal de Lucinda pelo artigo que escreveu. Gustavo goza com ele. Nicolau pergunta como estão os pais, Gustavo avisa-o que não o quer a mandar bocas, senão também fala da mãe dele.

Carlota está furiosa ao saber o que Fátima fez a Mariana. Esta diz para não fazer nada, é deixá-la ir embora. Carlota hesita, mas confirma à filha que foi ela que roubou as ovelhas. Fátima diz à tia que veio do posto, foi fazer queixa por causa do roubo do rebanho. Rosalinda lembra-se que o Ti Virgílio falou em vender as dele e Fátima decide falar com ele. Rosalinda conta-lhe que Leonor tem estado muito com Mariana.

Paula quebra o silêncio, diz-lhes que encontrou o patrão no hotel e também se fez a ela. Sãozinha vai direta a Moisés, quer despedir-se da fábrica e ele diz-lhe para enviar uma carta de despedimento. Despreza-a. Moisés recebe chamada de Aida e sai dizendo que vai resolver com a mulher a trapalhada que ela causou. Sãozinha chora e Elvira consola-a. Moisés acha que Aida chamou para se entenderem, mas Aida quer que ele tire as suas coisas de casa.

Moisés acha que ela está a reagir a quente. Aida frisa que quer o divórcio e que ele   venda a sua parte na fábrica, pois não ficar lá com ele. Moisés tenta convencer os filhos que a coisa certa é ajudarem-no a fazer as pazes com a mãe. Gustavo e Tomás dão razão à mãe. Tomás diz que vai ajudá-lo a arrumar as suas coisas.

Fernando pede a Manuel para sair da reunião de administração, ele sai com orgulho ferido. Lena fala da necessidade de arranjar mais camareiras e Carminho vai repetindo e concordando com tudo. Manuel desanimado porque ninguém o valoriza e ainda o expulsaram da reunião. Carminho diz que a reunião correu bem, mas agora vai para o atelier terminar a sua mala.

Tomás repara no convite casamento de Fátima quando Leonor entra com a mãe. Leonor entusiasmada que vai estar com ele amanhã, perguntar-se Mariana está no hotel, podiam ir lá outra vez.

Guida brinca com o facto de que em vez de verem vestidos foram ver ovelhas. Fátima não consegue estar entusiasmada com tudo o que lhe acontece. Conta-lhe que Tomás pediu-lhe para não casar, não esquece essas palavras além de o ter mandado passear.

Guilherme quer que Carlota devolva as ovelhas, não é assim que Fátima vai sair dali, não vai deixar o pai desamparado. Ela diz que pode não ter medido as consequências, mas o mal está feito, é para aprender a não se meter com ela.

Jacinta avisa Salvador que de vez em quando vai ficar na casa da mãe. Sãozinha queixa-se do que passou na fábrica, apela ao sentimento para que durma lá outra vez. Jacinta diz que fica, mas lembra-a que o namorado continua a ser Salvador.

Fátima cruza-se na rua com carlota e diz-lhe que quem devia ter levado com o balde de estrume era ela. Carlota avisa-a que não volta a tocar em Mariana, mas Fátima não vai desistir de provar que foi ela que matou o irmão e não tem medo dela. Carlota diz que devia ter.

(conclusão)

Resumo de 18 a 22 de outubro

Episódio 147 (18 a 22 de outubro)

Destaques

Aida põe Moisés fora de casa.

Fátima atira com balde de estrume a Mariana.

Vasco fica a saber que o pai incriminou o irmão de Lena para Fernando não ser preso pela morte de Álvaro.

 

Sãozinha justifica-se a Aida, dizendo que nunca teve nada com Moisés e que também é uma vítima das seduções dele. Aida pergunta se sabe alguma coisa sobre o caso de Elvira e Moisés, Sãozinha diz que Elvira lhe disse que tinha estado com o patrão, mas não acredita e percebe que está a contradizer-se. Tem medo de ser despedida e Aida diz-lhe que não, mas para se ir embora porque tem a cabeça a latejar.

Sãozinha faz questão de lhe mostrar a lingerie que Moisés ofereceu. Aida ainda fica mais irritada, mas agradece a sinceridade de Sãozinha. Moisés garante que não teve nada com Sãozinha, Aida acredita, ela procurou-a e também jurou. Mostra-lhe a lingerie que ela trouxe e que ele ofereceu a Sãozinha. Decidida, Aida mete-o fora de casa. Aida informa os filhos que o pai não dorme em casa e não sabe se vai voltar.

Gustavo acha que ela devia despedir as funcionárias envolvidas. Tomás diz que elas foram vítimas tal como a mãe. Tomás diz que vai fazer o jantar. Gustavo não janta.

Sãozinha está muito deprimida e chorosa por Moisés ter andado a gozar com ela. Tozé tem vontade de parti-lo em dois. Jacinta vem preocupada com ela e Sãozinha acaba por abraçá-la e chora mais.

Elvira conta aos filhos que se envolveu com Moisés, ele iludiu-a e disse que largava a mulher, agora fez o mesmo com Sãozinha. Sente-se envergonhada.

Gustavo e Lucinda beijam-se quando Guida aparece aos gritos a pedir ajuda. Diz que Nicolau viu a Noviça e foi atrás dela, está com medo que ela lhe faça mal. Lucinda fica curiosa. Nicolau aparece aflito e finge-se sem fôlego, mostra um batom preto, o véu, o hábito e um pau que desconfia que ela usa para bater nas pessoas e que encontrou junto a uma fraga. Lucinda fotografa e pede-lhe que explique o que aconteceu.

Paula pergunta se agora estão quites. Guida diz que sim, elogia a forma como Nicolau falou com Lucinda. Nicolau descai-se e conta que Sãozinha anda com Moisés, Paula fica estupefacta.

Fátima vem procurar Carlota, diz que veio ajustar contas com ela porque lhe roubou as ovelhas. Mariana goza com ela e provoca-a de maneira que Lena não oiça, espera bem que tenha sido a mãe, diz que Fátima merece tudo de mal que lhe acontece. Fátima não percebe a atitude de ataque de Mariana e atira-lhe com um balde de estrume.

Tomás lamenta o que aconteceu entre Fátima e Mariana, presumindo que Fátima devia estar nervosa com o facto de o pai ter ficado sem ovelhas. Mariana acredita, mas diz que não tem culpa. Ele agradece ter ficado com Leonor, diz que Leonor adorou.

Silvério ri-se com o que Fátima fez a Mariana, devia era ter deitado e estrume em cima de Carlota. Anabela pergunta pelas ovelhas, Fátima diz que vão encontrá-las. Silvério acha melhor fazer queixa do roubo.

Ivone entra com Vasco que está cansado, Guilherme ajuda-a a sentá-lo. Ivone traz-lhe sumo e pede a Guilherme que olhe por ele porque tem consultas.

Fátima embala queijos enquanto lamenta terem perdido as ovelhas. Guilherme diz com leveza que compram outras, ela diz que não é fácil e as ovelhas que tinham rondam os 10 mil euros.

Jacinta entra apressada, acha que fez as pazes com a mãe, ela teve um desgosto de amor e precisa dela, vai lá dormir. Carminho diz ao filho que pode ficar no hotel, confessa que vê a casa como um atelier.

Nicolau desabafa com Guida, não sabe o que pensar sobre a mãe e que Moisés deu a volta à mãe dele e à dela. Guida desvaloriza e diz para ele não dizer disparates. Lucinda já escreveu o artigo sobre a Noviça, sai amanhã. Guida e Nicolau mostram-se entusiasmados e confiantes do seu plano.

Carlota veio certificar-se que o marido não estava. Vitória atira-lhe à cara que é preciso não ter autoestima nenhuma para prender um marido à força. Carlota ameaça-a, manda-a manter-se longe ou a próxima visita não será dela. Sebastião conta a Fernando o encontro que teve com Vitória. Ele conta-lhe sobre a chantagem de Carlota com as fotografias da morte de Álvaro.

Vasco ouve que o pai acusou o irmão de Lena para safar Fernando. Sebastião diz-lhe que tem de recuperar as fotos, pois podem ser presos, acha que ela as esconde num banco em Gouveia. Fernando tranquiliza Sebastião, que não existe nada que prove o envolvimento dele. Vasco está horrorizado com o que acaba de ouvir.

Lena acabou de contar o que Fátima fez a Mariana, Hortense diz que é triste, podiam dar-se tão bem. Lena convida-a para ir jantar lá a casa um dia destes, ela diz que leva o arroz.

Silvério limpa o ovil. Fátima diz-lhe que Guilherme sugeriu investirem em um rebanho novo, ele não quer que empatem mais dinheiro com ele, o seguro tem cobertura para pagar o prejuízo.

(conclusão)

Episódio 146 (18 a 22 de outubro)

Leonor está entusiasmada a falar de Mariana, gostava que ela se entendesse com Tomás. Domingos preocupado porque qualquer dia, Leonor não quer voltar para casa.

Anabela volta a falar sobre a ida para Braga. Silvério conversa com ela, diz que fica bem ali na terra. Ela acaba por decidir que vai com a tia.

Ivone e Vasco estão prontos para passearem de bicicleta. Ele pergunta se já pensou na inseminação, quer avançar. Ela brinca e pergunta se ele está cansado de tentar pela via natural. Os dois riem cúmplices.

Sebastião gostava de ver outro namorado para a filha. Tozé diz-lhe que a trata muito bem até porque não é peneirenta como ele.

(conclusão)

Episódio 145 (18 a 22 de outubro

Destaques

Tomás tenta ajudar Fátima a obter a confissão de Carlota sobre as imagens do vídeo, mas não consegue.

Mariana mais próxima de Tomás, aproxima-se também de Leonor.

 

Domingos tem de prestar declarações na Guarda, Rosalinda aconselha-o a ser sincero e mostrar boa-fé. Elvira pede desculpas pela atitude agressiva de Silvério, fala da vontade de levar o rancho ao casamento e de Guilherme dançar, mas este não quer dançar. Elvira diz que Guilherme não quer aprender a dançar, portanto o melhor é esquecerem a surpresa que pensaram para o casamento. Sãozinha diz que o convence, conta a Elvira que Moisés vai hoje falar com Aida e terminar o casamento.

Domingos vem da guarda e diz que tentou desculpar-se com os copos que tinha bebido a mais, mas Guilherme diz que ele pode apanhar uma multa e também ficar com cadastro.

Fernando pede à irmã que fale com Vitória, tem de convencer a irmã porque é a sua liberdade que está em jogo. Carminho censura-o, diz-lhe que não se faz o que ele fez a Vitória. Fernando pede a Vitória que pare de lhe ligar, pergunta se a irmã não falou com ela. Vitória diz que sim, mas não acredita em nada. Fernando sente-se desapontado por não a conseguir afastar. Vitória desabafa com Fausto que lhe diz para esquecer Fernando. Vitória recebe sms anónima a marcar um encontro.

Tomás grava a conversa com Carlota, começa por falar na sua parceria com o hotel para as atividades, mas direciona a conversa para o vídeo de forma que ela confesse que existia. Tomás consegue o que queria. Tomás certifica-se que tem a gravação. Carlota veio atrás porque fica desconfiada, tira-lhe o telemóvel e atira-o à água. Carlota diz que a sorte dele é a filha ser obcecada por ele. Tomás conta a Fátima que conseguiu gravar Carlota a confessar, mas ela apanhou-o e atirou o telemóvel para a água, agora tem medo de que ela faça alguma coisa contra ela. Fátima agradece, não lhe vai pedir mais nada. Ele pede-lhe que não se case e fique com ele. Entretanto, Carlota acabou de contar o que Tomás fez, acusa-o de estar combinado com Fátima e de fazer tudo por ela. Mas Mariana fica pouco convencida.

Fátima pede desculpas a Sebastião pelo que o pai fez. Ele diz que se tem receio que ele faça queixa, não vai fazer, não para o poupar, mas pelo trabalho que dá. Diz a Fátima para acabar o noivado, que os desculpa.

Paula mostra os itens com que incorpora a Noviça. Guida diz que têm de arranjar uma arma que meta respeito para que a sua ideia resulte. Paula desconfiada com a ideia deles, pergunta se garantem que não a denunciam. Eles garantem. Guida fala com Lucinda sobre a Noviça, que diz para a procurarem quando tiver dados concretos.

Salvador quer saber como a mãe faz parte da administração. Fernando diz-lhe que foi na altura das partilhas que não foi justo e decidiu corrigir o erro. Manuel já tratou do seguro do carro, pergunta a Carminho onde deixou o carro porque não está onde o estacionou. Ela diz que não mexeu no carro. Nicolau verifica que o roubaram. Salvador fica com pena do pai. Manuel está desanimado com o roubo do carro e ainda diz que a seguradora o acusou de má-fé. Manuel vai ter com Valter para falar do roubo, mas ele manda-o passar amanhã no posto que hoje não está a trabalhar.

Domingos fica descontente ao saber que Leonor foi para o hotel, acha que ela vai ficar deslumbrada. Entusiasmada, Leonor experimenta um equipamento de escalada, um dia quer ir experimentar a atividade. Mariana oferece-lhe um telemóvel, tendo em conta que sabe o que a mãe fez. Mariana leva Leonor para o seu quarto, penteia e maquilha-a e Leonor fica encantada. Fala de Zezito e Mariana percebe que ele é especial, conta-lhe sobre o primeiro menino que ela gostou.

Guilherme comenta que Domingos vai ter de responder pelo que fez. Fátima conta-lhe sobre a tentativa de Tomás para a ajudar. Ele quer que esqueça isso e entreguem os convites de casamento.

(conclusão)

Episódio 144 (18 a 22 de outubro)

Destaques

Paula confessa a que é a noviça.

Moisés promete a Sãozinha que vai falar com Aida.

 

Nicolau viu as imagens de vigilância e no dia que Moisés foi atacado, Paula chegou tarde ao hotel e meteu umas roupas num saco, tem cada vez mais a certeza que é ela. Guida e Nicolau confrontam Paula, já sabem que ela é a Noviça. Ela tenta negar, eles dizem que têm imagens dela a chegar ao hotel a esconder o hábito. Paula confessa a verdade e pede que não digam contem a ninguém.

Carminho vê que Manuel não consegue falar com o filho e diz-lhe que como sabe o pai atropelou Paula, só que ela quer mil euros e o pai não fez seguro, pergunta se pode emprestar. Salvador diz-lhes que resolvam eles o problema. Carminho diz a Paula que não têm a liquidez necessária para lhe pagar os mil euros, mas oferecem uma semana no hotel com todas despesas pagas. Paula aceita a proposta, mas quer mais três idas ao spa. Carminho aceita e quando Paula vai para falar, Carminho avisa para não pedir mais nada ou voltam atrás.

Ivone termina o curativo, fala com Leonor e pergunta como é que ela não viu a mota. Ela diz que fugiu do pai porque ele não a deixava entregar a camisola a Tomás. Domingos repreende-a enervado, ela fica intimidada enquanto Rosalinda tenta sanar a questão. Tomás preocupado porque Rosalinda não liga a dar notícias de Leonor. Aida diz-lhe para ele ligar a Ivone, mas ele não tem o contacto, ela diz-lhe que ligue a Fátima, mas ele não quer e conta à mãe que ela vai mesmo para Braga.

Mariana conta à mãe que Guilherme disse-lhe que Fátima aceitou ir para Braga, não precisa de prejudicá-la mais. Carlota não aprova a aproximação dela e Tomás, Mariana atira-lhe à cara que esteve com ele e não foi preciso a chantagem dela.

Fernando olha para o telemóvel a tocar com o nome Vitória, a sua vontade é atender e contar tudo, mas ele rejeita a chamada. Fausto percebe que ela não está bem, pergunta se tem a ver com Fernando. Ela desabafa que só regressou porque ele disse que ia pedir o divórcio e agora voltou com a palavra atrás.

Vasco conta ao irmão que não vai poder ser pai de forma natural, mas antes dos tratamentos congelou espermatozoides. Fátima pede desculpas pelo atraso, conta sobre o atropelamento de Leonor. Vasco está feliz com o convite de casamento do irmão.

Leonor ajuda a mãe. Tomás veio saber de Leonor e Domingos mostra-se desagradado. Leonor entrega-lhe a camisola, ele diz que pode ficar com ela, mas ela diz logo que não. Tomás repara que Leonor perde o sorriso mal olha para Domingos.

Sãozinha ganha coragem e abre a caixa do presente de Moisés, está deslumbrada com o corpete. Mostra a Hortense que foi Moisés que lhe deu, ela diz-lhe para ter cuidado com as esperanças para não se magoar. Sãozinha pede uma luz, sabe que merece viver este amor, mas falta a coragem. Jacinta que ouvia dizer para seguir o coração, faz como ela fez. Sãozinha não quer que a compare com ela. Guida quer saber porque a mãe ligou-lhe a saber se tinha falado com ela. Jacinta diz que a encontrou a rezar. Guida acha que a mãe quer um sinal para seguir a vida e especula quem será. Jacinta não a denuncia. Sãozinha agradece o presente, adorou, vai guardar para a primeira noite. Diz-lhe que tem de falar com Aida, Moisés diz que fala hoje, de hoje não passa. Ela fica contente e Moisés fica nervoso.

Guida diz que Paula tem de pagar, podiam fazê-la de criada ou pedir dinheiro pelo silêncio. Nicolau tem pena dela. Guida ao ver o jornal tem uma ideia, serem famosos por causa da Noviça.

Marta olha para o Tozé, o pai pergunta se ele é o rapaz com quem ela tem saído. Silvério altera-se e agarra Sebastião, Tozé separa-os. Fátima chama o pai à razão por ter agredido Sebastião. Guilherme descansa-o, o pai não vai fazer queixa, mas têm de aprender a conviver que o casamento está à porta. Silvério desculpa-se. Sebastião mostra-se indignado com Silvério, Lena diz que foi o desgosto, para lhe dar um desconto. Sebastião também não aprova a relação de Marta porque Tozé serve às mesas, Lena chama-o de preconceituoso. Sebastião diz que queria ter Vasco em casa.

Gustavo viu as fotos, diz que falta uma para o puzzle ficar completo.

(conclusão)

Episódio 143 (18 a 22 de outubro)

Destaques

Paula pede indemnização a Manuel.

Fernando volta atrás com o divórcio.

Fátima a Nicolau descobrem que faltam imagens no vídeo da festa de apresentação do livro de Augusto, na noite da morte de Artur.

Leonor sofre um acidente.

 

Paula mente ao dizer que já falou com o advogado. Carminho fica desconfiada. Ela quer uma indemnização e diz que vai apresentar uma proposta. Manuel diz que estão tramados sem seguro, têm de tratar disto rápido antes que Salvador descubra. Manuel fala com Nicolau sobre Paula, Carminho achou-a exagerada. Ele diz que ela vive sempre às custas de alguém, e além disso desconfiam que ela é a Noviça. Paula pele três mil euros de indemnização, Manuel fica chocado, ela com medo de que ele não aceite diz que quer só mil euros. Manuel acerta-lhe com uma cadeira para ver a sua reação, Paula grita de dor.

Elvira fala com Hortense sobre o racho atuar no casamento de Fátima, ela acha bem e até acha que deviam ensinar Guilherme. Sãozinha diz que não quer Jacinta lá. Mostra as fotografias que Marta lhe tirou no burel e lhe deu. Elvira avisa-a para não se iludir com Moisés.

Carlota avisa Fernando que ou vai rapidamente avisar Vitória que já não há divórcio ou as fotos vão parar à polícia. Fernando diz que nunca vai perdoá-la. Carlota diz que não precisa perdoar nem a amar, ela ama pelos dois. Mariana fica a saber que os pais não vão separar-se. Fernando confirma. Vitória tem esperança que é desta que Fernando se divorcia. Carminho pergunta se tem a certeza que é isso que ela quer. Vitória diz que nunca esteve tão certa. Jacinta contém os nervos, diz para ficar à vontade.

Aida pede um comprimido e Sãozinha acreditando que Moisés disse a verdade sobre Aida estar doente, diz-lhe que tem rezado por ela. Aida fica sem perceber nada. Aida manda Paula para casa descansar o que deixa Sãozinha desconfiada. Sãozinha pergunta pelos exames de Aida, ele diz que não sabe de nada, já arrependido de ter inventado essa desculpa. Dá-lhe um presente, Sãozinha quer lhe dar uma foto dela, mas ele diz que é arriscado.

Salvador comenta o artigo que saiu sobre Gustavo. Tomás acha que a jornalista tem um fraquinho pelo irmão. Domingos pede desculpas a Tomás, que diz que fez queixa. Domingos contém a raiva. Tomás fala com Fátima sobre o interesse dos turistas em visitarem o moinho, podia ser uma forma de o rentabilizar. Fátima diz que talvez um dia, mas agora tem de tratar de tudo para ir para Braga. Tomás conta que fez queixa de Domingos só por precaução.

Nicolau e Fátima veem as imagens da festa de apresentação do livro de Augusto, mas há um corte nas imagens que passam para a manhã seguinte. Fátima desconfia que foi Carlota que desapareceu com as imagens. Fátima conta a Guilherme que as imagens que coincidem com a morte do irmão desapareceram, não pode haver uma coincidência tão grande. Ele diz-lhe que arranjou emprego em Braga, e mostra as propostas de convite casamento que Marta fez.

Leonor vê Tomás, quer dar-lhe a camisola e quando vai buscá-la, Domingos diz que não vai, pois não a quer perto dele. Leonor decide desatar a correr, grita ao pai que a entrega é rápida e vemos Simão que conduz, a travar repentinamente e Domingos e Tomás com expressão de terror. Rosalinda ouve Domingos a gritar pela filha, tem um mau pressentimento e sai a correr.

Silvério revoltado com o artigo que Lucinda escreveu sobre Gustavo. Fátima conta-lhe que pediu a Tomás para gravar Carlota a admitir que ajudou Gustavo. Ele fica interessado.

(conclusão)

Resumo de 11 a 15 de outubro

Episódio 142 (11 a 15 de outubro)

Destaques

Fátima não vai para Braga sem Anabela.

Carlota faz chantagem com Fernando para não dar o divórcio, diz que conta a todos que ele matou o irmão Álvaro.

 

Domingos mostra-se terno com Leonor, diz-lhe que podem tentar comprar uma camisola parecida para devolver a que pertence a Tomás. Pede desculpas pelo que se passou, Leonor q desculpa-o, mas frisa que não quer que volte a acontecer nada parecido com o que se passou. Tomás já apresentou queixa contra Domingos como Sebastião recomendou. Aida acha que ele fez bem, mas Tomás não tem tantas certezas disso. Rosalinda acha que Domingos devia pedir desculpas aos Folgado, mas ele diz que já chega a figura que fez. Leonor pede ajuda à mãe para lavar a camisola de Tomás. Domingos fica pensativo quanto ao que Rosalinda disse.

Mariana lamenta-se pela separação dos pais. Tomás diz que se não estão felizes é melhor assim. Ele diz que queria falar com Carlota, mas é melhor deixar para outra altura. Fala da vontade de continuar com a parceria das atividades depois do irmão voltar.

Manuel está aflito, diz a Carminho que atropelou Paula. Carminho diz que não será ser nada de grave e o seguro paga. Manuel diz que o problema é esse, ainda não fez seguro. Paula sentada à espera de ser atendida. Olímpia entrega-lhe uma receita e diz que pode ir, o rx não acusou nada. Paula não contente, rouba as canadianas e o rx do doente que tem o pé partido e sai. Finge-se muito mal e diz a Salvador que foi o pai dele que a atropelou, agora vai ter de pagar porque ela não consegue trabalhar. Fausto fica desconfiado daquilo tudo. Guida e Nicolau juntam-se a Paula e falam da Noviça. Guida não aguenta e diz que encontrou o hábito no seu quarto, é ela a noviça. Paula nega, inventa desculpa e diz que vai fazer queixa deles.

Ivone vê o resultado negativo do teste de gravidez e diz que vai marcar exames para ver como estão os seus óvulos e os espermatozoides dele. Vasco diz que congelou espermatozoides na primeira vez que esteve doente, caso por via natural não consigam.

Fátima já contou ao pai sobre a vontade de Anabela ficar e sugere que ele vá com ela para Braga, mas Silvério não quer ir. Guilherme sugere passarem a tutela para Silvério, mas Fátima não aceita, diz que Anabela vai onde ela for. Fátima conta a Guida que Anabela não quer ir para Braga. Guida diz-lhe que a leve à força. Fátima não quer fazer isso, mas gostava muito de agarrar esta oportunidade, também para ficar longe de Tomás e ser feliz com Guilherme. Fátima e Silvério falam com Anabela sobre a ida para Braga, ele diz que fica bem sozinho, ainda é jovem. Anabela não o quer deixar a ele nem aos amigos. Fátima diz-lhe que sem ela não pode ir.

Sãozinha trouxe pão como desculpa para ver Moisés, que atrapalhado, diz que Aida está em casa, mente ao dizer que Aida está doente por isso não pode acabar o casamento. Sãozinha reza por causa de Moisés, Tozé ouve-a e pergunta sobre que homem ela fala. Ela fica muito nervosa. Tozé diz que acha bem que ela arranje alguém.

Carminho quer falar das funções que pode desempenhar. Fernando sem paciência manda-a ler o relatório de contas e todos os outros anteriores. Carlota diz a Fernando que se ele insistir no divórcio conta a todos que ele matou o irmão. Fernando recorda quando Álvaro descobriu o desfalque dele e discutem. Fernando diz que não está para aturá-lo. Álvaro insiste e diz que ele e Carlota vão ficar sem nada. Fernando empurra-o e Álvaro cai da varanda. Fernando fica bastante transtornado ao lembrar a morte do irmão, diz que vai ser a palavra dela contra a dele. Carlota mostra-lhe as imagens que tem desse dia, deixando Fernando encurralado.

Mariana visita Aida, entrega-lhe as cores que escolheu para a decoração da sala. Tomás chega, Aida convida-a para jantar, ela olha para Tomás para avaliar se ele cede, ele diz que fique porque também precisa de desanuviar.

(conclusão)

Episódio 141 (11 a 15 de outubro)

Destaques

Guida mostra a Nicolau o hábito de freira que encontrou no quarto de Paula.

Fátima conta sobre a conversa que teve com Nicolau, ele falou-lhe de uma surpresa para o casamento, mas a tia não estava na reunião, quem estava era Carlota. Silvério também acha estranho, gostava era de apanhar o vídeo que ela fez de Gustavo. Nicolau está aflito, diz à mãe que precisa da sua ajuda para preparar uma surpresa a Fátima e o rancho atuar no casamento dela. Sãozinha diz que pode contar com ela.

Moisés assusta-se com Sãozinha que aparece de surpresa. Ela tem vontade de o beijar, mas controla-se. Fica muito aflita e conta o que aconteceu a Hortense que fica a pensar que ela foi para a cama com Moisés. Sãozinha diz que foi um beijo e na cara, mas teve de fugir porque sentiu desejo por Moisés. Hortense aconselha-a a esperar que ele resolva a vida dele com Aida.

Um hóspede pede a Guida que lave o seu jipe, pois gostou muito do seu trabalho no outro carro. Nicolau diz que ela não pode fazer esses serviços e Guida acha graça os ciúmes dele, leva-o ao quarto de Paula para lhe mostrar o hábito de freira que encontrou, não querem acreditar que seja Paula e nunca tinham percebido que fosse ela. Guida diz que se é ela e está a meter as culpas na mãe, então vai ter de ajustar contas com ela.

Rosalinda manda Leonor tirar a camisola de Tomás, ela não quer e sai para o quarto. Fátima pede a Tomás para apanhar Carlota a confessar que fez esse vídeo.

Paula pede perdão ao irmão e tenta que ele a deixe voltar. Anabela que chega fica a ouvir a conversa e fica perturbada quando o avô diz que prefere ficar sozinho a viver com ela. Fátima conta que falou com Tomás para tentar conseguir uma gravação de Carlota a falar do vídeo. Guilherme diz que é uma perda de tempo, devia deixar isso para a polícia.

(conclusão)

Episódio 140 (11 a 15 de outubro)

Tomás feliz ao perceber que Leonor dorme lá em casa, não sabe como conseguiram convencer Domingos.

Anabela está muito entusiasmada com a possibilidade de ir viver para a cidade. Fátima diz que vêm todos os fins de semana visitar o avô. Elvira feliz por estar a seguir a sua vida e esquecer o que se passou com Artur. Mas Fátima diz que não vai desistir de fazer justiça.

Fernando tenta explicar à filha que o que sente por Vitória é verdadeiro, tentaram manter-se longe, mas não conseguiram. Mariana não o quer ouvir.

Jacinta explica as entradas que fez, passa-se quando começam a gozar por serem coisas finas. Tozé não quer que Marta beba. Sãozinha telefona e fica furiosa quando percebe que estão todos juntos. Guida e Tozé tentam consolar a mãe. Ela lamenta-se que agora é que Jacinta nunca mais volta tendo a casa só para eles. Faz chantagem para Guida ir com ela fazer pão. Tozé diz que tem de sair. Guida deixou queimar o pão todo. Sãozinha acusa-a de ter feito de propósito para pensar que ela não tem jeito.

Gustavo e Lucinda jantam juntos e ele brinda à ajuda dela no processo dele. Gustavo fala em namorar com Lucinda. Fausto junta-se a Gustavo e Lucinda. Salvador e Nicolau também se juntam. Nicolau vai buscar imperiais para festejarem a liberdade dele. Paula censura-os e dá a entender que Gustavo é culpado.

Carminho manda Manuel trabalhar, não quer que pensem mal dele só porque é casado com a administradora. Salvador procura Fernando, ainda não acredita como a mãe está na administração.

Fátima pressiona Nicolau para saber o que falavam com Carlota, diz que se não contar não o vai largar. Nicolau inventa, diz que estavam a planear dançar no casamento dela. Fátima não fica convencida.

(conclusão)

Episódio 139 (11 a 15 de outubro)

Destaques

Manuel fica desolado quando sabe o terreno que vendeu vale agora milhões.

Leonor dorme em casa de Tomás.

 

Carlota quer arranjar maneira de Carminho não ir para a administração do hotel. Sebastião aconselha-a a manter Carminho satisfeita para que ela não fale com quem não deve.

Sãozinha espera Moisés, mas finge que está de saída quando entra. Moisés faz-se sedutor e Sãozinha diz que é uma mulher de respeito, não se envolve com ele enquanto não se separar. Sãozinha pede ajuda à Santa para resistir a Moisés. Hortense fica chocada quando ela lhe conta que anda a ser cortejada por Moisés, manda-a metê-lo na ordem, mas ela diz que também tem sentimentos e desejo por ele.

Nicolau vê uma notícia sobre o grande empreendimento que está a ser feito no terreno que pertenceu a Manuel e acha que ele está cheio de sorte. Ele não está a perceber e quando diz que o vendeu, Nicolau fica atrapalhado e disfarça, diz que sonhou que fizeram um empreendimento no terreno. Manuel acaba por ver a notícia da valorização com a alteração do PDM e fica com falta de ar.

Silvério está abatido. Elvira pede que não se zangue, mas coloca a hipótese de Artur ter mesmo acabado com a vida. Silvério não acredita, o filho não faria isso. Ela acha que era melhor para todos se aceitassem o que aconteceu.

Domingos arrependido de ter deixado Tomás ir buscar Leonor à escola, está com ciúmes porque Leonor fica feliz quando vai estar com ele. Rosalinda fá-lo ver que é a eles que ela chama de pais e com quem passa mais tempo. Leonor está triste porque vai passar menos tempo com Tomás, diz que podia jantar e dormir em casa dele. Aida acha ótimo, diz que pedem a Domingos e no máximo levam um não. Leonor fica feliz. Leonor chama pela mãe que não responde.

Vê um pijama e mais roupas suas e agarra numa muda e mete na mochila decidida. Aida diz a Leonor que Tomás atrasou-se, foi fazer um trilho com clientes do hotel. Espera que não se incomode que tenha sido ela a ir buscá-la. Diz que tem muito gosto que Leonor durma em sua casa. Domingos deixa perante o entusiamo da filha, mas não fica totalmente seguro com a sua decisão. Rosalinda repreende Domingos por estar a beber sem jantar. Ele diz que não devia ter deixado Leonor ir. Rosalinda diz que ela está bem e amanhã já está de volta. Domingos diz que estão a perdê-la.

Jacinta não sabe bem o que aconteceu com Carminho para sair de casa, mas está feliz por ela, sabe que nunca gostou de morar ali. Carminho diz que no fundo até gostou. Manuel está arrasado porque o terreno que vendeu vale agora milhões de euros.

Fernando entra a medo a achar que Mariana já contou à mãe que o viu aos beijos a Vitória. Nicolau diz que Carlota não parou de ter reuniões e não viu Mariana.

Fátima estranha a hesitação, ele não consegue disfarçar o desconforto porque sabe que a proposta tem o dedo de Carlota. Ele acaba por aceitar, mas depois do casamento.

Carminho e Manuel instalam-se, ele continua desanimado pela venda do terreno. Carminho diz a Manuel que provocou Carlota devido ao seu novo posto. Manuel diz que não devia provocá-la assim.

(conclusão)

Episódio 138 (11 a 15 de outubro) 

Destaques

Gustavo é absolvido.

Carminho assume a administração do hotel.

 

Fátima conta ao pai sobre a proposta de trabalho que lhe estão a fazer, mas tinha de se mudar para Braga. Silvério acha que não a deve desperdiçar, ele mantém o moinho a funcionar. Falam sobre o julgamento.

Sãozinha está interessada em saber se Moisés testou a sua virilidade, ele diz que não tem essas intimidades com Aida. Moisés consegue que ela acredite em como ele não teve nada com Elvira.

Nicolau não quer servir champanhe a Carminho, diz que não pode. Carminho aproveita para dizer que agora também manda ali no hotel, mas Guida e Nicolau não acreditam.

Fernando dormiu no sofá, Carlota acha que foi por ter dito que tinha um amante e diz-lhe que é passado e que o ama. Fernando diz-lhe que têm um problema maior em mãos, a irmã descobriu sobre o desfalque e quer fazer parte da administração do grupo Pereira Espinho. Carlota fica desorientada quando ele diz que tem essa divida para com Carminho.

O juiz resume a sentença e acaba por absolver Gustavo por falta de provas. Gustavo fica aliviado. Aida não contém as lágrimas de felicidade. Silvério e Fátima sentem-se injustiçados. Fátima muito enervada. Silvério irritado porque a justiça não funciona, a vontade que tem é de partir tudo. Fátima diz que ainda vão conseguir justiça.

Gustavo nem quer acreditar que está livre quando vê o guarda Valter tirar-lhe a pulseira. Aida tinha a certeza de que o filho não ia ser condenado. Sebastião diz ao filho que deu luta, com o tempo vai ser ainda melhor advogado. Gustavo emocionado diz que não matou Artur, Aida e Moisés acreditam nele. Gustavo quer ir apanhar ar, mas quer ir sozinho.

Leonor pronta para ir para a escola, diz à mãe que já combinou e Tomás vai buscá-la. Rosalinda diz que é o julgamento do irmão e ele pode não poder buscá-la, ela diz que ele disse que ia é porque vai cumprir.

Fernando diz à irmã que aceitam o pedido dela. Carlota diz que só aceita porque não tem alternativa, mas acredita que só vem atrapalhar. Fernando diz a Carminho que mentiu a Carlota, porque ela era bem capaz de ir atrás de Vitória se soubesse que tinha sido através dela que Carminho soube do desfalque.

Guida acusa Mariana de ter pedido para ir levar as toalhas só para ela ver Tomás e contar a Fátima. Mariana humilhada por Guida gozar com a sua cicatriz, volta a colocar um penso adesivo a tapar a cicatriz. Fernando entra com Carminho e dizem que não devia ter vergonha da cicatriz. Carminho mente e diz que não sabia que Vitória tinha voltado.

Manuel diz que vai ter um lugar na administração. Guida sabe que Carminho é que passou a ter um lugar. Manuel diz que é igual estar ela ou estar ele e Guida gosta dessa atitude.

Sãozinha chama Elvira de mentirosa e invejosa, falou com Moisés e ele contou-lhe a verdade. Elvira diz que estava a ser amiga dela, mas faça o que entender. Paula lê que Gustavo foi solto por falta de provas.

Silvério está revoltado com a decisão do juiz. Guilherme diz que não vão desistir. Falam do facto de ser estranho Gustavo ter ligado a Carlota nessa noite e não ao irmão ou alguém próximo.

Guida reclama de estar a fazer massa para o pão. Nicolau chega e ela pede-lhe para ele amassar. Querem a ajuda de Tozé para apanhar a Noviça, mas ele diz para não contarem com ele. Guida leva Nicolau para o quarto.

Salvador sente dificuldades em acreditar na mãe. Ela mente sobre o motivo que a leva a ter um lugar na administração do hotel. Diz a Jacinta que pode ficar a viver na casa com Salvador, ela e Manuel vão viver para o hotel. Vitória pede desculpas a Fernando por ter contado a Carminho sobre o desfalque, ele descansa-a e diz que está tudo bem, foi a melhor maneira de reparar o seu erro.

Mariana fica horrorizada ao vê-los aos beijos. Vitória lamenta que tenha assistido ao beijo, mas não vai mais pedir desculpa por se ter apaixonado. Fernando defende-a, gostava que Mariana entendesse que gosta verdadeiramente de Vitória.

Fátima deixa uma flor na sepultura do irmão e promete fazer justiça. Gustavo aparece e diz que veio pedir desculpas por não ter conseguido evitar que ele morresse. Fátima acusa-o de estar a encobrir Carlota.

(conclusão)

Resumo de 4 a 8 de outubro

Episódio 137 (4 a 8 de outubro)

Destaques

Carminho confronta o irmão sobre o desfalque que ele fez à família e fica a fazer parte da administração do hotel.

 

Manuel pede a Guida para lavar o seu carro. À porta do hotel, Guida começa a lavar o carro, dançando de forma sensual, embrenhada na música que ouve nos fones. A roupa que veste molha-se e fica colada ao corpo. Dois hóspedes vêm para entrar no hotel, mas ficam a vê-la. Nicolau vai alertá-la, mas ela não quer saber e dança agora para ele. Lena vem parar o espetáculo, pois Carlota assistiu à janela. Manuel fica todo encharcado porque a mangueira sozinha serpenteia água. Lena diz que Carlota quer que Manuel leve o carro dali.

Guida conta a molha que Manuel levou. Jacinta tem saudades de estar lá em casa com eles. Sãozinha diz a Guida que vai ajudá-la com o pão se quer namorar em paz e avisa Tozé para não engravidar Marta. Jacinta sai magoada com a diferenciação que a mãe faz. Guida quer jantar bem, percebe que o dinheiro que tem não dá para nada. Paula tenta saber se já sabem mais alguma coisa da Noviça com a intenção de continuar a culpar Sãozinha.

Nos corredores do tribunal, Gustavo mostra estar nervoso, Sebastião está confiante e tenta destabilizar Guilherme. Guilherme lê a sua alegação final, ganha confiança ao perceber que Gustavo está cada vez mais nervoso. Gustavo grita desesperado que não matou Artur. Juiz manda o guarda levar Gustavo porque está a perturbar a audiência.

No corredor, Fátima fala com mais um cliente que já não quer a sua farinha. Gustavo está a ser encaminhado para uma sala e Tomás conta-lhe que o irmão se exaltou, reforça que ele não matou Artur, mas Fátima não consegue acreditar. Na sala de audiências, é agora Sebastião que faz as alegações finais na defesa de Gustavo. Guilherme está inseguro. O juiz encerra a sessão, diz que a leitura da sentença será no dia seguinte.

Fátima diz que o depoimento de Josefina foi importante para provar que Gustavo mentiu. Ivone não quer voltar para casa, vai acabar por perdoar o irmão, mas não agora. Diz que vai tentar ter um bebé com Vasco.

Sebastião repara que Lena não está bem. Ela mente, diz que teve um dia difícil e desvia o assunto. Carlota liga e quer saber como correu o julgamento, ele diz que o juiz não quis ouvir Tomás, mas ouviu uma mulher que meteu a versão de Gustavo em causa.

Carminho confronta Fernando sobre o desfalque que ele fez ao pai. Diz que foi Vitória que lhe contou e está muito desiludida com o irmão. Ele está arrependido e pede desculpas por a ter prejudicado. Desabafa que o pai só confiava no irmão Álvaro e que o achava a ele o incapaz. Carminho diz que pelos vistos, o pai tinha razão. Mariana interrompe e Carminho acaba por sair.

Fernando lembra-se de Augusto dar uma entrevista em que elogia Álvaro como sendo o filho que escolhe para sucessor dos negócios, o único capaz. Fernando sente-se magoado e como Carlota dizia que ele não devia permitir que o pai o humilhasse assim. Álvaro provoca o irmão, dizendo que o pai tem razão, ele não tem perfil, mas para ficar descansado que lhe arranja uma posição nas empresas.

Carminho acabou de contar a Manuel, a conversa que teve com Fernando, está muito desiludida. Fernando chega para falar com ela, diz que o valor do desfalque foi de dois milhões e que foi muito influenciado por Carlota. Quer dar-lhe metade do dinheiro, mas ela não quer. Diz que quer fazer parte do hotel e da administração. Carminho e Manuel brindam, ele está muito orgulhoso dela. Salvador e Jacinta entram e reparam na felicidade de ambos. Manuel diz que estão assim porque têm-se um ao outro.

Elvira censura Paula por andar a dormir no hotel. Ela diz que foi Moisés que lhe deu o dinheiro. Elvira diz a Aida que o marido voltou a dar dinheiro a Paula e que ela assim nunca vai aprender. Aida confronta Moisés sobre o dinheiro que deu a Paula, ele diz que teve pena dela e Aida acredita. Gustavo tem medo da sentença que vai ser lida. Aida e Moisés dão-lhe esperanças

(conclusão)

Episódio 136 (4 a 8 de outubro) 

Destaques

Julgamento decorre a favor de Fátima.

Carlota inventa que teve um amante para justificar a chantagem de que é vítima sobre a morte de Augusto. Fernando reforça a separação.

 

Carlota diz a Fernando que viu Vitória, ele mente, diz que não sabia que ela estava de volta. Carlota ameaça dar cabo dos dois se ele voltar a andar metido com ela. Fernando diz-lhe que se assim for terá de ajustar contas com a justiça e que isso ela não quer. Carlota continua com as agressões verbais e Fernando farta-se e sai.

Guilherme confessa ao irmão que está preocupado porque vai ter Tomás a testemunhar e mais uma vez vai marcar pontos com Fátima e ser o herói do dia. Lena diz a Vasco que já sabe sobre a doença dele e diz-lhe que ele tem de contar ao pai e aos irmãos. Ele pede que respeite a sua decisão e não diga nada a ninguém, quer viver o resto dos dias como uma pessoa normal.

Moisés entra em casa agarrado à cabeça e diz que foi atacado pela Noviça. Aida diz que dizem que é Sãozinha, mas ele não acredita. Moisés brinca com Aida, diz que deviam ver se a maldição não o afetou. Ela está é preocupada com quem lhe fez aquilo. No hotel, Nicolau diz que encontraram o véu da Noviça na casa de Sãozinha, Guida acha que querem tramar a mãe.

Paula tenta culpar Sãozinha, Nicolau apercebe-se e diz que pode ser ela, pede para ver o telemóvel, mas ela diz que não tem bateria. Falam do ataque a Moisés, Paula diz que é preciso ter cuidado com as pancadas na cabeça, Aida estranha como ela sabe que houve uma pancada na cabeça, mas Paula dá a volta. Sãozinha interessada em saber se testaram se ele “funcionava”. Nicolau continua a dizer que Sãozinha é a Noviça, Guida diz que a mãe estava em casa quando Moisés foi atacado, o véu encontrado foi propositado por alguém que a quer incriminar.

Carlota olha para os pedaços das fotos que Tozé lhe entregou tentando decifrar a parte que falta. Lena liga-lhe, ela sai e deixa um pedaço caído sem dar conta. Mariana apanha-o e vê o pedaço que tem a imagem de Hortense, no verso lê “sei o que fizeste” e fica intrigada. Mariana mostra ao pai o pedaço de fotografia que encontrou. Fernando diz que parece uma situação de chantagem. Mariana começa a achar que há mesmo alguma coisa estranha com a morte do avô. Fernando e Mariana confrontam Carlota com a fotografia que encontraram.

Ela finge não saber do que se trata. Mariana diz que então não tem problema mostrá-la a todos. Carlota arranca a foto, e diz que está a ser chantageada. Carlota inventa que teve um amante e é ele que está a chantageá-la. Mariana deixa-os sozinhos e Fernando diz-lhe que isto só significa que deviam estar separados há muito tempo. Carlota furiosa com o que teve de inventar.

Decorre o julgamento e Guilherme quer chamar Tomás a depor, Sebastião tenta dissuadir o Juiz, diz que ele é irmão do arguido e se tivesse que ser apresentado, já tinha sido. Guilherme explica que quer ver a questão do vídeo esclarecida, mas sendo uma prova que já não existe o juiz não o quer ouvir uma vez que não tem provas desse vídeo. Fátima desiludida.

Gustavo olha para Sebastião aliviado. Fátima agradece a Tomás por ter aceitado testemunhar, apesar de não ter resultado. Ele lembra-a que lhe disse que nunca mais ia mentir-lhe. Gustavo furioso, Sebastião diz-lhe que deixe o irmão sossegado, já fez estragos suficientes. Josefina é muito segura no seu depoimento e conta o que viu, Gustavo e Artur a discutir e que Artur entrou no carro dele e Gustavo entrou na sua carrinha. Diz não ter havido agressão física.

Sebastião tenta desacreditá-la, perguntando a marca dos carros e que roupas vestiam, mas não consegue. Juiz elogia-a e diz que as testemunhas deviam ser todas tão seguras dos seus depoimentos como ela. Sebastião fica frustrado. Fátima está confiante com o depoimento de Josefina. Guilherme diz que as provas ganharam mais força, mas têm de ter calma com as expectativas. Anabela quer saber se Gustavo foi condenado, Guilherme diz que o tribunal ainda vai decidir.

Gustavo nem quer olhar para o irmão. Tomás diz que foi Fátima e Guilherme que pediram e ele aceitou, mas se não tivesse aceitado ele podia dar o nome dele na mesma. Tomás acusa Sebastião de só querer proteger Carlota.

Fausto diz ao dealer que não conseguiu a receita e não vai conseguir mais nenhuma, teve sorte da irmã não fazer queixa dele. O dealer aponta-lhe uma faca e avisa-o que é bom que não tenha falado nele.

Marta diz que foi parva, devia ter aceitado o convite dele para passarem a noite juntos. Ele concorda e diz que tem a solução para ela não pensar tanto e começa a despi-la. Sãozinha apanha Tozé sem camisola, que fica muito atrapalhado. Sãozinha mostra-se muito simpática, diz que tem muito gosto no namoro deles e começa a fazer o almoço para todos.

Carminho feliz por ver Vitória. Falam de Fernando e Vitória diz que ele vai separar-se, conta-lhe da chantagem que Carlota lhe está a fazer por causa de um desfalque à empresa.

(conclusão)

Episódio 135 (4 a 8 de outubro) 

Destaques

Vitória regressa e ameaça Carlota.

 

Moisés insiste para Sãozinha lhe dar um beijo, ela diz que só o dá depois dele se separar. Elvira apanha Moisés atrás dela. Moisés tenta disfarçar e sai. Elvira fica com pena de Sãozinha, conta-lhe que ele fez o mesmo com ela, mas Sãozinha não acredita.

Fátima conta que perdeu mais um cliente, mas que a reunião correu bem. A diretora queria que fosse para Braga, mas não aceitou. Anabela está contente, graças às histórias que Tomás foi contar à escola. Leonor ficou entusiasmada com o que se passou na escola, Tomás foi o que falou mais. Tomás agradece a Domingos e Rosalinda emociona-se por o marido ter tido esta atitude.

Gustavo começa a hiperventilar, vai para fugir outra vez, mas encontra Lucinda do outro lado da porta. Lucinda consegue acalmá-lo e os dois acabam por beijar-se.

Tozé mostra o dinheiro a Marta, quer ficar com ela num hotel. Marta diz que saem daqui a uns dias. Nicolau traz véu da Noviça, Guida encontrou-o lá em casa, acha que é alguém a querer culpar Sãozinha. Hortense fica com ele.

Carminho vem com uma mala muito especial para lhe dar. Guida manda-a escondê-la de novo, não aceita, diz-lhe que depois faz uma das suas. Sãozinha entra irritada a disparatar.

Ivone não aguenta e conta a Lena que Vasco tem o cancro na cabeça. Pede-lhe que não diga nada, Vasco parou os tratamentos, mas não quer que ninguém saiba.

Fátima pergunta a Tomás, se Guilherme o chamasse para testemunhar se ele dizia a verdade sobre o vídeo. Tomás diz que pode meter o nome dele, ele diz a verdade.

Vitória chega e traz a mala de viagem. Carlota percebe que ela regressou e avança para ela. Vitória avisa-a que se lhe volta a tocar, as imagens do canil onde ela aparece vão parar à polícia. Carlota não acredita que Vitória tenha imagens dela. Vitória diz para testá-la para ver onde as imagens vão parar, à polícia e a todas as redações da imprensa a dizer que Carlota trancou a amante do marido que tem idade para ser sua filha. Fernando nunca achou que Vitória voltava, diz-lhe que está disposto a dar tudo a Carlota para ficarem juntos. Vitória veio porque acreditou, diz que já se cruzou com Carlota, mas meteu-a no lugar.

Mariana quer que o pai seja sincero se a cicatriz se nota. Ele diz que se nota um pouco mas está linda. Ela agradece-lhe por ter ligado a Tomás, fica sempre mais animada quando estão juntos.

Tozé conta que lhe devolveram o dinheiro. Carlota convencida que era mesmo Domingos. Tozé entrega-lhe as fotografias que todos receberam. Hortense tenta interceder por Fátima quanto à farinha, mas Carlota não quer saber. Guilherme esforça-se para não se mostrar incomodado, diz que vai pedir para que seja ouvido, pede que não diga ao irmão nem a Sebastião. Silvério diz que não quer Tomás lá em casa.

Sãozinha faz perguntas a Guida sobre quem é melhor, ela ou Elvira. Guida quer saber porque está tão insegura, mas ela disfarça. Sãozinha coloca as calças de Tozé para a massa do pão crescer, diz ser uma crença.

Manuel deixou o carro no hotel, fica mais descansado. Valter diz-lhes que o vereador foi apanhado, vão ter oportunidade de confrontá-lo. Manuel fica nervoso, Carminho intervém e diz que vão pensar.

Gustavo está feliz, Tomás não se lembra da última vez que o viu assim, fica atrapalhado quando o ele fala do julgamento. Mariana vem ver Gustavo, pede-lhe que não olhe para a cicatriz.

Fátima aperta com Nicolau para saber o que falavam na reunião com Carlota, ele está atrapalhado, diz que era sobre o rancho, aproveita para escapar quando a mãe entra. Elvira pede a Fátima que fale com Ivone para voltar para casa.

(conclusão)

Episódio 134 (4 a 8 de outubro) 

Destaques

Tomás e Mariana fazem amor.

 

Guilherme pergunta a Fátima se lhe custou estar com Tomás, ela não percebe a sua insegurança. Fátima gostava era que o chamasse para testemunhar. Sebastião acusa Fátima de andar com o filho para provocar Tomás.

Tomás está ligeiramente embriagado, diz-lhe que só veio porque o pai ligou-lhe a pedir. Mariana fica mais segura com as palavras de Tomás quanto à sua cicatriz e beija-o. Tomás afasta Mariana, mas ela insiste, continua a beijá-lo e a dizer que há muito tempo que não se sente desejada. Tomás deixa-se levar, vão fazer amor.

Fernando pede a ajuda de Sebastião para se separar, quer que faça a avaliação de tudo. Sebastião acha que Carlota não vai aceitar. Fernando conta a Vitória que Sebastião já esta a tratar do divórcio, se ela quiser pode confirmar com ele e com Carminho que sabem que ele foi ter com ela a França. Vitória diz-lhe que não pode dizer que está a tratar de tudo e ela vai a correr. Pergunta se não está a mentir. Fernando diz que não, promete divorciar-se, pede que volte para ele.

Moisés nem quis acreditar quando viu a mensagem dela, Sãozinha achava que ele estava chateado por causa de Gustavo. Ele tenta beijá-la, mas ela recua. Jacinta interrompe nesse momento.

Guida mostra o véu a Nicolau, ele não acredita que era mesmo Sãozinha. Ela diz que não é nada, foi alguém que quis culpar a mãe. Mariana liga para Guida levar toalhas ao seu quarto. Mariana faz de propósito para que Guida veja Tomás. Tomás acorda, está constrangido, diz que foi um erro. Mariana diz-lhe para descansar que não vai andar atrás dele. Guida conta a Nicolau que Mariana só quis que ela lá fosse levar toalhas para ver Tomás na cama dela e ir contar a Fátima, mas não vai contar. Nicolau está confuso, mas diz que também não conta nada.

Fátima procura por Tomás. Gustavo entra nesse momento e pergunta se veio insultá-lo. Aida manda-o para dentro, percebe-a. Diz-lhe que Tomás não dormiu em casa.

Leonor tenta disfarçar o que leu. Rosalinda preocupada com o que foi. Ela diz que são os amigos que estão a falar das profissões dos pais. Rosalinda percebe que ela gostava de levar Tomás.

Sãozinha está a contar a sua intervenção em tribunal, é graças a ela que Gustavo não está já cá fora. Paula tenta saber se encontrou véu.

Diana convida Fátima para ir trabalhar com eles, ela diz que a vida dela ali. Diana convence-a a ir uns dias dar formação. Fátima atende mais um cliente que cancela a encomenda.

Mariana está feliz, vê a publicação de Vitória. Carlota fica aliviada por saber que está longe, gosta da postura positiva da filha.

Manuel faz reparo quando vê Carminho a beber de manhã. Carminho explica-se a Guida, mas ela não quer desculpá-la. Carminho pede a Manuel que a acompanhe lá fora. Manuel irritado por achar que Francisco está de volta. Carminho diz-lhe que lhe comprou o carro, agora é seu. Manuel não cabe em si de feliz.

Domingos quer falar com Tomás e Sãozinha fica aflita, Tomás pede-lhes que saiam. Domingos pede-lhe que vá à escola falar, Rosalinda disse-lhe que Leonor estava triste por ir ela, e ele só quer a filha feliz.

Guida não para de falar com medo de descair-se. Fátima já a conhece, diz que está a esconder alguma coisa. Ela diz que Tomás passou a noite com Mariana. Carminho diz ao filho que gastou o dinheiro todo no carro que era do pai.

Fausto quer fazes as pazes, mas Ivone não consegue desculpá-lo, trata-se da sua carreira e da sua vida que pode ter posto em causa, se lhe tivesse roubado dinheiro ou mesmo um fio para vender, ainda era capaz de o perdoar, assim não.

Salvador enervado com os pais. Carminho diz que valeu pela felicidade do pai. Salvador compreende, mas custa-lhe que fiquem sem dinheiro. Manuel diz que assume as despesas do carro e Carminho diz que volta a fazer malas.

(conclusão)

Episódio 133 (4 a 8 de outubro)

Destaques

Mariana tira os pontos e percebe que ficou com uma grande cicatriz.

Ivone aceita dar um filho a Vasco

O caso da morte de Artur continua a decorrer e são ouvidos Ivone e Tozé.

 

Lena apanha Vasco a chorar, ela diz-lhe que não tem mal quebrar, mas acredita na cura dele. Vasco lamenta não ter encontrado Ivone aos 20 anos, Lena tem pena dele.

Ivone dá o seu depoimento, Gustavo fica muito nervoso. Tozé está a depor e diz que depois de Artur sair, Gustavo foi atrás e depois ouviu a carrinha arrancar. Sãozinha diz da plateia que Gustavo foi atrás dele, sim. Sãozinha diz que não viu, mas foi como se tivesse visto, foi a Josefina que lhe contou. Sebastião protesta. O Juiz diz que não pode aceitar que deponha, mas vão mandar chamar Josefina. Aida quer saber se o filho tem hipóteses. Sebastião diz que não tem por natureza perder, sabe que Tomás não está satisfeito com a defesa, mas pede que confiem e transmitam segurança a Gustavo.

Silvério avisa Lucinda que se livre de escrever que o filho se suicidou, ela diz q só escreve factos. Ele acusa-a de ter publicado sobre a farinha de Fátima ter ratos, mas não a ouviu antes de escrever, foi sabotagem o que fizeram.

Marta apanha Nicolau e Guida nos provadores. Guida percebe que Marta deu conta do que estavam a fazer e diz-lhe que a ajuda com Tozé. Marta aceita, é a favor de uma boa chantagem.

Carminho quer saber se o dinheiro já está disponível, Salvador diz-lhe que está, mas não é para gastar. Ela lembra-o que é ela que o ganha, liga a Francisco a dizer que já tem o dinheiro. Jacinta tem saudades da mãe e Carminho aconselha-a.

Ivone discute com Fausto, ou sai ele ou sai ela, não fica na mesma casa que ele. Nicolau tenta que se entendam. Elvira diz que ninguém precisa de ir a lado nenhum, ele vai começar a pagar renda e a ajudar. Ivone aceita ter um filho dele, se é a única maneira de ficar com um bocadinho dele que seja. Vasco fica muito feliz.

Mariana irrita-se com o pai quando ele diz que vai ficar tudo bem. Ela diz que a cicatriz está péssima e não pode ser operada. Mariana tenta disfarçar a cicatriz, mas não consegue, liga a Tomás, mas ele não pode ir ter com ela. Fernando não gosta de a ver assim, promete-lhe que nem que tenha de ir ao fim do mundo, ela fica sem a cicatriz.

Silvério não quer chá, mas Elvira diz que vai acalmá-lo. Falam do depoimento de Carlota. Elvira diz que contratou uma empresa de desratização o que deixa Fátima irritada, não tinha de fazer isso. Fátima recebe email da diretora da panificadora para marcar reunião. Fátima acha isto estranho depois das notícias que saíram, mas aceita reunir-se. Guilherme sente-se comprometido.

Paula surpresa ao ver Moisés, ele mostra-se sedutor. Paula percebe onde ele quer chegar, Moisés toma consciência e muda o discurso. Paula fica incrédula com o que acabou de acontecer.

Conversam sobre a audiência, Sãozinha diz que é graças a ela que Gustavo não se safa. Diz aos filhos para começarem a mentalizar-se que um dia vai ter de seguir com a sua vida. Guida pergunta se ela tem pretendente, mas ela não adianta a conversa. Conta que vai voltar a fazer pão. Hortense diz que parece outra ultimamente, ela diz que um dia vai saber o que se passa. Paula entra sem ser vista e esconde o véu da Noviça.

(conclusão)

Episódio 132 (4 a 8 de outubro)

Destaques

Fernando decidido a divorciar-se de Carlota.

Carlota ganha audiência em tribunal.

 

Jacinta está muito nervosa, Carminho quer explicar-se, mas ela já sabe o que se passou no dia anterior, o Salvador disse-lhe. Jacinta mostra-se muito indignada por ela consumir drogas. Carminho manda-a calar-se quando Manuel entra.

Sãozinha comenta que tem de ter uma conversa com os filhos. Hortense fica espantada por ela dizer que o assunto é sobre amor. Sãozinha diz a Tozé que vai acompanhá-lo a tribunal. Na fábrica, Sãozinha tem esperança de que Moisés chegue primeiro que as costureiras. Moisés chega e vai ter com ela galanteador, vai para beijá-la, mas ela trava-o. Elvira fica desconfiada com a proximidade.

Vasco e Ivone em clima de cumplicidade, ele adora acordar ao lado dela. Guilherme está pronto para ir para tribunal, Vasco mente-lhe quanto ao exame que fez. Fátima conta a Guilherme que recebeu um telefonema de uma rede de panificadoras. Ele disfarça as suas suspeitas quanto ao telefonema. Guilherme avisa que não lhes vai fazer perguntas para não o acusarem de ser parcial.

Nicolau e Guida contam-lhe sobre o plano para apanhar a Noviça. Fausto acaba por alinhar. Salvador pede-lhe que não volte a levar bolos daqueles à mãe.

Tomás não quis deixar de apoiar Gustavo. Sebastião diz que a primeira a ser ouvida é Fátima que já chegou. Carlota pergunta a Tomás como está a correr, mas ele não diz. Carlota e Silvério trocam olhares de desagrado.

Fátima fala do vídeo que Carlota fez de Gustavo a encenar a morte de Artur, diz que o vídeo foi destruído por Gustavo e pelo irmão dele. Sebastião sente-se desconfortável. Cristina vai ter com Guilherme, entrega-lhe um envelope e diz que já colocou os originais no processo. Carlota nega qualquer envolvimento na morte de Artur. Nega ter estado ou falado com Gustavo. Guilherme pede para juntar ao processo os registos das chamadas de Carlota onde consta uma às 2h para Gustavo. Carlota mostra-se nervosa e apanhada em falso, diz que não se lembra de chamada nenhuma.

Guilherme mostra o registo. Sebastião segreda a Gustavo, que diz que Carlota ligou por causa de trabalho. Guilherme pede desculpas a Fátima e Silvério por não ter conseguido. Tomás confronta Gustavo por ter mentido outra vez, diz a Sebastião que podia trabalhar no circo com tanto malabarismo. Silvério, furioso avança para Gustavo. Fátima confronta Carlota por ter escapado mais uma vez, avisa-a que ainda vai pagar por tudo o que fez. Guilherme impede o confronto das duas e Carlota manda-o segurar a noivinha.

Moisés observa o decote de Paula e vai ter com ela, pergunta se tem sítio onde dormir, ela diz que vai tendo. Moisés dá-lhe dinheiro e Paula agradece, diz-lhe que está à disposição para tudo. Aida está muito nervosa, quer ir para tribunal, não aguenta a espera. Moisés diz que só não estão lá porque ele pediu, e além disso Tomás está com ele.

Domingos justifica-se a Leonor, diz que ficou triste por ela ter convidado Tomás para ir à escola. Ela só o convidou porque ele tem histórias engraçadas sobre o trabalho dele para contar aos colegas. Pede à mãe para ir ela, mas está desiludida.

Fernando conta à irmã que vai divorciar-se, foi ter com Vitória a França e tem ainda mais certezas do que quer.

Nicolau sugere a Guida que subam para um quarto, diz-lhe que está cheio de saudades dela. Paula vem reservar um quarto, ouve-os a falar sobre a noviça e pergunta se querem ajuda para descobrir quem é. Guida diz que não é preciso, ralha com Nicolau por não saber estar calado.

Elvira arranjou um castigo para Fausto, vai começar a pagar renda. Ele reclama e ela diz que é isso ou fica sem a sociedade da padaria que foi ela que pagou. Salvador diz que não se mete no assunto.

(conclusão)

Resumo de 27 de setembro a 1 de outubro

Episódio 131 (27 de setembro a 1 de outubro)

Destaques

Fernando procura Vitória. 

Salvador trabalha no site para a mãe, mas repara que ela não está atenta. Carminho diz-lhe que o tio insistiu tanto com ela que lhe disse onde estava Vitória.

Guida conta a Fátima sobre a visita de Guilherme ao hotel, Nicolau ouviu-o a discutir com Carlota. Fátima desabafa que está a perder clientes, não sabe o que fazer. Guida conta que a mãe reagiu bem à relação com Nicolau. Guida avisa disfarçadamente que Tomás vem aí. Tomás quer falar da nódoa negra de Leonor, ela acha que ele sabe que foi Domingos, mas ele não sabia. Ela pede que não diga nada. Guida apressa-a para irem ver o vestido. Fátima quer um vestido de noiva simples. Guida diz que se ela não tivesse se cruzado com Tomás o seu ânimo era outro.

Sãozinha diz a Moisés que já começou a trabalhar na peça que lhe pediu. Moisés elogia o seu trabalho e convida-a para beber um copo num sítio discreto, ela diz que Aida não ia gostar de saber e ele diz que é só para conversarem.

Fausto trouxe um bolo, mas já a pensar nele também. Carminho percebe que ele não está bem. Fausto diz que se meteu numa alhada e precisa de falar com alguém que não o julgue.

Sebastião diz que Fernando foi a Lisboa falar com um contabilista que lhe indicou. Ela fica irritada por não lhe ter dito nada. Sebastião diz que Trindade já tem o passaporte. Falam de Gustavo, ele diz que já o instruiu sobre o que falar no julgamento.

Nicolau tenta convencer Manuel a ser atacado por Noviça para descobrirem quem é. Manuel continua a achar que é Sãozinha. Guida diz que não fale com mais ninguém para tentarem convencer Fausto.

Tomás fala com a mãe sobre a nódoa negra de Leonor, sempre foi Domingos. Ela acha que não deve ir ter com ele. Gustavo está tenso, não os quer no tribunal no dia seguinte.

Guilherme mostra-se simpático com Mariana, ela diz que precisa de falar com ele. Fala de Fátima e Guilherme conta que não há mais acordos, mas nunca aceitou que a prejudicassem e foi o que fizeram. Mariana liga à mãe e conta que no dia seguinte vai tirar os pontos.

Fernando aguarda Vitória nervoso. Fernando diz-lhe que veio buscá-la, não sabe viver sem ela. Vitória manda-o embora, não quer que os pais o vejam. Fernando quer que ela vá com ele. Ela percebe que Carlota não sabe que ele está ali e diz que não vai sujeitar-se a ser humilhada. Ele garante que vai separar-se, pede que não desapareça.

Carlota fala com Fernando ao telefone, fica chateada porque ele não vem jantar. Carlota pergunta à filha se lhe faz companhia já que o pai não vem. Mariana conta que teve com Guilherme e que ele quer voltar atrás com acordo. Carlota já sabe, mas diz-lhe que já é tarde para isso.

Fátima entrega as ervas, fala dos clientes que já perdeu e tenta mais uma vez sobre que reunião era aquela com Carlota. Hortense já lhe disse. Jacinta conta a Salvador que viu a mãe com Fausto, fica perplexa ao saber que ela se droga.

Carminho e Fausto alterados, riem. Ela agradece por estes momentos. Jacinta apanha Fausto com a mão na mão de Carminho e fica a pensar coisas, exalta-se com moralismos.

Guida vê mala igual à sua e vai ter com a rapariga, fica a saber que Carminho comprou-a no chinês. Carminho está muito sonolenta por causa do bolo, tenta dizer que foram os chineses que a imitaram. Guida atira-lhes à cara que é tão verdadeira quanto as joias.

Vasco sabe que não há tratamento que o cure, pede a Ivone que sejam felizes até conseguirem, não quer que a família saiba. Fausto quer falar, mas Ivone manda-o embora. Nicolau fica a saber o que o irmão fez a Ivone. Fausto pede desculpas à mãe, diz que não foi por mal. Elvira diz-lhe que meteu a carreira da irmã em risco.

Carlota aguarda Fernando. Ele diz que não resolveu nada e ela diz que para a próxima leva Sebastião. lembra-o do julgamento, ele diz que não pode ir e para alem disso, não tem a certeza que esteve a dormir ao seu lado nessa noite.

(conclusão)

Episódio 130 (27 de setembro a 1 de outubro)

Destaques

Gustavo mais próximo de Lucinda.

Leonor conta a Anabela que Domingos bateu-lhe.

Vasco tem tumor na cabeça.

Manuel volta a trabalhar no hotel.

 

Fátima e Silvério justificam-se. Fátima diz que têm feito de tudo para dar um lar a Anabela. A assistente Social fala do acidente com o trator e que receberam uma denúncia. Avisa-os que vão ficar atentos à situação de Anabela.

Leonor e Anabela estão tristes. Leonor mostra-lhe a nódoa negra que o pai lhe fez. Diz a Anabela que convidou Tomás para falar à escola no dia das profissões, mas os pais ainda não sabem. Pergunta a Anabela se tem estado com o Zezito, achou-o giro. Márcio diz a Zezito que se portou bem e este pede o resto do dinheiro. Márcio dá-lhe o dinheiro e avisa-o que ninguém pode saber de nada.

Jacinta ouve a conversa da irmã sobre a mãe já saber sobre o namoro dela e Nicolau, fica magoada por saber que não fez nada, só contra ela é que fez. Nicolau e Guida queriam falar com Fausto para os ajudar com a noviça. Fausto é apanho por Ivone a passar uma receita, diz que só aconteceu duas vezes para arranjar dinheiro para lhe poder pagar o carro. Ivone fica furiosa com os problemas que lhe pode arranjar.

Ivone denuncia o irmão à mãe, Elvira não quer acreditar, mas ela mostra a receita em nome dele. Fausto não consegue dizer nada, está arrasado. Elvira diz-lhe que ele passou das marcas. Ivone desabafa com Vasco sobre o que Fausto lhe fez. Vasco sente dor cabeça e tem o braço afetado. Ivone diz que amanhã já faz a TAC. Sebastião diz ao filho que amanhã o leva, mas ele diz que não precisa.

Vasco insiste com Ivone para saber o que se passou. Ivone não consegue parar de chorar, diz-lhe que ele tem um tumor na cabeça. Vasco conformado que o cancro venceu. Diz-lhe que prefere passar o tempo que lhe resta a ser feliz com ela do que a lutar contra o cancro.

Jacinta provoca a mãe quanto ao namoro de Guida. Sãozinha não se opõe, nem ao de Tozé se for para a frente com Marta. Jacinta acha injusto que não trate todos da mesma maneira. Guida fica com pena dela.

Fernando repreende Mariana, tem de ter mais amor próprio. Mariana diz que a mãe está furiosa com o regresso de Manuel ao hotel. Mariana acha que os pais deviam fazer terapia de casal. Fernando insiste com a irmã para lhe dizer onde está Vitória, ela acaba por dizer e pede desculpas por ter provocado Carlota ao dizer que sabia sobre a traição. Manuel acha que Fernando está ali também para ele voltar ao hotel, diz que vai voltar.

Fátima desabafa com Guilherme por ter perdido mais um cliente e sobre a visita do assistente social. Guilherme diz-lhe que também suspeita de Carlota, mas disfarça, descansa-a, não vai deixar que lhe tirem Anabela. Esta já sabe sobre a visita do Assistente Social, Fátima não vai deixar que ninguém a leve, mas diz-lhe que ela tem de ajudar. Anabela conta-lhe que Domingos bateu em Leonor. Carlota diz a Salvador que ou trocam de farinha ou deixam de fornecer o hotel.

Paula ouve Tomás a falar com a mãe sobre Domingos, está curioso em saber quem lhe bateu. Tozé deixa-os sair e conta a Hortense e Paula que devolveram o dinheiro que tinha pagado. Paula não tem onde dormir.

Gustavo só sente que tem uma vida normal quando Lucinda lá vai. Tomás diz a Sebastião que Leonor convidou-o para ir falar à escola, ele não vê mal, mas vai falar com Domingos e Rosalinda. Sebastião quer combinar o que Gustavo tem de dizer.

Rosalinda diz que vai continuar a receber a sua farinha. Fátima acha que foi tramada por Carlota. Fala-lhe da nódoa negra de Leonor e Rosalinda defende Domingos. Fátima pergunta se sabe de algum pacto do rancho com os Pereira Espinho.

Carlota lê um excerto da notícia sobre o moinho de Fátima. Mariana pergunta se a mãe teve alguma coisa a ver com os ratos na farinha, ao que Carlota não desmente. Liga a Fernando que não atende.

Sãozinha mete-se com Elvira por estar tão calada. Paula já sabe da visita do Assistente Social, pergunta se Elvira está assim por causa disso. Sãozinha fala do namoro de Nicolau e Guida. Paula fica escandalizada com a troca de olhares e a conversa de Moisés e Sãozinha.

(conclusão)

Episódio 129 (27 de setembro a 1 de outubro)

Destaques

Moisés seduz Sãozinha.

Guilherme confronta Carlota sobre a sabotagem das farinhas. Não contava que ela destruísse o negócio de Fátima.

 

Lena e Ivone conversam sobre a vontade de Vasco ter um filho. Ivone também queria muito ter um filho dele, mas ele tem de fazer os tratamentos. Sebastião pede a sinceridade de Ivone quanto às possibilidades que Vasco tem de se curar.

Jacinta ainda envergonhada, traz uma fatia de bolo a Manuel. Ele diz que ela está desculpada. Carminho entrega o cheque da venda do terreno a Salvador, diz-lhe que aprenderam a lição. Jacinta conta a Salvador que quase ia batendo no pai por lhe dar flores, achou que ele estava a galanteá-la. Salvador fica incrédulo. Jacinta sabe que foi estupida e fez o bolo para se desculpar.

Fátima está revoltada e furiosa com a sabotagem. Silvério vem-lhe logo à cabeça Carlota. Guilherme diz-lhe que é melhor ligar aos clientes a esclarecer tudo, está apreensivo. Guilherme discute com Carlota, não tinha que prejudicar Fátima o que tinha era de arranjar uma proposta aliciante para ela sair dali. Carlota diz que agora já é tarde.

Sãozinha apanha Nicolau e Guida aos beijos, eles tentam desculpar-se, mas depois assumem que namoram. Sãozinha diz-lhe que é igual à irmã, goza com Nicolau por nunca ter estudado nem nunca ter saído da serra. Sãozinha quer saber onde está o anel de noivado já que vai casar com Nicolau. Ela diz que ainda estão a conhecer-se. Sãozinha não o quer mais lá em casa, não quer que seja falada.

Moisés mostra-se charmoso, elogia Sãozinha que fica cheia de calores. Ela diz que nunca se irá meter com um homem casado e ele diz que o casamento dele está mau. Elvira comenta com Paula que ela não sabe onde se está a meter.

Gustavo desabafa com Lucinda, trocam um olhar intenso e cúmplice. Lucinda atende Mariana, diz que a conversa vai ter de ficar para depois. Tomás diz que tem de ir depor por causa de Domingos, avisa-o para ter cuidado com Lucinda.

Carminho pede a Lena para falar com Manuel para ele voltar, ela diz que vai pensar. Carlota desafia Carminho por eles terem sido roubados, ela atira-lhe à cara a traição de Fernando. Lena gostava que Manuel reconsiderasse e voltasse, além de não ser um empregado extraordinário, deixou saudades e tem outras qualidades como ser apaziguador e ter o dom da palavra. Manuel fica impressionado.

Carlota está fora de si por Carminho saber da traição, Fernando diz que não sabia o que esperava depois de tudo o que fez a Vitória, elas viviam juntas.

Tomás e Aida falam da nódoa negra de Leonor, ele não acredita que Domingos lhe bata, mas a verdade é que fica nervosa. Mariana quis reunir porque quer forrar as paredes das salas de congressos em burel.

Fausto fala com dealer que lhe paga o dobro por uma caixa comprimidos, despacha-o quando a irmã entra com Vasco. Vasco tem o braço paralisado, Ivone preocupada diz que vai marcar uns exames para ele.

Guida diz a Nicolau que tem de parar de falar em casamento que a mãe já lhe perguntou pelo anel. E diz-lhe que vai ter de voltar para a casa dele, a mãe não quer que seja falada. Nicolau descansado por saber que fica bem na mesma.

Fátima já movimenta bem o braço, Ivone passa-lhe um anti-inflamatório. Fátima queixa-se do que lhe fizeram, acha que foi sabotagem. Ivone incentiva-a a não desistir, pensando na situação de Vasco também.

Marta coloca um envelope no casaco de Tozé sem que ele veja, diz-lhe que veio almoçar e vê-lo. Lucinda quer saber sobre a história dos ratos, mas Tozé não quer prejudicar Fátima.

(conclusão)

Resumo de 20 a 24 de setembro

Episódio 128 (20 a 24 de setembro) 

Destaques

Beto recusa fechar contrato com Fátima depois de serem encontrados ratos mortos e excrementos nas sacas de farinha.

Tomás vê nódoa negra no braço de Leonor.

 

Manuel diz ao filho que se tudo correr bem o terreno amanhã será vendido. Carminho já não aguenta o cheiro a lixívia das limpezas de Jacinta. Salvador manda Jacinta parar, diz-lhe que ela não tem de limpar.

Fernando tem uma carta das Finanças a pedir justificação das receitas de 2018. Lena ouve ele dizer que para Sebastião isso não custa nada justificar, comparado com o que já fez.

Guilherme surpreende Marta a entrar em casa. Marta conta-lhe que dormiu com Tozé, decidiu seguir os seus conselhos. Guilherme mostra-se inseguro, tem medo de perder Fátima. Diz que ela é tudo para ele daí a insegurança. Marta tranquiliza-o.

No hotel, Nicolau chama Guida e conta-lhe que Marta passou a noite no hotel com Tozé e foi ela que pagou. Guida acha estranho o irmão não ter pagado. Guida tem pena da mãe por acharem que é a noviça. Manuel parece reconhecer o discurso de Guida, é igual ao de Nicolau. Manuel agradece, mas diz que não vai voltar a trabalhar no hotel. Manuel de saída para tratar da venda do terreno, Carminho diz que ou troca de roupa ou não vai.

Tozé está desconfortável. Tomás agradece a visita dele ao irmão, fica feliz por receber sms de Leonor. Gustavo diz a Tozé que pode dizer o que quiser em tribunal, o juiz já sabe tudo. Ele conta que Fátima apareceu na reunião. Tomás diz a Leonor que não foi ele que mandou bater no pai. Leonor acredita nele. Tomás hesita em perguntar o que foi aquilo no braço. Ela desvia a conversa e diz para irem comer o bolo, ele diz que hoje têm mesmo que fazer os trabalhos de casa. Tomás conta peripécias dele e Leonor ri-se, diz que podia ir à escola contar aquelas histórias quando for o dia das profissões dos pais. Leonor nervosa, inventa desculpa sobre a nódoa negra.

Hortense repara em algo escuro na farinha, grita a Tozé que está um rato na farinha. Ele diz que está morto, ela não quer saber manda-o deitar tudo fora. Jacinta e Fausto em cima de uma cadeira com medo. Dizem que está um rato na farinha. Salvador diz que está morto, Simão já não quer o pão. Rosalinda diz que Fátima é sempre tão cuidadosa, pede a Salvador para a avisar para parar as entregas.

Sebastião fala ao telemóvel com o Dr. Trindade, Lena interrompe a conversa, diz-lhe que viu o passaporte e também ouviu a conversa de Fernando a dizer que para ele era fácil fugir a impostos. Sebastião dá-lhe a volta, ela acredita e pede desculpa.

Moisés oferece chocolates a Sãozinha, elogia-a, ela percebe que está a acontecer tudo o que Guida disse. Afasta-se quando Aida entra, que não desconfia de nada. Moisés segue Sãozinha, quer conhecê-la melhor. Manuel acusa-a de ter batido nele e no filho. Sãozinha diz que só bateu no filho, diz que não é a Noviça. Moisés defende-a.

Hortense diz que Carlota quer que arranjem outro fornecedor de farinha. Se a imprensa soubesse era o que bastava para estragar o negócio. Fátima verifica todas as sacas. Beto já não quer fechar contrato com ela, e no que depender dele não irá fazer com mais ninguém. Fátima tenta explicar-se, mas sem sucesso. Rosalinda verifica a farinha, não tem nada. Ela não percebe, Fátima é sempre tão cuidadosa. Domingos insiste para ser ele a ir buscar Leonor. Ivone diz que já está a ser divulgado nas redes socias que a farinha de Fátima tinha ratos e excrementos. Fátima já abriu uma série de sacas, estão todas contaminadas. Fátima vira uma saca e percebe que tem excrementos, mas não tem rato nem buracos.

Guida troca mensagens e Nicolau fica triste acha que é com outro. Guida confessa-lhe que é com o pai, mas ninguém pode saber. Guida quer apanhar a Noviça. Elvira diz ao filho que pode voltar, Silvério não dorme mais lá.

Manuel dá um ramo flores a Jacinta, ela fica irritada, diz que não gosta de abusadores. Jacinta envergonhada por perceber que também trouxe para Carminho e acaba por pedir desculpas. Carminho diz que têm de festejar a venda do terreno.

Mariana diz que Carlota quer que fale com os jornalistas para arruinarem o negócio de Fátima. Fernando não quer saber mais disso, pergunta como foi a sua saída à rua.

(conclusão)

Episódio 127 (20 a 24 de setembro)

Destaques

Vasco quer ter filho com Ivone.

Fátima fica desconfiada ao ouvir a reunião no restaurante.

 

Carlota pede a Sebastião que trate das formalidades do grupo de rede de padarias que vai comprar. Sebastião estranha ela estar tão interessada em panificação. Sebastião mostra-lhe o passaporte falso para o Dr. Trindade

Simão pede desculpas a Fátima, ela diz que não tem de pedir desculpas, não se admirava que a ideia tivesse sido de Anabela. Fausto pede-lhe mais farinha. Fátima ouve a conversa de Paula e Nicolau. Paula inventa uma desculpa.

Mariana agradece a Tomás ter ido com ela. Ele sabia que ia correr bem, diz que devia começar a sair. Está preocupado com Leonor. Guida fala do casamento de Fátima, ele continua a achar que não é a pessoa certa para ela, mas sabe que perdeu.

Fátima está escondida e vê Paula e Tozé entrarem no restaurante. Carlota continua a dizer que não fez nada a Domingos, mas agradece a quem fez. Eles não acreditam nela. Tozé dá pela presença de Fátima, ficam sem saberem o que ela ouviu. Fátima continua à espera de perceber o que se passa ali. Hortense inventa que era uma reunião do rancho, mas Fátima não fica convencida. Fátima conta a Guilherme o que se passou no restaurante, ele também acha estranho Carlota ter ido lá só para dizer que não dava dinheiro. Fátima tem a certeza de que estão a esconder alguma coisa. Fátima vem irritada com o que se passou no restaurante. Avança para as sacas, algo na disposição delas a fez hesitar, olha em volta para ver se está tudo bem. Atende a tia que lhe pede mais farinha.

Silvério dá raspanete a Anabela por ter pegado no trator e ter batido em Carlota. Ela diz que Carlota é que fez marcha atrás e foi bater nela. Silvério diz-lhe que vai ficar na escola todos os dias para ter apoio ao estudo.

Rosalinda repara no interesse de Leonor a falar com Zezito. Leonor vai para casa mal vê Aida que repara na nódoa negra, diz que mete as mãos no fogo por Tomás que não era capaz de ser violento, Rosalinda atira-lhe à cara que também deve meter por Gustavo e vai ser julgado. Aida comenta com os filhos a nódoa negra de Leonor. Gustavo não vê mal, os miúdos caem e magoam-se. Tomás fica a pensar que ela não lhe respondeu e não é habitual, mas amanhã já está com ela e conversa sobre isso.

Carminho e Manuel acabaram de tomar banho porque estiveram a fazer amor. Ele relembra quando estiveram enamorados em Miami. Manuel recebe uma chamada para vender o terreno. Jacinta arruma a casa, está nervosa.

Guida lava uma toalha quando a mãe chega junto e lhe pede uma opinião. Quer saber como é que uma mulher sabe que um homem está interessado nela. Guida pergunta se há alguém e ela diz que é só uma hipótese.

Elvira acha que Nicolau voltou, mas ele só veio buscar roupa. Ela diz que se sai com aquele saco já não vem buscar mais. Silvério interrompe, Nicolau diz que não aguenta e sai. Silvério precisa falar sobre o que Anabela fez.

Ivone coloca gelo no braço de Vasco, diz que é normal doer. Vasco fala em quanto gostava de ter filhos com ela. Ivone diz que é um sonho antigo, mas agora não é prioridade. Vasco confessa ao pai que queria ter um filho com Ivone. Sebastião não acha boa ideia, tem de forcar-se na saúde e em ficar bem. Lena observa Sebastião intrigada. Ele dá por ela, diz-lhe que está a analisar um contrato de Carlota.

Sãozinha comenta que Hortense chegou chateada. Guida diz que Tozé foi jantar com Marta. Ela diz que ele é esperto, não é como Jacinta e diz a Guida que meta os olhos nele. Guida fica com pena de Nicolau por estar a ouvir aquilo.

(conclusão)

Episódio 126 (20 a 24 de setembro)

Destaques

Carlota decide investir em rede de padarias.

Salvador decide não fazer queixa de Sãozinha.

 

Fausto fala sobre Sãozinha ser a Noviça. Salvador quer ir à polícia, mas Jacinta diz que vai falar com a mãe, Fausto também acha que não é preciso meter já a polícia ao barulho. Sãozinha diz a Nicolau que não é a Noviça mas não nega que bateu em Salvador, ele mereceu. Jacinta não o vai impedir se ele quiser fazer queixa. Nicolau ainda na dúvida se Sãozinha é a noviça. Guida diz que se a Tia Zé vivesse na Fraga Pequena, seria ela certamente. É uma tia assanhada e divertida. Salvador diz que não vai apresentar queixa contra ela pelo amor que tem a Jacinta. Sãozinha mesmo assim desdenha, acha que ele não faz queixa por vergonha. Elvira e Paula dizem a Salvador que não vale a pena insistir, só perde o tempo dele.

Tomás diz à mãe que Fátima já tem data marcada para o casamento. Aida diz que tem de esquecê-la, pois ela escolheu Guilherme. Tomás tem a certeza de que ela também gosta dele. Tomás sente saudades de Leonor e envia-lhe mensagem. Rosalinda ainda chateada está com Domingos. Ele pede desculpas a Leonor, diz que não a quis magoar, mas tem medo que Tomás lhe faça mal.

Silvério lê a notificação que recebeu para ir testemunhar. Fátima diz que ela e Ivone também vão. Pede ao pai para não armar confusão. Elvira traz bolo, já sabe que tem data para casar, quer muito ajudá-la com o que precisa.

Carlota diz que tem tudo encaminhado para Guilherme e Fátima viverem noutro local. Guilherme receia que Fátima não deixe Anabela. Marta fica admirada ao ver o irmão, ele inventa que veio ter com ela. Guilherme cruza-se com Marta e mente-lhe, diz que veio pressionar Carlota pelo que fez a Fátima e usou-a como desculpa. Marta fica feliz por ele já ter data marcada para o casamento.

Carlota diz que vai investir numa rede de padarias. Fernando não percebe o interesse pela área. Carlota diz-lhe que não pediu a sua opinião, era só para não estranhar o movimento de dinheiro.

Lena arruma as estantes e gavetas enquanto procura um documento, descobre um passaporte que não é de ninguém lá de casa e fica intrigada.

Tozé estranha Jacinta estar a dar-se tão bem na casa de Carminho. Francisco oferece um colar a Carminho, mas Manuel entra nesse momento e Carminho recusa o presente. Manuel diz a Carminho para não demorar muito a mudar-se, compreende que vá ser feliz. Carminho furiosa, diz que se foi vigiá-la também viu que não aceitou o colar, ele é o homem da sua vida com ou sem pantufas.

Mariana pede a Tomás para ir com ela a uma consulta de cirurgia plástica a Coimbra. Tomás hesita, mas aceita.

Gustavo está arrependido de ter dito que era a favor de agir em relação à suspeita de Domingos, agora quem leva com as culpas é Tomás que não fez nada. Tozé diz que foi lá meter a metade final do dinheiro no apartado, espera que as chantagens parem.

Paula mente a Elvira diz que está a ficar num quarto, pede para chegar atrasada meia hora porque está a fazer fisioterapia. Moisés elogia tanto Sãozinha que fica atrapalhada e foge para a rua.

(conclusão)

Resumo de 13 a 17 de setembro

Episódio 124 (13 a 17 de setembro)

Destaques

Guilherme aceita proposta de Carlota de levar Fátima para longe de Fraga Pequena. 

Gustavo apesar de cauteloso mostra-se simpático com a jornalista Lucinda que confessa que não estava à espera de que ele a chamasse, avisa-o que ser isenta e não está ali para o favorecer. Gustavo começa a falar sobre a sua situação.

Marta aproxima-se para chamar Tozé mas houve vozes e aproxima-se sem fazer barulho. Hortense acha que Tozé teve alguma coisa a ver com o que fizeram a Domingos e ele diz que acha que foi Carlota, ele era a favor de uma lição, mas não ao ponto do que fizeram. Marta ouve, sente-se culpada e sai dali. Tozé sente uma presença, mas não a vê. Nicolau pergunta como o tio está, quer que saiba que não foi ele que encomendou a tareia, mas a verdade é que se esticou. Domingos continua a achar que foi Tomás e que Nicolau está do lado dele.

Mariana odeia Fátima, quer tirá-la da aldeia e da vida deles. Carlota diz que tem feito tudo para a manter longe, mas ela não se assusta com nada. Mariana diz que Guilherme tem ciúmes de Tomás, tem a certeza que se pudesse a levava para longe. Guilherme cada vez mais inseguro quanto a Tomás, Marta comenta que deviam era sair dali e afastarem-se de Tomás.

Falam de Domingos, Marta emociona-se, pois sente-se culpada e disfarça. Carlota faz proposta a Guilherme para levar Fátima embora de Fraga Pequena, ela ajuda-os a ter uma vida fantástica e promete nunca mais ir atrás dela. Guilherme aceita. Carlota diz a Mariana que Guilherme vai ajudá-las e levar Fátima para longe. Mariana tem medo de que nenhum cirurgião a possa ajudar.

Tomás ajuda Fátima e pede-lhe que fale com Leonor pois os tios devem ter dito à jovem que ele mandou bater em Domingos, mas não foi. Fátima acredita nele. Os dois ficam a olhar-se sentindo-se atraídos.

Paula fala da broa ao pé de Aida para deixar mal Sãozinha, ela diz que a fez em gratidão pela família. Aida vai buscar a broa para partilhar com todas.

Guida diz a Nicolau que adorou a noite, ele também, diz que foi boa ideia irem para o quarto de Jacinta. Guida diz que a irmã não pode saber. Guida tem medo que a mãe desconfie.

Fernando certifica-se que está sozinho e deixa mensagem de voz a Vitória. Carlota não quer ir a tribunal, mas Sebastião acha que é melhor ir e mentir. Sebastião despede-se de Gustavo, pergunta se estão entendidos. Gustavo diz a Tomás que ele veio dizer que Carlota vai depor. Diz que ele acha que se ele mudar agora o depoimento, só ia enterrar-se mais.

Carminho diz a Manuel para se aprumar, está com mau aspeto. Mostra a mala que comprou no chinês para oferecer a Guida. Diz-lhe que pode ir falar com Fernando que tem o emprego de volta. Manuel continua a recusar.

Mariana fica enervada ao ver Ivone. Fernando chamou-a para conversarem, tem de ir a uma consulta de cirurgia plástica. Ivone agradece por ter salvo a prima e Mariana disfarça a culpa.

Carminho oferece a Guida a mala que comprou e esta fica dececionada, nem parece as que ela faz, mas aceita. Carminho pede-lhe que ela e Nicolau falem com Manuel para convencê-lo a voltar para o hotel.

Guilherme vai para contar ao irmão o acordo que fez com Carlota quando Lena e Ivone entram. Vasco já se sente melhor e pede que não falem em cancro e em nada relacionado até ao próximo tratamento.

(conclusão)

Episódio 123 (13 a 17 de setembro) 

Destaques

Carlota assume a culpa pela filha.

Domingos é atacado por Márcio e dois homens.

 

Francisco trouxe várias iguarias para o jantar, incentiva Manuel a ir ajudá-lo, mas Manuel continua de cara fechada. Carminho e Francisco estão numa cúmplice em ajudar a animar Manuel.

Jacinta saiu de casa e não tem para onde ir, Salvador diz que pode ficar lá em casa, a mãe vai gostar. Jacinta manda Fausto avisar Nicolau que se a mãe descobre que ele dorme com Guida mata-o. Fausto fica nervoso ao ver o dealer.

Tomás tenta animar Mariana, diz que ela vai ficar bem e continua linda, mas Mariana não acredita. Tomás tenta perceber o que realmente se passou e Mariana chora. Fátima veio vê-la e diz que está em dívida com ela, ouvem Tomás a discutir com Carlota. Tomás confronta Carlota, quer saber o que Mariana estava a fazer na serra, pois ela nunca vai para lá sozinha. Carlota para defender a filha admite que a culpa foi dela.

Fátima ouve tudo e Carlota paralisa ao vê-la. Mariana fica incrédula ao ouvir a admissão de culpa da mãe, não sabe como reagir. Fátima não percebe porque Carlota lhe quer tanto mal. Tomás avança para Carlota, avisou-a que dava cabo dela se voltasse a tocar em Fátima. Fátima tem pena de Mariana, mas esta manda-a não se aproximar. Tomás diz que vai com Fátima à polícia, ela agradece, mas não adianta de nada, pois não tem provas para sustentar a queixa.

Custa-lhe que tenha sido Mariana a pagar, agradece a Tomás e sai. Carlota tinha de calar Tomás e de a calar a ela pois percebeu que estava desejosa de contar. Mariana continua com medo de que Fátima se lembre do que aconteceu na serra. Carlota diz que mesmo que ela faça queixa não vão acreditar nela.

Silvério diz a Elvira que que se ela quiser afastam-se por causa de Nicolau, mas ela não quer, e também não fica chateada por causa do casaco. Paula agradece a Hortense o prato de comida. Paula faz acordo com Anabela, paga-lhe e ela deixa-a ficar lá em casa sem o avô saber. Anabela aceita por vinte euros. Fátima conta o que se passou no hotel, Guilherme diz-lhe que tem de afastar-se de Carlota antes que aconteça algo mais grave. Está irritado por Tomás estar sempre presente. Paula delicia-se a comer depois de sairem.

Rosalinda e Leonor ficam tensas ao ver Tomás, ele mete-se com Leonor e ela fala sem o encarar. Tomás pede a Rosalinda para falar com Leonor, mas ela não deixa, ele não percebe, diz que não fez nada.

Silvério está impressionado com o estado em que está. Ivone acha que não tem nada, mas podiam fazer um rx para despiste, mas ele não quer. Domingos tem a certeza que foi Tomás que mandou fazer aquilo. Silvério está do lado dele e os dois fazem as pazes.

Ivone mede a febre a Vasco e Lena pergunta como pode ajudar. Vasco diz que ajudava se tirassem as caras de cãozinho que não come à uma semana. Lena leva Sebastião e Guilherme fica a fazer companhia ao irmão.

Jacinta agradece muito terem-na deixado ficar ali em casa. Carminho diz que não precisa agradecer, gosta muito dela e Salvador está feliz. Salvador acha que o pai devia fazer queixa do Vereador. Carminho sugere vender o terreno a Francisco. Sãozinha está com muito cuidado a fazer a broa para Moisés. Guida quer saber porque expulsou Jacinta de casa, ela diz que ela saiu porque quis.

Falam da tareia que Domingos levou, Nicolau não para de olhar para Tozé que se sente indiretamente culpado. Sãozinha entrega a broa que fez a Moisés, ele repara que parece um coração, ela diz que foi sem querer. Paula comenta com Elvira que Sãozinha anda a seduzir Moisés. Elvira pica-a por Jacinta ter saído de casa.

Carlota está nervosa porque foi convocada para testemunhar no processo de Artur, diz a Fernando que tem de confirmar que passou a noite com ele, este diz que não saber o que ela fez durante a noite. Carlota mente a Tozé, diz que não fez nada a Domingos. Tozé liga a Carlota a dizer que decidiu dar ele uma lição a Domingos, mas que os homens o deixaram muito maltratado. Tozé diz que recebeu novo envelope a pedir o resto do dinheiro.

Carminho está cheia de pena de Mariana, sugere fazer um spa com ela. Mariana está sem paciência e diz que não pode. Carminho pede a Fernando que readmita Manuel no hotel. Mariana diz ao pai que nunca vai recuperar o seu aspeto.

(conclusão)

Episódio 122 (13 a 17 de setembro)

Destaques

Domingos é atacado por três homens e Guilherme acusa Tomás de ter mandado bater em Domingos.

Jacinta sai de casa.

 

Carminho recebe Francisco, que se mostra muito educado e galanteador. Francisco quer dar um abraço a Manuel, que aparece de roupão e pantufas, ele diz que tem uma surpresa lá fora que vai adorar. Francisco comprou o carro que era de Manuel. Este não resiste e entra no carro, emociona-se, Francisco repara, mas ele desmente. Manuel fica enervado, acaba por desabafar com o amigo e dizer que bateu no fundo.

Mariana olha-se ao espelho e chora. Fernando tenta dar apoio e diz que vai passar. Mariana quer que Fátima desapareça, que morra. Guida fica horrorizada ao vê-la e Mariana revoltada, expulsa-a do quarto.  Carlota irritada por Mariana ter feito parceria com Tomás sem a ter consultado. Mariana tem medo que Fátima se lembre que foi ela que a empurrou, Carlota diz que isso não vai acontecer para manter sempre a versão que a salvou.

Guida tenta ajudar Fátima com a alavanca da mó, mas não tem força suficiente. Guida exagera no estado de Mariana. Fátima está com pena, diz que não lhe deseja mal.

Elvira e Sãozinha queixam-se de Paula. Sãozinha fala de Mariana e Fátima, acha esquisito Mariana ter caído. Elvira também acha que a história está mal contada, Tomás ouve e fica a pensar nisso, para ajudá-la Mariana tinha de a ter visto cair.

Gustavo condena Tomás por aceitar a parceria de trabalhar com o hotel, Tomás diz que até o ajuda, se não fosse eles iam procurar outra empresa. Tozé diz que por ele davam uma lição a Domingos, mas não houve consenso entre todos.

Hortense cruza-se com Rosalinda e pergunta se Domingos está mais calmo depois da discussão com Tomás, Rosalinda diz que sabia de nada. Anabela está a jogar à bola ali perto e Marta tem estado a vê-la à distância. Procura a bola e vemos a bola surgir de outra direção, com um envelope colado a pedir que o leve a Tozé e depois voltar ali porque terá vinte euros à sua espera.

Anabela entrega o envelope a Tozé, que fica nervoso, quer saber quem lhe entregou, ela diz que não sabe, manda-o ler o recado e se quiser pode ir com ela. Tozé segue-a. Anabela e Tozé olham em volta. Ela está irritada por não ver ninguém, Tozé acha que ela está a mentir. Anabela descobre os seus vinte euros debaixo de uma pedra.

Rosalinda pergunta a Domingos o que se passou na padaria. Domingos diz que não se passou nada que mereça a pena falar. Rosalinda diz que não ganham nada em pegarem-se, ele diz que sabe isso, vai ter mais calma, mas ela não fica convencida. Domingos vai para fazer a entrega quando estaca ao ver três homens a cortarem caminho, Márcio diz-lhe que ele se meteu com as pessoas erradas.

Simão corre para Domingos, ele levanta-se a custo e diz que três homens o atacaram. Rosalinda quer que vá ao hospital, mas Domingos não quer, ela diz que chamou Fátima. Domingos diz que foi Tomás que lhe mandou fazer aquilo, Fátima não acredita, mas cala-se.

Guilherme acha que um deles da família é que devia ter ido com Vasco à quimioterapia. Marta percebe que ele não quer só falar disso e Guilherme desabafa que Tomás está sempre no seu caminho. Marta acha que ele está a arranjar problemas onde não existem. Ivone quer que Vasco beba chá, mas Vasco está desanimado. Ivone encoraja-o e ele ri-se, dá-lhe razão e assume que está a ser rabugento. Vasco quer muito viver para a fazer feliz.

Tomás está de saída para visitar Mariana. Guilherme entra a acusá-lo de ter contratado três homens para bater em Domingos. Tomás diz que não fez nada e Aida também o defende. Guilherme diz que vai levar isto até às últimas consequências.

Sãozinha não quer que Jacinta lave a roupa de Salvador ali em casa, desdenha que ainda vai lavar cuecas. Jacinta cansa-se que a mãe seja sempre desagradável e sai de casa com um saco de roupa. Sãozinha fica desnorteada.

(conclusão)

Episódio 121 (13 a 17 de setembro)

Destaques

Mariana fica desfigurada.

Chantageados suspeitam de Domingos e planeiam tomar medidas. Marta é a chantagista.

 

Mariana quer ver a sua cara, mas Fernando não deixa, diz que vai ficar bem depois de cicatrizar. Fernando ralha com Mariana por ter ajudado Fátima, mas ela diz que não quer falar sobre isso. Mariana não aguenta e tira o penso para ver como está a cara, fica horrorizada com o seu estado. Carlota também fica chocada com a ferida da filha, mas diz-lhe que vai passar e quando tirar os pontos nem se vai notar.

Guilherme não suporta a presença de Tomás, ele diz para ficarem atentos a Fátima, que ainda não sabe o que verdadeiramente se passou. Silvério acompanha Tomás e agradece, está muito admirado com a boa vontade de Mariana em ter ajudado Fátima. Tomás vem ver Mariana, mas Fernando diz que ela não está bem, viu a cara ao espelho e ficou muito abalada.

Tomás fala-lhe sobre a proposta de Mariana para fazer parceria da sua empresa com o hotel, Fernando concorda e diz para avançar. Mariana lamenta-se por estar deformada, nunca mais vai ser a mesma. Carlota tenta tranquilizá-la. Mariana acaba por contar à mãe que foi ela que empurrou Fátima e depois arrependeu-se e foi ajudá-la.

Manuel recusa-se a comer, por ele tinha ficado no quarto. Salvador só espera que esta história à volta do vereador não lhes traga problemas com a polícia. Carminho atende chamada de um ex namorado e Manuel mostra desagrado. Manuel não quer receber Francisco, Carminho diz que já combinaram e que Francisco é uma pessoa muito rica e não faz julgamentos. Manuel diz que os ricos fazem sempre julgamentos, para não contar com ele porque vai estar fechado no quarto.

Guida entusiasmada por Nicolau dormir ali em casa, ele conta-lhe que Malu o beijou também para mostrar ver que não tinha mal a ter beijado. Sãozinha obriga Nicolau a deitar-se, espera que ele não seja sonâmbulo, senão diz que o acorda à chapada. De manhã, Sãozinha grita ao ver o sofá vazio. Nicolau vem com a escova dentes a explicar-se. Jacinta vem perguntar se a mãe descobriu. Sãozinha diz a Guida que a cama rangeu muito ao que Guida justifica que sonhou que se afogava.

Fátima não gosta de ver a tia com o casaco da mãe. Elvira tira-o, não quer que se zanguem por causa disso. Fátima pensa melhor e acaba por pedir desculpas ao pai e dizer que ele pode dar o casaco, mas Silvério diz que vai guardá-lo. Guilherme diz que pode ficar com Fátima, Guida diz que tem de ir ao hotel, mas depois volta. Fátima não quer ajuda, pede a Guida para ver como Mariana está. Ela conta que lhe disseram que estava desfigurada, não acredita que tenha sido um acidente.

Nicolau diz que Carlota quer todos os chantageados reunidos no dia seguinte. Tozé conta a Nicolau sobre as suas desconfianças relativamente a Domingos. Tozé lembra Hortense da reunião que Carlota convocou. Já na reunião, Hortense continua a ser a mais resistente e diz que não quer que voltem a envolvê-la. Carlota diz que os chamou porque suspeita que é Domingos que está a chantageá-los.

Nicolau não acredita, mas ela acha que existem muitas coincidências. Gustavo fala com Tozé, que lhe conta sobre as suspeitas de ser Domingos a fazer a chantagem. Gustavo diz que concorda com o que estão a pensar fazer, pede-lhe que passe lá depois para contar-lhe o que decidiram. Vemos Marta a verificar que o envelope só tem metade do dinheiro e traz um bilhete que diz “não” deixado por Tozé.

Marta fica irritada, fecha o apartado e sai. Hortense, Nicolau e Paula são contra tomar medidas relativamente às suspeitas de Domingos. Tozé falou com Gustavo e diz que ele é a favor. Carlota mente, diz que se não querem tomar medidas, deixa de haver consenso e começa a ser cada um por si.

Paula finge que escorrega e atira-se para o chão. Elvira e Sãozinha não acreditam nela, Paula sai e diz que vai ao posto médico. Sãozinha fala de ter dado guarida a Nicolau. Moisés pede a Sãozinha que lhe faça outra broa.

Domingos queixa-se de Tomás a Guilherme, diz que levou Leonor sem ela fazer os trabalhos de casa. Guilherme tenta desvalorizar. Tomás entra e os dois atacam-se, Domingos agarra-o, e é Salvador quem os separa. Fátima pede a Tomás que vá embora para Domingos se calar.

(conclusão)

Resumo de 6 a 10 de setembro

Episódio 120 (6 a 10 de setembro)

Destaques

Mariana empurra Fátima. As duas acabam por cair e vão para o hospital.

 

Mariana chama por Fátima, certifica-se que não está ninguém por perto a ouvir a conversa que vai ter, num acesso raiva atira os sacos em burel ao chão. Carlota liga-lhe e pede que não faça nenhum disparate, diz que tem de continuar a ser um segredo. Entretanto, Fátima assobia a Estrela, certifica-se que as ovelhas estão todas e senta-se a ler um livro. Fernando acha que deviam ter contado a Mariana à mais tempo.

Carlota não concorda, só o fez porque qualquer dia ainda se tornavam amigas. Fernando tem dúvidas que Mariana mantenha o silencio. Fátima ajuda uma ovelha que parece encurralada. Mariana aproxima-se sem que Fátima dê conta, olha-a cheia de ódio e empurra-a. Fátima cai desamparada, aparentemente inconsciente. Mariana olha e vemos Fátima caída sem sentidos. Mariana hesita, mas acaba por fugir dali.

Mariana está muito nervosa, os seus olhos ficam marejados. Olha em volta e corre para o local onde deixou Fátima caída. Desce para ajudar Fátima e acaba por se magoar, Fátima acorda e Mariana diz-lhe para não se mexer e liga a Tomás a pedir ajuda. Tomás enche um pneu da bicicleta de Leonor, ela diz que um dia gostava de acampar com ele, tem é de ser perto porque os pais têm medo que a leve para os Alpes.

Ele diz que nunca a ia levar a lado nenhum que ela não queira, mudou a vida por ela. Tomás atende Mariana ainda irritado com Domingos e Rosalinda, ao ouvir que Fátima magoou-se fica alerta, e quer saber o que se passou. Mariana diz que também está ferida mal consegue falar. Tomás sai a correr.

Guida diz a Nicolau que o traiu, ele fica em choque. Guida volta atrás e diz que se explicou mal, diz que foi Malu que a beijou e que os lábios dela nem mexeram. Guida diz-lhe que não o trocava por nada. Nicolau diz que já colocou as malas no carro. Malu quer deixar o seu contacto a Guida, mas Nicolau devolve-o, sabe que beijou Guida. Malu despreocupada diz que isso não foi nada, beija-o também para ver que não teve mal.

Guida acabou de contar aos irmãos que namora com Nicolau, mas não quer que contem à mãe. Jacinta fica irritada, pois quando foi com ela, Guida insistiu que tinha de contar à mãe.

No hotel, os colegas fazem a despedida de Manuel, Nicolau diz que vai fazer falta. Manuel chora de desespero e não de comoção, diz a todos que gostou muito de estar ali e leva-os no seu coração. Já em casa, Manuel está pensativo, Carminho mostra-lhe a mala que está a fazer, ele pergunta o que é, pois parece um gorro ou uma meia. Carminho diz que pode falar com o irmão para o readmitir no hotel, mas ele não quer, já era gozado por Carlota, se fizesse isso mais seria.

Guida quer a sua mala como prometeu, Carminho mostra-lhe que já está a terminar, Guida quer uma como a que lhe ia dar, não aquilo aquele modelo estranho que ela está a fazer. Manuel continua desanimado, não quer voltar para o hotel depois de se ter despedido.

Carlota, ao telefone, pede a Nicolau que avise todos os funcionários para se encontrarem amanhã cedo no restaurante.

Elvira veio dizer que já está melhor e veio ver Silvério. Ele dá-lhe um casaco que pertencia da Amparo, diz que tem muito gosto que ela ficasse com ele. Ela pergunta se Fátima não se vai importar e ele diz que não, já tinha perguntado se o queria e ela disse que não.

Vasco diz ao pai para não ter muitas esperanças em relação à esperança de vida dele, para estarem preparados para os resultados. Ivone acredita na quimioterapia, Sebastião fala da Alemanha, mas ele diz que vai ser tratado cá. Hortense aparece com umas ervas para ajudar Vasco a sentir-se melhor.

Sãozinha fala de Vasco a Lena, que fica constrangida. Nicolau não aceita ver a mãe com o tio. Sãozinha diz-lhe que ele pode dormir lá em casa até a mãe ganhar juízo.

Fernando tenta ligar a Vitória, mas esta não atende. Lena diz-lhe que Mariana foi para o hospital, magoou-se na serra. Fernando fica apreensivo.

Tomás está preocupado, mas mantém sempre à distância, diz a Fátima que foi Mariana que a encontrou, mas caiu quando a tentava ajudar. Fátima quer ir vê-la, mas Tomás diz que ela ainda está a ser suturada, tem de esperar.

Jacinta e Salvador estão a limpar a padaria para fechar. Simão aparece com Zezito, seu neto que foi buscar a Lisboa porque estava a portar-se mal e a mãe mandou-o para casa dele. Zezito parece intransigente quando pede bolos e diz que não quer pão.

(conclusão)

Episódio 119 (6 a 10 de setembro)

Destaques

Carlota conta a Mariana que Fátima é neta e herdeira de Augusto.

 

Fátima diz ao pai que conseguiu marcar uma reunião com a padaria Artesanal de Seia para lhes vender farinha. Silvério sente-se muito orgulhoso dela.

Mariana confronta a mãe sobre ter mandado um homem ameaçar Fátima e ter pagado para incendiar o moinho de Fátima. Carlota tenta disfarçar, mas perde a cabeça e acaba por dizer que Fátima é neta e herdeira do seu avô. Carlota liga a pedir um chá calmante. Mariana não acredita na mãe, mas Carlota explica que o avô teve um caso com a avó de Fátima e nasceu Maria do Amparo.

Mariana é prima de Fátima. Mariana chora a ver as fotos do avô, está muito nervosa e com raiva, disfarça quando Lena chega. Mariana pergunta pelo pai e ela diz que está reunido com um fornecedor. Mariana lembra momento em que ela e Fátima tiveram um conflito e Augusto interveio e disse a Mariana que já tinha dito a Fátima para se manter longe de Mariana e da família. Fernando conta-lhe que o avô se apaixonou e a avó de Fátima engravidou, pressionado, ofereceu dinheiro para ela abortar, mas ela não aceitou. Mariana com raiva diz que têm de fazer alguma coisa.

Aida está desconfiada da boa vontade de Mariana. Tomás acredita que ela esteja diferente e não seja como Carlota. Paula vai para cair, mas Elvira segura-a e magoa-se ela.

Hortense pede ervas a Fátima para ajudar Vasco que se sente muito combalido. Fátima diz que lhe leva assim que puder, tem uma reunião com possível cliente e pede a Hortense que reze por ela. Fátima está entusiasmada com a reunião que teve e mostra a Guilherme a página da padaria. Pede-lhe ajuda para certificar a Moagem da Fraga. Guilherme está muito abalado por causa do irmão Guilherme pede desculpas ao irmão por achar que ele lhe queria roubar Fátima. Vasco pede que o trate da mesma maneira como quando não estava doente. Ivone diz ao irmão que adianta o dinheiro do arranjo do carro e depois paga-lhe quando puder.

Manuel diz que não teve coragem de admitir que foi enganado outra vez. Salvador diz que a história das taxas não vai resultar e é melhor arranjarem um advogado. Manuel está arrasado com o que Carminho disse à Inspetora.

Nicolau pergunta a Guida se vão namorar escondidos, ela diz que não. Lena chega e percebe que os dois estão nervosos. Eles mostram-se solidários com Vasco. Guida fica nervosa quando aparece Malu. Diz-lhe que gosta de homens e agora até está a namorar com Nicolau. Malu não nega que se apaixonou por ela mas fica feliz, dá-lhe um beijo que deixa Guida em choque.

Lucinda apresenta-se a Gustavo como jornalista, ele diz que pode ir embora pois não vai falar com ela. Lucinda diz que quer ajudá-lo, quer contar a história dele. Gustavo diz que vai pensar.

Marta tenta fotografar, mas está desconfortável e desconcentrada. Tozé dá-lhe dicas, mas ela é orgulhosa e tenta não ligar. Tozé convida-a para beber um copo, mas ela não quer.

Jacinta está desanimada, porque vai sempre envergonhá-los. Salvador diz que gosta dela assim, nunca mais a leva a casa dos pais, a menos que ela peça. Fausto quer organizar uma happy hour de pão. Salvador diz que deram a ideia de fazer uma parceria com a ajuda a necessitados.

Silvério cuida de Elvira, diz que tem de ligar a Fátima para trazer as ovelhas. Nicolau interrompe-os, não gosta da proximidade deles e fala de forma inconveniente.

Leonor está entusiasmada por estar em breve com Tomás e chama a mãe, Domingos não consegue disfarçar o seu desagrado. Tozé fixa o maço de notas que Domingos tem na mão, Rosalinda manda-o segui-la para ir buscar os sacos para entrega. Tozé intrigado, pressiona Hortense por esta não ter sido chantageada, pergunta se é ela que está a chantagear os outros. Hortense diz-lhe que não é mulher de chantagens. Tozé acha que Domingos pode ser o chantagista.

Salvador conta a Tomás o que os pais fizeram, ainda podem vir a ter problemas. Rosalinda entrega Leonor, que quer andar de bicicleta, Tomás diz que pode ir depois de concluir os trabalhos de casa.

(conclusão)

Episódio 118 (6 a 10 de setembro) 

Destaques

Gustavo tem ataque de pânico em casa e foge.

 

Fátima procura dar força a Ivone, que não acreditava em amores para a vida toda, mas Vasco veio mudar isso e é muito injusto o sofrimento que estão a passar, conta um colega disse-lhe que lhe dava três meses de vida, mas ainda não lhe contou.

Gustavo está muito agitado e nervoso, tenta distrair-se, mas em vão. Sabe que está a entrar em pânico por estar fechado, mas não pode fazer nada para solucionar. Mais tarde Gustavo arruma os pesos, volta a olhar a pulseira eletrónica e tenta arrancá-la. Tem um ataque de pânico e foge a correr de casa. Gustavo regressa a casa, está desesperado e chora. Os guardas param junto dele e percebem o seu estado.

Tentam acalmá-lo, Gustavo, arrependido, diz que não queria fugir. Eles acreditam, mandam-no para casa e pedem que não volte a acontecer. Gustavo tenta explicar em casa o que se passou, diz que o Guarda acha que foi um ataque de pânico. Aida acha melhor ele consultar um psicólogo. Tomás tenta perceber que segredos ele esconde mais com Carlota, mas ele foge da conversa.

Sãozinha entrega ao patrão a broa que fez. Paula diz que vai dormir numa pensão, graças à caridade de Tomás, que pagou a dormida. Ficam a saber que Paula passou a noite em casa de Aida. Sãozinha encontra finalmente os capotes que tinha feito.

Jacinta está muito nervosa com o jantar, Guida desdramatiza, diz que é só um jantar, mas Jacinta tem medo de passar vergonhas. Fausto diz que Vitória ligou-lhe e Salvador estranha. Já no jantar, Carlota queixa-se de forte enxaqueca. Manuel agradece o jantar, diz que só falta Vitória, o que deixa Fernando constrangido. Jacinta deixa cair camarão ao chão e Salvador tranquiliza-a. Jacinta está hipnotizada com o quadro de Augusto e Fernando repara. Jacinta fala demais sobre o feitio de Augusto e Carminho dá-lhe razão. Salvador fica apreensivo com a conversa dela.

Vasco combalido, diz que Ivone já o convenceu a fazer os tratamentos. Vasco tem enjoos e Hortense prepara-lhe um chá. Tozé conta que foi meter metade do dinheiro no apartado. Hortense diz que não quer saber desse assunto.

Sebastião conta como correu a sessão de Leonor, Tomás fica emocionado ao saber que ela gostava de estar mais vezes com ele.  Domingos quer saber como correu a conversa com o Juiz, Leonor fica muito nervosa quando o pai diz que o Juiz estava zangado com eles. Rosalinda descansa-a e chama Domingos à razão, não pode pressionar a filha desta maneira.

Guida, nervosa, pergunta a Malu se abusou deles, ela perplexa diz que era incapaz. Insiste com Guida para sairem, e conta mais sobre sua profissão. Guida diz que Malu disse que não tinha abusado deles e que eles adormeceram. Nicolau não aguenta e diz que tem ciúmes e que a quer só para ele, pede-a em namoro e Guida, feliz, aceita.

Fátima conta que Márcio atacou-a e a sorte foi Tomás aparecer. Guilherme diz que o Juiz o chamou a perguntar pelas acusações que ela fez. Elvira não sabe se não era melhor deixar Paula ficar lá em casa do que ela andar a fazer-se de coitada por todo o lado. Fátima fica tensa ao perceber que vão doar as roupas da mãe dela. Silvério lembra-a com carinho.

Mariana propõe a Tomás uma parceria com o hotel. Ele não sabe responder por causa de Carlota. Mariana fica a saber que Márcio atacou Fátima por isso ele foi ao hotel falar com Carlota. Guilherme também lhe disse que tentaram pegar fogo ao moinho de Fátima.

Salvador diz que falou com Jacinta, mas acha que ela não volta a um jantar daqueles. A inspetora Cristina quer saber a ligação de Manuel ao Vereador, ele diz que lhe pagou umas taxas para desembargar o terreno e Carminho defende o marido.

(conclusão)

Episódio 117 (6 a 10 de setembro)

Destaques

Fátima mostra a Mariana o bilhete que recebeu sobre a morte do irmão e de Augusto. Mariana confronta Carlota.

Leonor, em audiência com o Juiz, conta a verdade. Juiz obriga Rosalinda e Domingos a cumprirem o acordo.

Silvério está de saída, Elvira não se despede dele porque sente pressão da parte dos filhos. Ivone conta que Vasco está doente, o cancro voltou. Vasco está cheio de energia, veio tomar o pequeno-almoço com Ivone. Esta pede-lhe que confie nela e faça todo o protocolo de tratamentos, Vasco cede e diz que vai tentar.

Paula escolhe a roupa que vai vestir, Moisés observa-a com ar interessado. Tomás repara e lança um olhar reprovador ao pai e de seguida oferece dinheiro a Paula para pagar um local para dormir.

Fernando tenta ligar a Vitória e deixa-lhe mensagem no telemóvel. Mariana diz que Carlota quer combinar um jantar de família, Fernando mostra-se indiferente e diz-lhe para ela fazer como entender. Carlota, ao telefone, pergunta por Vitória, Carminho diz que ela viajou para ver os pais, mas não sabe para onde foi. Carminho diz a Manuel que Carlota convidou-os para um jantar para animar Mariana.

Carminho lê no jornal que andam atrás do Vereador devido a suspeitas de corrução. Manuel fica arrasado. Carminho quer contar a Salvador, ele diz que não pode dar-lhe mais este desgosto, também não podem ir à polícia, pois o que fez foi suborno e é considerado crime.

Nicolau e Guida estão de ressaca. Malu vem do wc, diz que nunca tinha apanhado uma bebedeira tão grande. Nicolau e Guida não se lembram de nada e apressam-se a sair. Guida fala com Nicolau sobre Malu, tem medo que ela tenha abusado deles. Manuel está triste porque foi roubado. Nicolau consola-o. Ele pede que não contem ao filho.

Tomás apanha Elvira sozinha e diz que gostava que ela o ajudasse com Leonor, ele não quer o mal dela. Sãozinha fala do genro de Elvira e ela manda-a trabalhar pois ainda lhe faltam terminar três capotes, Sãozinha diz que estava no último e fica desconfiada.

Fátima mostra o bilhete que recebeu a ligar a morte do irmão à morte de Augusto. Mariana, indignada, não acredita que ela culpe a mãe que até hoje sofre por causa desse acidente. Mariana confronta a mãe sobre o bilhete que Fátima lhe mostrou. Carlota mostra-se muito indignada, diz que não se admirava que tivesse sido Fátima a escrever, diz que marcou um jantar com os tios. Mariana diz que não é um jantar que vai mudar os ânimos. Carminho diz a Salvador que têm jantar de família, Jacinta acha que estão a falar da mãe dela, mas eles falam de Carlota. Carminho quer que ela vá, Salvador também insiste. Jacinta aceita, mas fica tensa.

Fátima diz a Leonor que Tomás foi ter com ela e pediu para lhe dizer para não ter medo e falar à vontade com o Juiz, tenta transmitir-lhe confiança. Rosalinda e Domingos pedem para assistir à audiência de Leonor. Guilherme tenta e intervém com a desculpa ao juiz que eles estão nervosos. O Juiz diz que não podem assistir e aproxima-se de Leonor simpático, fá-la rir, seguem para a sala.

Leonor presta o seu depoimento. O Juiz diz-lhe que não precisa ficar nervosa, ela diz que os pais têm medo de que ela goste mais de Tomás do que deles e que ele a leve para os Alpes. O Juiz pergunta se Tomás disse isso e ela diz que não, foi a mãe. Tomás não está atento ao que a mãe diz, pede desculpas pois não consegue parar de pensar em Leonor. Aida tenta tranquilizá-lo, diz que Leonor é uma menina esperta, só vai dizer a verdade ao juiz.

Leonor diz que gostaria de estar mais vezes com Tomás, não quer morar com ele, mas gostava que fossem amigos, no entanto os pais têm medo de que ela goste mais dele do que deles. O Juiz avisa Rosalinda e Domingos que têm de cumprir o acordo e deixarem de penalizar Tomás e Leonor, caso contrário toma outras medidas e deixa Tomás estar com ela quando ele pretender. Domingos não concorda.

(conclusão)

Episódio 116 (6 a 10 de setembro)

Destaques

Tomás salva Fátima de tentativa de rapto

Tomás ameaça Carlota em defesa de Fátima.

 

Tozé diz que a reunião não serviu para nada. Gustavo pergunta se falaram muito mal dele, ao que Tozé não desmente e aconselha-o a contar a verdade. Gustavo diz que não é assim tão fácil e lembra-o do pacto que têm com Carlota sobre a morte Augusto.

Fátima ouve um barulho enquanto conduz, para o carro e percebe que tem um pneu furado. Márcio para a sua carrinha ao lado dela e pergunta se pode ajudar. Fátima fica assustada, tenta parecer calma, mas sente medo. Márcio diz a Fátima que ela tem de parar de provocar Carlota, aperta-lhe o pescoço e arrasta-a para a carrinha. Tomás aparece e trava Márcio, salva Fátima e ajuda-a a trocar o pneu. Tomás avisa Carlota que se ela ou alguém voltam a tocar em Fátima, ele acaba com ela. Mariana entra e Tomás sai. Carlota inventa uma desculpa à filha para justificar Tomás ter estado ali, diz que ele veio porque acha que ela pressionou Gustavo a não falar do vídeo.

Mariana quer saber junto de Fernando se ele sabe qual a razão que leva Vitória a fazer uma viagem repentina, mas Fernando diz que não. Fernando fica enervado por Vitória ter fugido por causa de Carlota, está decidido a pedir o divórcio.

O bolo de Carminho não ficou bom, mas Jacinta diz que com a prática ela vai conseguir. Salvador diz-lhe que se cruzou com a mãe dela e acha que ela nunca vai gostar dele, Carminho pensa em fazer um jantar para juntar as famílias, mas Jacinta não acha boa ideia, pois a mãe não sabe conversar. Jacinta avisa a mãe que não quer que maltrate Salvador, nem a família dele. Sãozinha manda-a calar-se pois enquanto morar ali é sua filha, finge que se sente mal quando Jacinta diz que não a vai convidar para o seu casamento.

Guida descobre uma mala e faz um esgar de nojo, diz para si mesma que Malu não gosta de mulheres. Malu entra e Guida disfarça, finge que acabou de fazer a cama, Malu dá-lhe um presente e Guida, encantada, vai experimentar. Guida diz a Nicolau que encontrou uma mala cheia de “Nicoletos”, que afinal Malu não gosta de mulheres.

Marta não consegue parar de pensar no irmão. Lena diz que vão superar juntos, conta-lhe que fez as pazes cem a mãe. Sebastião conta a Fernando que o cancro de Vasco voltou. Fernando mostra-se disponível para ajudá-lo com os melhores especialistas. Guilherme partilhou o estado de saúde do irmão com Fátima, que se mostra esperançosa, aconselha-o a falar com Ivone. Guilherme volta a falar em casar e Fátima abraça-o apesar de mostrar um ar de angústia.

Manuel e Carminho em pânico porque o Vereador não atendeu Manuel e agora tem o telemóvel desligado. Salvador estranha o tom da mãe, Manuel mente ao filho, diz que a reunião correu bem.

Aida chega a casa acompanhada de Paula, diz que ela vai ficar ali hoje, pois não tem onde dormir. Gustavo não gosta da ideia, ela fala-lhe da reunião com Carlota enquanto Aida vai buscar as coisas para lhe fazer a cama no sofá.

Fátima sabe que Tomás foi falar com Carlota, ele esclarece que a ameaçou e avisou que se voltar a tocar-lhe, acaba com ela e com Márcio. Tomás pede a Fátima que diga a Leonor que está à vontade para dizer o que quiser ao juiz. Guilherme avisa os pais de Leonor que não podem manipular a jovem, ela tem de dizer o que sente, se o juiz perceber que ela foi pressionada vai ser pior.

Hortense volta a trabalhar no dia seguinte, ficou mais animada depois de fazer as pazes com a filha, Lena. Falam da doença de Vasco, Sãozinha aproveita para criticar a vida da família de Vasco. Jacinta informa a mãe que não vai dormir em casa.

 

(conclusão)

Resumo de 30 de agosto a 3 de setembro

Episódio 115 (30 de agosto a 3 de setembro)

Destaques

Carlota e Fernando discutem. Ela pergunta se ele quer o divórcio e ele ignora.

Vasco conta à família que tem cancro.

 

Carlota afirma que foi um acidente. Todos começam a desconfiar uns dos outros. Hortense diz que não contem mais com ela e sai. Tozé não quer entregar o dinheiro, mas Carlota quer entregar e marcar encontro com o chantagista.

Sãozinha serve café a Tozé, comenta que chegou tarde. Jacinta quer ir com a mãe para o forno, mas Sãozinha não quer. Domingos vem à procura de broas, diz a Jacinta que podia começar a fazê-las na padaria já que a mãe deixou de cozer pão.

Guida diz a Fátima que está orgulhosa dela, por ter gritado em tribunal e contado a verdade sobre Carlota. Fátima nem se quer lembrar disso. Fausto diz ao dealer que lhe arranjou a receita uma vez, mas não vai voltar a acontecer.

Carminho preocupada com Vitória. Manuel disfarça a preocupação, diz que o Vereador não lhe atende, mas a reunião é só de tarde. Salvador acha que vai correr mal. Fernando vem procurar Vitória.

Vasco procura estar sereno, Sebastião está impaciente quer saber o que se passa. Vasco diz à família que o cancro voltou. Marta fica muito nervosa. Vasco desdramatiza, não os quer tristes e vai deixar o que tem de fazer para os médicos decidirem, com eles quer passar bons momentos. Sebastião mascara a dor que sente.

Tomás comenta com a mãe que acha melhor trocar de advogado, Sebastião não passa de um fantoche de Carlota, mas Aida não acha boa ideia.

Malu gostava de ir à serra e pensou que Guida pudesse ir com ela. Guida não pode, mas para ir ao centro de atividades que lá arranjam um guia para a acompanhar. Malu preferia um programa de mulheres e dá-lhe uma palmada no rabo, Guida apressa-se a fugir dali.

Manuel preocupado porque o vereador não lhe atende e não combinaram o sítio para a reunião. Nicolau quer sair de casa antes que a mãe meta lá o tio a viver, pergunta o preço das casas de Manuel. Guida conta a Nicolau, que Malu apalpou-a.

Carlota e Fernando discutem por causa de Vitória. Carlota nega que a trancou em uma box e cita-lhe uma mensagem dele que leu no telemóvel de Vitória depois de ele negar que continuava com ela. Carlota pergunta se quer pedir o divórcio. Fernando engole o orgulho e sai. Mariana procura por Vitória, Salvador diz que ela foi ter com os pais, mas se quiser saber mais para perguntar ao pai.

Fátima fala com Guilherme ao telemóvel, ele pede-lhe que vá ter com ele e não quer adiantar mais através do telemóvel. Fátima fica preocupada. Fátima sai para o exterior com um saco de farinha, pousa-o no carrinho de mão e leva para uma zona onde será a estrada. Vasco manda Guilherme encontrar-se com Fátima, ele diz que tem tempo, quer perceber melhor o que o irmão tem. Vasco está conformado, Ivone e Guilherme não querem que ele desista.

Paula tenta perceber se Sãozinha é a chantagista. Salvador sabe que Sãozinha deixou de fazer pão, mas acha que devia voltar a fazer, diz-lhe que Jacinta está a sofrer e ele só a quer ver feliz, mas Sãozinha não o quer ouvir.

Carminho insiste com Fausto para ajudá-la a fazer um bolo, precisa de inspiração para as malas. Fausto não se quer meter mais nisso, aproveita a chegada de Jacinta para sair. Carminho pede a Jacinta para lhe ensinar a fazer bolos.

(conclusão)

Episódio 114 (30 de agosto a 3 de setembro)

Destaques

Carlota prende Vitória numa box do canil e acede ao seu telemóvel e vê as mensagens de Fernando. Vitória decide partir de Portugal.

 

Fernando quer enviar sms para Vitória, mas, por lapso, envia-a para Carlota. Fernando diz-lhe que era para ela, mas Carlota sabe que era para Vitória, furiosa, ameaça cortar-lhe a língua com uma faca se ele não diz a verdade. Vitória acaba de lavar uma box no canil, vê a chamada de Fernando e tenta ligar-lhe, mas ele também não atende.

Carlota vem tirar satisfações com Vitória e tranca-a na box, obriga-a a dar-lhe o código do telemóvel e vê as mensagens trocadas com Fernando. Vitória tenta acalmar-se, consegue puxar o telemóvel com a vassoura e liga a Fernando a pedir ajuda. Fernando atende Vitória sorridente, percebe que ela está a chorar, ela diz-lhe que Carlota é louca e diz que precisa de ajuda no canil. Fernando arranca a toda a velocidade.

Cristina veio interrogar Gustavo, ele diz-lhe que já disse o que tinha a dizer em tribunal e que não pode falar com ele sem a presença do advogado. Cristina diz que tem razão e deixa no ar que até agora as desconfianças de Fátima têm batido certo.

Tomás pede desculpa a Fátima, achou que Gustavo ia contar a verdade. Fátima diz que nem quando ela falou, eles foram capazes de dizer a verdade, grita-lhe para que saia. Fátima aguarda Guilherme quando Sebastião entra com Marta. Sebastião e Fátima discutem. Marta dá razão a Fátima, diz que Gustavo e Carlota não prestam, Sebastião fica irritado.

Sebastião quer manter a defesa de Gustavo como está e não falar de Carlota. Tomás acha que o irmão devia arranjar outro advogado. Gustavo vai para contar o que se passa entre ele e Carlota quando a mãe entra e ele acaba por desistir.

Malu chama Guida, pede que lhe leve toalhas e elogia a sua pele. Nicolau diz a Guida que parece que Malu está interessada nela. Lena irritada com Sebastião, diz que ele não tinha o direito de contar sobre a perda da gravidez à mãe dela.

Manuel mente ao dizer que mandaram vir o esquentador, Salvador quer saber como o pagaram e descobre que a fatura vem em nome de Vitória.

Carlota fica tensa ao ver Aida. Aida confronta-a sobre o que fez aos seus filhos, Carlota defende-se e diz que só quis ajudar Gustavo. Aida diz que se tivesse dinheiro comprava a parte dela da fábrica e diz a Mariana que lamenta a mãe que tem.

Jacinta faz massa de pão para ajudar a mãe, Sãozinha pergunta se foi despedida, ela diz que só está a ajudar, mas se não quiser deita a massa fora. Tozé diz que vai sair com amigos. Hortense muito parada, diz que precisa falar com a filha.

Vitória decidida ir embora do país, Salvador pergunta se foi o tio. Ela diz que eles tinham razão, não vale a pena continuar o relacionamento com Fernando. Salvador quer levá-la ao aeroporto. Vitória agradece tudo o que fizeram por ela.

Fátima mostra ao pai o bilhete que recebeu sobre a morte de Artur e que ligado à morte de Augusto, não lhe disse na altura porque estava doente. Também lhe mostra o cartaz que colocaram no busto de Augusto.

Hortense traz um envelope azul. Carlota diz que se for algum deles para dizer agora. Hortense insinua que possa ter sido Carlota a matar o sogro.

(conclusão)

Resumo de 23 a 27 de agosto

Episódio 113 (23 a 27 de agosto)

Destaques

Gustavo não conta ao juiz sobre o envolvimento de Carlota na morte de Artur. Fátima descontrola-se e conta tudo ao juiz.

 

Guida entra de rompante no quarto quando vem Malu do wc, vestida e Nicolau atrás com a mala de ferramentas. Guida desculpa-se, está com ciúmes, diz que ele tem namorada. Malu convida-a para beber um copo.

Fausto passa a receita ao dealer e diz que não pode voltar a fazer isso. O dealer paga-lhe e sai. Tozé chama-o a atenção que está a dar passos maiores que a perna.

Fátima apressa Guilherme pois não quer chegar atrasada. Guilherme diz para ter calma que é uma simples audiência. Guilherme fala em marcar o casamento mas ela diz que agora não está com cabeça para isso.

Sebastião fica estupefacto com o que Carlota acabou de contar. Ela achou que Gustavo tinha falado com ele. Carlota também admite que pagou ao médico legista. Carlota nega que matou Artur mas Sebastião fica com dúvidas.

Gustavo diz aos pais que podem ir ao café porque a audiência deve demorar. Tomás aconselha-o a dizer a verdade do q se enrolar em mentiras. Mariana também lhe dá força para denunciar a mãe. Na audiência, Gustavo continua a dizer que discutiu com Artur, que foi atrás dele e foi na rua ao pé do restaurante que o viu pela última vez. Guilherme olha para o pai censurando.

Carlota fica nervosa ao ver Valter, diz que teve conhecimento da tentativa de fogo no moinho e que Fátima esteve no hotel a fazer acusações agredindo-a, mas diz que não teve nada a ver com o fogo no moinho. Lena assiste, constrangida.

Guilherme sai da sala a dizer a Tomás que o irmão não é muito inteligente, diz a Fátima que ele não falou de Carlota, nem admitiu ter estado na serra. O juiz vem atraído pelos gritos da conversa sobre o envolvimento de Carlota e Fátima acaba por contar tudo ao Juiz. Guilherme diz a Fátima que não pode perder a cabeça daquela maneira, vai deitar tudo a perder. Fátima revoltada porque Carlota safa-se sempre. Tomás assiste à cumplicidade dos dois.

Carlota tensa porque não sabe o que se passou em tribunal. Mariana joga com a sua ansiedade, diz que Gustavo não abriu a boca, já Fátima acusou-a de ser cúmplice dele.

Jacinta reclama com Simão e Salvador chama-lhe a atenção e diz que os clientes têm sempre razão. Simão fala de Gustavo e Salvador defende-o.

Carminho desespera, aguenta tudo menos tomar banho de água fria. Vitória diz para não se preocuparem com o dinheiro porque também está lá em casa a usufruir. Guida leva Carminho a tomar banho em casa dela. Fausto e Jacinta lembram histórias de criança, Salvador não acha graça a tanta proximidade. Salvador disfarça, desculpa-se com a falta do esquentador em casa.

 

Aida pergunta a Gustavo sobre o que Fátima estava a falar, Moisés pede que se explique, mas ele diz que não tem nada a explicar. Sebastião aliviado por juiz não relevar o que foi ouvido. Tomás diz que está a ficar farto.

Nicolau atrapalhado com toda a atenção que Malu lhe dá. Ela tenta sabe mais sobre Guida, Nicolau diz que gosta muito dela e nem devia estar a falar com ela. Malu descansa-o, diz que não faz o seu género.

Aida quer saber a verdade. Tomás conta o que se passou no dia da morte de Artur. Gustavo não o matou só fez o que Carlota mandou. Tomás acha que foi ela que o matou, conta aos pais sobre o vídeo e a chantagem que fez para ele ficar noivo de Mariana. Guilherme diz a Silvério que Fátima representou-o bem. Aida tem vontade de comprar a parte de Carlota, Moisés diz para ter calma e esperarem pelo que vão descobrir.

Guilherme diz que aquilo que Fátima disse não tem valor, mas o Juiz pode ficar intrigado e querer ouvir Carlota. Guilherme sem vontade de ir para casa, Fátima diz-lhe que pode ficar.

Carlota queixa-se de forte enxaqueca. Pergunta a Fernando como foi o dia dele. Fernando mente-lhe. Carlota inspeciona a roupa dele mas não encontra nada.

Lena irrita-se com a postura da mãe e sai. Sebastião não aguenta e conta à mãe dela toda a verdade, Lena perdeu um filho quando vinha a caminho do funeral do pai, nunca lhe contou para não a fazer sentir-se culpada.

(conclusão)

Episódio 112 (23 a 27 de agosto)

Destaques

Fátima confronta Carlota.

Gustavo diz a Carlota que vai fazer tudo para não ser preso e que todos sabem do envolvimento dela na morte de Artur.

 

Mariana achou que ele não ia aceitar, conta-lhe sobre a traição de Vitória e do pai. Tomás sente-se compadecido com o seu sofrimento. Ela diz que está do lado dele e de Gustavo e se a mãe errou tem de pagar por isso. Mariana agradece-lhe por ter jantado com ela. Tomás mostra compaixão ao perceber o que ela passou, questiona-a se quer mesmo continuar chateada com Vitória, devia perdoá-la e arranjar uma ocupação de que gostasse.

Carlota fica nervosa ao ver Fátima. Fátima acusa-a de ter mandado incendiar o moinho e ainda de ter pago ao médico legista. Carlota diz que ela está maluca e Fátima num ato irrefletido, empurra-a para a piscina. Carlota fica furiosa e com medo de sair da piscina, ameaça chamar a polícia. Fátima diz que não é preciso, porque a polícia não vai tardar muito em procura-la, mente, quando diz que Gustavo vai acabar por denunciá-la. Carlota está irritada com Márcio por ele não ter acabado o trabalho que ela pediu. Fernando fala do que se passou com Fátima, manda-a ter calma e pergunta se não teve mesmo nada a ver com o tipo que tentou incendiar o moinho. Carlota continua a negar o seu envolvimento.

Guilherme e Sebastião conversam sobre o caso de Gustavo. Guilherme tenta saber mais, mas Sebastião não lhe diz nada e penaliza a curiosidade dele perguntando se quer que faça queixa dele à ordem de advogados.

Tozé conta sobre a carta que Gustavo recebeu com a fotografia do acidente. Lena veio ver como está a mãe, quer acompanhá-la na operação, mas a mãe diz que Sãozinha vai com ela. Sãozinha condena-a por tratar assim a filha. Ivone dá indicações a Guida como Hortense tem de tomar a medicação e se não passar para ir logo para o hospital. Fausto apanha o cartão de cidadão da irmã sem que ela perceba.

Salvador queixa-se dos pais, conta sobre dinheiro que deram ao vereador. Jacinta fá-lo ver que os pais já o surpreenderam pela positiva, diz para confiar neles. Salvador fica incomodado ao ver que Jacinta convida Fausto para ir ao cinema com eles. Jacinta repara que a mãe não fez pão. Ela diz que não está para sacrificar Tozé e com o desgosto a massa não saía bem. Jacinta fica a sentir-se culpada.

Elvira fala timidamente, veio desejar sorte para a audiência. Fátima agradece, mas está desconfortável com a sua presença. Fátima conta a Guilherme que foi ter com Carlota e empurrou-a para a piscina.

Tomás fala com os pais sobre a conversa estranha de Leonor quando perguntou se ele ia para os Alpes. Tomás diz ao irmão que ele tem de dizer a verdade, o juiz tem de saber tudo o que se passou através dele.

Carlota queixa-se com dores de cabeça, mas Mariana mostra-se indiferente. Carlota diz que se pudesse voltar atrás, não tinha feito o que fez. Mariana provoca-a, se fosse a Gustavo falava no nome dela, não se enterrava sozinha. Carlota diz a Gustavo que não pode falar no nome dela, Gustavo diz que todos já sabem e vai fazer de tudo para não ser preso.

Sebastião olha para o processo de Gustavo. Vasco e Ivone estão de saída e ela não encontra o seu CC, Vasco diz que depois procura. Marta está feliz porque ficou nos 50 finalistas para o programa de Nova Iorque, Sebastião continua a não querer que ela vá.

Fausto imprime a última receita que a irmã passou, quase é apanhado pela mãe. Ela vem buscar um comprimido para a dor de cabeça e ele aproveita para dizer que vinha fazer o mesmo mas não encontrou.

Vitória conta a Fernando sobre o encontro que teve com Mariana, pelo menos deixou-a explicar-se. Fernando fica com esperanças que a filha os perdoe.

Fátima também diz que é estranho a relação do pai com a tia mas eles são maiores e sabem o que fazem. Tomás diz a Fátima que o irmão já contou a Sebastião mas ela não lhe quer dar confianças por causa da tia.

Paula queixa-se de Elvira não ter ido trabalhar. Sãozinha diz que também tem de sair, vai pedir a Moisés, que a deixa ir. Paula fica furiosa ao ver-se sozinha, rouba-lhe uma capa já feita para ter mais trabalho feito.

Nicolau mostra a Malu os panfletos das atividades, Guida fica com ciúmes. Manuel despede-se deles, está convencido que vai dedicar-se ao empreendimento que estava parado. Marta surpreende Guida que escuta à porta, mente-lhe, diz que viu uma mulher vistosa a entrar num quarto com Nicolau e iam aos beijos. Guida ainda pensa abrir a porta de rompante, mas decide bater primeiro.

(conclusão)

Episódio 111 (23 a 27 de agosto)

(23 a 27 de agosto)Destaques

Fátima desconfia que Carlota contratou Márcio.

Manuel despede-se e suborna o vereador.

Relação de Elvira e Silvério choca todos.

 

Mariana não consegue perdoar a mãe e continua zangada com ela. Considera que a única razão para se ter aproveitado da morte de Artur é ter alguma coisa a ver com a morte. Carlota diz que a questão do vídeo foi a pensar na felicidade dela e fica preocupada com a acusação da filha, quando esta diz que não tem certezas se a mãe tem culpa na morte de Artur.

Nicolau lamenta-se a Guida sobre a relação da mãe com o tio. Não consegue aceitar. Guida diz que ele precisa é de uma distração e provoca-o, ele deixa-se levar e os dois acabam a fazer amor na suíte do hotel que Guida estava a arrumar. Sãozinha quer saber se o filho namora com Marta. Ele diz que não tem nada com ela. Elvira desanca-a por ter ido espalhar que anda com Silvério.

Moisés atrapalhado pergunta a Sãozinha se é verdade o que se diz sobre a relação de Elvira e Silvério, ela confirma. Moisés chama Elvira para a questionar, acusa-a dela não ter ficado com ele e ficar com o cunhado, disfarça a conversa quando Paula se aproxima. Paula diz que fica feliz, não via melhor mulher para o irmão. Elvira sabe o que ela quer e diz para ela resolver os problemas dela diretamente com ele. Paula inventa que veio buscar umas coisas, diz ao irmão que está do lado dele e apoia a relação com Elvira. Paula pede a Anabela para ficar ali às escondidas, ela diz que isso fica mais caro.

Ivone dá algumas recomendações a Guilherme caso tenha enjoos ou dores de cabeça, Fátima diz que fica com ele. Vasco não consegue calçar os sapatos porque tem os pés muito inchados. Ivone diz que não se sabe do paradeiro do médico legista. Fátima fica frustrada e comenta que desconfia que Carlota tenha contratado Márcio para ir ao moinho, não seria a primeira vez que ele suja as mãos por ela. Na loja de mel, Fátima comporta-se como uma cliente e pergunta por Márcio. O empregado diz que ele foi de férias. Márcio avisa Empregado se ela voltar para dizer que está no estrangeiro. No moinho, Valter recolhe as provas. Fátima tem a certeza que foi Márcio, conta que foi à loja e o colega disse que ele tinha ido de férias. Valter diz que a polícia vai investigar.

Nicolau e Tozé falam da reunião que Carlota quer fazer com todos os que tiveram no acidente do velho Augusto. Eles contam a Hortense sobre a chantagem que alguns andam a receber com fotografias de partes do carro dele, mas mesmo assim ela mostra-se firme e diz que não vai. Gustavo vai à porta e só vê um envelope azul, fica nervoso ao ver que é uma fotografia do acidente de Augusto, diz ao irmão que é publicidade. Gustavo mente, diz que já contou a Sebastião sobre o envolvimento de Carlota. Gustavo não sabe como vai meter o dinheiro no apartado se for preso. Tozé pede a carta para levar à reunião, Gustavo diz que não se fie muito em Carlota, se tiver um plano é para ela se safar.

Manuel diz a Fernando que tem de encontrar outra pessoa para o lugar dele, o PDM vai alterar e vai conseguir urbanizar o terreno que tem. Fernando está cético em relação ao terreno. Manuel agradece tudo o que fez por ele e por Carminho. Carminho fica preocupada por Manuel ter-se despedido mas ele está confiante. Salvador fica em choque ao saber que os pais subornaram o vereador para alterar o PDM.

Jacinta vem a reclamar dos clientes, repara que Fausto olha para Vitória e incentiva-o a ir ter com ela, ele convida-a para um copo de vinho à noite mas ela declina. Salvador diz a Jacinta para irem ao cinema, Fausto pergunta se o convite também é para ele e Jacinta diz que sim sem que Salvador tenha tempo de responder. Fica desagradado por ter de ir ao cinema a três.

Leonor pergunta a Tomás se está a pensar ir para os Alpes, ele diz que não, quer ficar perto dela. Diz-lhe que não foi ele que pediu para falar com o juiz, mas para dizer o que quiser que não vai ficar chateado. Tomás agradece a Salvador, ele pede que não comente com Fausto.

Guida pergunta à mãe se agora confia no irmão para negociar o pão. Hortense intervém para anular suspeitas e diz que deve ter ido ter com Marta. Jacinta quer falar com a mãe mas ela não quer.

Fátima pede a Nicolau para chamar Carlota. Ele diz que está no spa e vai demorar, pede que vá embora para não ter problemas. Nicolau sai e Fátima vai ter com Lena e pede para usar o spa, diz que só conseguiu vir agora, não tem muitas horas livres mas gostava de relaxar e foi um presente de Guilherme.

(conclusão)

Episódio 110 (23 a 27 de agosto)

Destaques

Carlota contrata Márcio para fazer desaparecer Fátima.

Silvério quer assumir publicamente a sua relação com Elvira.

Leonor decide que vai contar toda a verdade ao juiz. Rosalinda e Domingos fazem chantagem emocional.

 

Carlota oferece dinheiro a Márcio para ele assustar Fátima, quere-a longe da serra. Diz que não lhe interessa o que ele vai fazer, só quer que ele desapareça uns tempos depois de o fazer. Fátima está muito enervada com a conversa com Gustavo. Ivone diz que tem de estar preparada porque pode nunca vir a descobrir o que aconteceu. Fátima conta que soube que foi ideia da Carlota de meter Artur na carrinha e simular que tinha sido acidental. Gustavo acabou de contar a conversa que teve com Fátima. Tomás dá um prazo ao irmão para contar a Sebastião sobre o envolvimento de Carlota, se não o fizer ele mesmo conta, diz que Carlota vai ser investigada quer ele queira quer não.

Guida está insegura acha que a culpa é dela por Nicolau não ter conseguido ter uma ereção. Nicolau está muito nervoso por causa do envelope, despacha-se porque diz que tem o jantar, depois compensa-a.

Hortense reclama por ter de comer canja. Lena vinha convidá-la para ir para a sua casa mas Hortense diz que dispensa favores. Sãozinha queixa-se que ela está impossível.

Silvério quer tornar publica a relação com Elvira, mas esta tem medo que não aceitem. Ele diz que já falou com Fátima e ela apoia-o a ter uma relação. Elvira aceita contar mas não está convencida. Elvira apressa a família, não quer chegar atrasada ao jantar. Ivone repara que a mãe está muito nervosa. Todos insistem em saber o que se vai passar no jantar e Elvira adianta-se e conta que está a namorar com Silvério. Este recebe sms de Elvira dizendo que já não vão, vê-se obrigada a explicar a Fátima a razão pela qual já não vai haver jantar lá em casa e conta que está a namorar com Elvira. Fátima fica chocada. Nicolau está muito nervoso e não para de falar, Ivone manda-o calar. Fausto diz que é estranho mas as pessoas não escolhem quem amam. Nicolau não consegue olhar para a mãe, sai. Elvira diz que não escolheu, apenas aconteceu, sente-se arrasada. Nicolau pede para falar com Guida. Sãozinha repara que ele não está bem e diz que não são horas de fazer visitas. Sãozinha ouve Nicolau contar a Guida que a mãe e Silvério estão juntos. Sãozinha furiosa, conta a Rosalinda sobre o romance de Elvira com Silvério. Rosalinda não acredita nela e manda-a não inventar essas coisas por aí mas fica desconfiada.

Vitória diz a Mariana que sempre lutou para não se apaixonar por Fernando e para não perder a sua amizade mas não conseguiu, fá-la ver que Tomás também ia sentir-se enganado se soubesse do aborto, numa perspetiva de que todos erram. Fernando está preocupado com a filha. Carlota fica apreensiva quando pensa que ela contou alguma coisa a Fernando.

Carlota manda Paula reunir todos os que estiveram no acidente e diz que perdoa-lhe a divida do hotel. Tozé prepara-se para o trabalho quando Paula entra. Paula avisa-o que Carlota quer uma reunião com todos os que estiveram no acidente.

Leonor quer saber quando vai falar com o juiz, já sabe o que vai dizer e que será a verdade. Domingos diz mal de Tomás, que quer ficar com Leonor e tirá-la deles. Rosalinda e Domingos estão conscientes da chantagem emocional que estão a fazer com a menina.

Fátima conta a Cristina sobre o vídeo. Esta diz que sem provas não pode fazer nada e a palavra de Gustavo vale pouco perante a palavra de Carlota. Não deixa de achar estranho ter sido ela a ajudá-lo.

A pedido de Carlota, Márcio força a entrada no moinho e começa a regar tudo com gasolina, mas é surpreendido por Guilherme que se atira a ele. Márcio empurra-o e Guilherme fica zonzo dando oportunidade de Márcio fugir. Fátima vê agora a lesão de Guilherme e pergunta o que se passou. Ele conta-lhe que apanhou um homem a regar o moinho e quando o viu com o isqueiro atirou-se a ele, mas ele empurrou-o e fugiu. Fátima tem a certeza que foi Carlota.

Sebastião diz a Gustavo que tem uma audiência amanhã, Gustavo pede ao irmão e à mãe para saírem para falar a sós com Sebastião. Tomás diz-lhe que não se esqueça do que falaram.

Silvério está nervoso, diz a Nicolau que veio falar com a mãe. Silvério não quer desistir dela, enfrenta tudo por ela. Elvira gosta das suas palavras e mais animada vai trabalhar e enfrentar o falatório.

(conclusão)

Resumo de 16 a 20 de agosto

Episódio 109 (16 a 20 de agosto)

Destaques

Leonor é chamada a tribunal.

Carlota acusa Fátima que fez mal em ter contado a Mariana sobre o vídeo. Fátima quer obrigar Gustavo a falar.

 

Fernando percebe que a filha não está bem, quer saber o que pode fazer para a ver melhor. Mariana pergunta se acha que a mãe era capaz de matar. Fernando não percebe a pergunta mas acha que já tinha percebido se tivesse casado com uma assassina.

Fátima fica espantada ao saber que Carlota foi à sua procura, Silvério diz que foi Anabela que correu com ela e conta-lhe que Elvira disse que Paula estava a dormir no moinho.

Guida mostra-se simpática com um hóspede e Nicolau sente ciúmes, pergunta se ela tem alguma coisa com ele. Acabam os dois a discutir e ela diz que estavam a falar da pressão da água e sai irritada.

Manuel e Carminho brindam com café. Manuel está confiante que o Vereador vai ajudá-lo e fala em despedir-se do hotel. Salvador ouve e eles disfarçam. Carminho muda de assunto, fala do seu novo site.

Tozé mostra o envelope com a fotografia que recebeu. Acham que alguém os quer assustar. Nicolau diz a Carlota que precisam falar. Nicolau está em pânico porque Tozé também recebeu uma fotografia. Tozé lembra-se do acidente. Os dois comparam fotografias e não são iguais. Carlota diz que pode ser uma fotografia do acidente ampliada onde aparecem todos. Guida estranha ver Tozé e Nicolau saírem do escritório de Carlota, Tozé diz que veio renegociar o pão e Nicolau lá consegue inventar que foi pedir um aumento para poder passar mais noites no hotel com ela.

Carlota diz que não tinha nada de contar a Mariana sobre o vídeo e a chantagem. Fátima acusa-a de ser má mãe e que todos vão ficar a saber que ela está implicada na morte do irmão. Fátima quer tentar convencer Gustavo a falar, mas Guilherme diz que se ele não quiser não o pode obrigar. Ela conta-lhe que foi ter com Carlota que a acusou de ter feito mal a Mariana ao contar a verdade.

Guilherme diz-lhes que fez o requerimento mas o juíz já tinha emitido um despacho, quer falar com Leonor, que fica assustada. Tomás fica a saber por Sebastião que o Juíz quer falar com Leonor, fica muito preocupado, não a queria ver metida no assunto. Aida descansa-o, Leonor é crescida e vai saber lidar com a situação. Estão todos muito nervosos. Guilherme diz a Leonor que vai ser uma conversa normal para não ter medo. Culpa Domingos e Rosalinda por estarem nesta situação, se tivessem permitido as visitas nada disto era preciso.

Sebastião e Vasco discutem por causa de Vasco querer comprar casa, ele não gosta do namoro dele com Ivone. Lena quer que a mãe vá viver com eles, Sebastião só concorda se lhe contar a verdade.

Sãozinha fez oração para a massa levedar. Jacinta vem a colocar um creme da irmã, atira à cara da mãe que vai ter um contrato e não vai ser maltratada nem explorada. Hortense não para de pedir favores, Sãozinha começa a ficar saturada. Paula queixa-se de Sãozinha não ter ido trabalhar. Elvira recebe sms de Silvério e Paula vê que é do irmão e atira que estão bem um para outro. Moisés percebe que Paula fica no hotel e andou a comprar botas caras, decide não lhe adiantar mais dinheiro.

Tozé surpreso ao ver Marta. Ela não acredita que ele se preocupe com ela. Tozé diz-lhe que gosta dela mas era cedo para pensarem numa coisa séria. Marta chora, Lena vai ter com ela mas Marta pede que a deixe em paz.

Fausto e Jacinta divertidos a recordarem os tempos em criança. Salvador entra no momento que falam do beijo que deram no passado e fica com ciúmes por nenhum deles lhe ter contado.

Tomás não pediu ao juiz para falar com Leonor, a sua intenção foi que cumprissem com o acordo do tribunal. Domingos diz que a vontade dele era desfazê-lo. Rosalinda chega a tempo e manda Tomás sair para os ânimos não se exaltarem mais.

Gustavo sente-se angustiado quando Fátima lhe atira à cara como é olhar para a carrinha onde enfiaram o irmão. Ele diz que não o matou e diz-lhe que Tomás sempre quis contar-lhe a verdade, ele é que sempre implorou para que não o fizesse.

(conclusão)

Episódio 108 (16 a 20 de agosto)

Destaques

Mariana desiludida fala com Carlota sobre o vídeo e a chantagem que ela fez a Tomás para casar.

 

Ivone suspeita que Hortense tenha pedra na vesícula, ela mete em causa o que diz. Ivone vai falar com Lena para a levar a um especialista, mas Hortense não quer que lhe diga.

Guida dá os bons dias a Marta que não responde, as duas discutem. Guida fica aflita por a ter enervado, e acaba por lhe dar razão.

Mariana procura pela mãe e confronta-a por ter chantageado Tomás, diz que ficou a saber através de Fátima. Carlota diz que ninguém pode saber que ela ajudou Gustavo. Mariana está muito desiludida. Fátima conta que Mariana a procurou e ela contou-lhe toda a verdade. Tomás não teve coragem, vem alertá-la porque Carlota ameaçou-o se falassem do vídeo e que o alvo de Carlota é Fátima. Tomás pede desculpas a Mariana, não lhe contou sobre o vídeo e a chantagem do casamento, para não dar mais nenhum desgosto. Mariana mostra o anel, ele diz que foi a mãe que o comprou, sente-se culpado.

Paula pede dinheiro emprestado a Elvira, diz que dormiu no moinho mas ela não acredita. Sãozinha está muito abatida, Aida fica em saber o que dizer quando ela começa a chorar e fala sobre a traição de Jacinta.

Fausto e Jacinta estão muito animados mas Salvador irritado, reclama que há loiça para levantar. Rosalinda pede as bolas de milho que Leonor gosta e fala de Sãozinha com Jacinta. Jacinta conta que quem passou mal foi Hortense, desprezando o que a mãe sente.

Guida acena a Nicolau mas ele não chega a ver. Ela fica irritada quer saber de quem é a mensagem, ele diz que é de Paula, acaba por lhe mostrar que é ela a convidá-lo para tomar um copo. Guida diz que vai também.

Vasco conta a Fátima que anda a ver casas, vai viver com Ivone. Fátima fala da proposta que Guilherme recusou por sua causa e Vasco estranha. Fátima contou a Mariana sobre o vídeo e Tomás também quis falar sobre o assunto. Pede mimo a Guilherme. Carlota vai a casa de Fátima mas Anabela diz a Carlota que não a quer ali. Carlota chama-a de malcriada e pede que diga a Fátima que esteve ali.

Silvério não consegue esquecer o que se passou e Elvira também não. Ele diz que gosta dela e a sua vontade era sair de mãos dadas com ela na frente de todos. Ivone estranha ver o tio ali que fala de Hortense ter-se sentido mal.

Sãozinha está preocupada com Hortense, que diz que tem um tumor, Ivone mandou-a ir a um especialista mas ela acha que não vale a pena. Sãozinha recebe um envelope e fica intrigada com a mensagem, Hortense diz que só pode ser uma brincadeira. Hortense aborrecida por Lena estar ali, Ivone não devia ter dito nada. Lena quer levá-la ao médico e cuidar dela mas Hortense não precisa dela. Lena sente-se triste.

Vasco confronta Guilherme sobre ter recusado um trabalho, Guilherme ainda tenta inventar uma desculpa mas Vasco sabe que mentiu a Fátima e não acha bem. Ivone conta a Lena que Hortense sentiu-se mal.

Rosalinda e Domingos não querem que Leonor esteja com Gustavo. Guilherme vai tentar que os encontros se façam noutro local. Rosalinda diz que se pudessem estar presentes é que era, Guilherme duvida que isso seja possível. Sebastião diz a Tomás que entregou o requerimento e ainda falou com o juíz para fazer alguma pressão. Tomás pergunta ao irmão se não quer aproveitar para falar, mas ele diz que não tem nada para falar.

Paula e Guida discutem, Paula não percebe porque ela veio se não a convidou. Sãozinha traz o envelope com a fotografia para Tozé ver, ele deita-o no lixo diz que deve ser uma brincadeira de mau gosto.

 

(conclusão)

Episódio 107 (16 a 20 de agosto)

Destaques

Tomás entra com requerimento em tribunal pela guarda de Leonor

Fátima conta tudo a Mariana sobre o conteúdo do vídeo e a chantagem de Carlota para Tomás casar com Mariana.

Carlota ameaça Tomás para esquecer o vídeo senão quer que Fátima sofra.

Fátima faz as pazes com Guilherme e volta usar o anel de noivado.

 

Mariana quer saber de que vídeo Tomás e a mãe falavam porque a explicação da mãe não a convenceu. Aida interrompe e Tomás diz ao irmão que se ele não contar a verdade, ele conta, pois não vai proteger Carlota. Mariana vê a pasta com todas as notícias que saíram sobre a morte do avô. Fernando quer conversar mas ela não quer falar de Vitória, conta-lhe a conversa que ouviu entre a mãe e o Tomás. Fernando não sabe sobre o que fala. Mariana quer saber de que vídeo a mãe e Tomás falavam. Fátima conta-lhe o conteúdo do vídeo e a chantagem que a mãe fez com Tomás para ele pedi-la em casamento. Mariana fica em choque. Mariana sente-se muito humilhada, custa-lhe a acreditar que isto é verdade. Fátima diz que foi o que Tomás lhe contou. Mariana não quer que tenha pena dela, deve estar a sentir-se importante. Fátima diz-lhe que nunca vai perdoar Tomás.

Tomás diz que Carlota voltou a ameaçar Fátima se falarem do vídeo. Gustavo acha melhor fazer o que ela diz. Tomás quer ligar à Inspetora para ele contar toda a verdade, acha que foi Carlota a drogar Artur. Carlota ameaça Tomás para esquecer o vídeo se não quer que Fátima sofra.

Elvira já sabe que Silvério foi a casa de Gustavo e diz ele não devia ter ido. Silvério não precisa de moralismos, diz que Fátima já o fez. Ela diz que se preocupa com ele e mostra-lhe o ferimento. Não se resistem.

Carminho mostra o cheque a Manuel, está feliz pelo trabalho ter rendido aquele bom valor. A vontade era ir às compras mas diz a Manuel que marque a reunião com o vereador. Carminho deseja boa sorte a Manuel. Salvador orgulhoso da mãe, ela mente diz que ainda não recebeu dinheiro das malas. Ele diz que quando receber logo pensam onde investir, diz que pode ajudá-la a criar uma marca.

Jacinta fala com Guida sobre a mãe não reagir à sua saída de casa e trabalhar na padaria. Guida diz para lhe dar tempo. Fátima conta que se chateou com Guilherme, Guida diz-lhe que Tomás hoje também lhe perguntou se ela era feliz e ela não foi capaz de lhe responder.

Elvira e Silvério estão calados, ele pergunta se ela está bem e antes de ela responder, batem à porta. É Guilherme e Anabela, ela fala da surpresa que Guilherme quer fazer a Fátima. Elvira diz que ela e os de casa vão jantar fora para Guilherme e Fátima ficarem mais à vontade e fazerem as pazes.

Hortense veio ver como está Marta, percebe que ela gosta de Tozé apesar de ela negar. Hortense não quer ficar para jantar. Sebastião volta a dizer a Lena que devia contar a verdade à mãe.

Leonor discute com Rosalinda por terem passado a tarde no dentista porque foi sem marcação. Domingos vem com o telemóvel dela e pergunta porque ligou a Tomás. Rosalinda mente, diz que foi ela. Leonor está com medo de Domingos.

Tomás diz a Sebastião que não esteve com Leonor, Rosalinda disse que tinha dentista mas Leonor ligou-lhe a diz que foi para lá sem marcação, estava triste, também conta que ela fica com medo de Domingos, que andou aos pontapés a coisas na mercearia. Sebastião diz ao Juíz que deu entrada com um requerimento sobre o caso de Leonor. O Juíz pede que lhe explique melhor o que se passou, ele diz que além de boicotarem as visitas, ela contou ao seu cliente que o pai foi violento.

Fátima já falou com o pai e sobre o quanto o incentivou mas nunca o devia ter feito, conhece-a. Guilherme promete-lhe nunca mais tomar nenhuma decisão sobre ela sem a consultar. Fátima volta a colocar o anel.

Nicolau diz que foi ao Burel atrás de Paula para pagar a conta. Silvério pergunta a Anabela se ela não lhe pediu para ficar lá em casa, ela diz que não e se pedisse metia a chave na porta como eles fizeram. Elvira muito atrapalhada, muda de assunto. Paula entra no moinho às escuras, cai em cima das sacas e fica suja de farinha. Paula deita-se e tapa-se com uma manta de Burel, está cheia de frio.

Hortense ralha com Tozé por este se ter metido com Marta se não tinha intenções de namorá-la. Tozé queixa-se do que passou no forno, com a mãe mas Jacinta não tem pena. Hortense não se sente bem e Jacinta liga de imediato a Ivone.

(conclusão)

Episódio 106 (16 a 20 de agosto)

Destaques

Fátima termina noivado com Guilherme.

Tomás confronta Carlota, quer saber porque o irmão não a denuncia quando ela anda a chantageá-lo.

 

Fátima diz ao pai que não devia ter ido a casa de Gustavo. Ele não se arrepende e diz que voltava a ir. Guilherme sugere viajarem uns dias para estarem juntos, mas Fátima diz que não pode e fica descontente por ele andar sempre atrás dela com a desculpa que a quer ajudar.

Tomás discute com o irmão, esteve com Sebastião e ele ainda não sabe do envolvimento de Carlota. Gustavo diz que não quer falar dela. Tomás quer saber porque a defende. Aida chega e disfarçam, falam de Silvério ter ido lá a casa. Tomás confronta Carlota, quer saber porque o irmão não a denuncia quando anda a chantageá-lo. Carlota insiste que só foi ajudá-lo mas Tomás não acredita e atira que ela usou o vídeo da encenação da morte de Artur para o obrigar a casar com Mariana.

Carlota diz que ele não devia ter contado nada a Fátima. Mariana ouve-os, quer saber de que vídeo falam. Carlota fica nervosa. Mariana insiste em saber de que vídeo ela e Tomás estavam a falar. Carlota inventa que era um vídeo de Márcio e que Fátima veio à conversa porque Tomás só a vê a ela. Mariana fica desconfiada.

A pensar em separar-se de Carlota, Fernando pede conselhos a Sebastião. Sebastião avisa que ela pode prejudica-lo muito, tem dois assuntos graves contra ele e nunca vai aceitar o divórcio de ânimo leve. Fernando quer saber se há fora de não ser implicado no desfalque. Disfarçam e falam de Marta quando Carlota entra. Fernando diz a Vitória que falou com Sebastião e ele vai ver como pode divorciar-se. Carminho diz que apoia a sua separação mas não apoia o caso deles, avisa-os da tempestade que aí vem.

No hotel, o cartão de débito de Paula não efetua o pagamento e ela culpa as máquinas. Nicolau diz-lhe que ela não tem saldo e comenta as botas novas dela que devem ter custado uma fortuna. Paula diz para mandarem a conta para a fábrica. Manuel fica preocupado e vai falar com Lena e Carlota.

Elvira tira fotos a Jacinta a trabalhar e envia para Sãozinha. Fausto chama a atenção da mãe. Sãozinha entra mas finge que nem vê Jacinta, apressa Elvira para irem trabalhar.

Fátima fica muito espantada quando percebe que Guilherme contratou um homem a consultar. Guilherme diz que só quer ajuda-la. Fátima entrega-lhe o anel e diz que não quer casar. Desapontada com Guilherme, diz que ele não tem o direito de decidir por ela. Guilherme diz que não fez com essa intenção, pede que não desista da relação deles. Fátima comenta com o pai o que Guilherme fez. Silvério não vê mal e diz que até lhe disse que achava bem. Fátima fica a sentir-se mal quando o pai enumera as coisas boas que Guilherme já fez por eles.

Tomás conversa com Nicolau sobre Gustavo. Tomás sabe que todos acham que ele é culpado, Nicolau tenta dizer que não. Tomás pergunta a Guida se Fátima é feliz com Guilherme, ela não quer falar deles mas Tomás sabe que ela não vai ser feliz com ele.

Sãozinha não fala, Elvira puxa por ela e Sãozinha afasta-se quando falam de Jacinta para não chorar. Moisés aproveita para falar de Silvério ter ido lá a casa para bater em Gustavo. Na padaria, Jacinta está a pensar na reação da mãe quando Salvador a alerta para a quantidade de fiambre que está a colocar na sandes. Jacinta sai para ver se a mãe lhe meteu as malas à porta.

Vasco fala da cara de Elvira por ele ter aparecido lá em casa, Ivone diz que gostou da surpresa. Vasco quer viver com ela mas Ivone tem medo.

Rosalinda diz a Tomás que Leonor tem dentista e ele diz que vai com ela mas Rosalinda diz que não, que prefere ser ela a acompanhar Leonor ao dentista. Pede a Tomás que não a leve para junto de Gustavo, ele controla-se, diz que o irmão é inocente mas vai fazer o que pede tentando respeitar o receio de Rosalinda.

Guida mostra-se sedutora para Nicolau, diz que precisa da ajuda dele e Nicolau acaba por ceder. Manuel interpela-os, está preocupado com Jacinta. Conta-lhes que ontem se fartou de rir, não sabe o que se passou, só espera não estar doente.

Sãozinha chora por ter perdido Jacinta. Elvira diz que ela está a exagerar, Jacinta sempre foi sua amiga e agora apaixonou-se e que é normal. Paula manda Nicolau embora, diz que depois lhe paga. Moisés diz a Paula que não vai dar-lhe mais nenhum adiantamento.

Jacinta diz que o quarto estava igual, a mãe não mexeu em nada. Jacinta sem paciência para ouvir a conversa de Vasco, Salvador reprova a forma como ela fala com os clientes mas não diz nada. Enquanto Vasco vê casas, Guilherme confessa-lhe que fez asneira com Fátima.

(conclusão)

Resumo de 9 a 13 de agosto

Episódio 105 (9 a 13 de agosto)

Destaques

Silvério tenta agredir Gustavo. Tomás defende o irmão e Guilherme acusa Tomás de atacar Silvério.

Jacinta vai trabalhar para a padaria de Salvador.

 

Leonor pede à mãe para ir ter com Tomás. Rosalinda diz que não é dia de se encontrarem e têm de respeitar as ordens do tribunal. Leonor acusa que eles também não as respeitaram quando inventaram que estava doente.

Fátima estranha não ver o pai em casa. Anabela diz que não sabe dele, achou que estava com ela. Fátima liga para ele mas ele não atende. Em casa da família Folgado, Tomás joga com o irmão, estão os dois descontraídos. Tomás abre a porta a Silvério que quer bater em Gustavo. Tomás agarra-o e Silvério acaba por cair desamparado. Tomás defende o irmão. Gustavo diz que era amigo de Artur, discutiram mas não ia envenená-lo. Silvério não acredita nele e também culpa Tomás por se ter aproximado de Fátima.

Guilherme viu o depoimento de Gustavo entre as coisas do pai. Diz a Fátima que vai ajudá-la, mas ela não gosta que ele ande sempre atrás dela. Fala a Silvério sobre contratar uma pessoa para ajudar Fátima no moinho. Silvério conta-lhe que foi a casa dos Folgado. Fátima diz a Guilherme que não precisava ter vindo com ela. Guilherme ataca Tomás, acusa-o de ter batido em Silvério. Ele diz que não foi bem assim e diz a Fátima para confirmar com o pai.

Carlota tenta saber mais sobre Gustavo. Mariana acha mesmo que ele é inocente. Carlota fala para parecer que ele é culpado. Mariana muda de assunto, diz à mãe que se quiser separar-se do pai, tem o seu apoio.

Salvador está muito irritado com Fausto por ter pedido à mãe para guardar droga e andar a vendê-la na padaria. Fausto promete que não volta a acontecer. Salvador convida Jacinta para trabalhar com eles na padaria, diz que está contratada, mas ela tem medo da mãe. Salvador diz que vai correr bem e assim passam mais tempo juntos. Tozé queixa-se do trabalho todo que tem, agora que ajuda a mãe.

Fausto entrega queques a Vitória, conta que discutiu com Salvador por causa da erva. Fausto convida Vitória para beber um copo mas ela desculpa-se que tem de ajudar Carminho. Vitória diz que tem de falar com ela por causa de Fernando. Carminho e Vitória estão sob o efeito dos queques de erva. Vitória tem sono e fome. Manuel elogia o trabalho de Carminho e ela começa a dançar com ele. Manuel tira um queque e come, elas ficam em pânico mas deixam-no comer. Carminho diz a Salvador que Manuel comeu dos bolos especiais.

Nicolau está a contar a Marta a ideia de Manuel para conquistar Guida. Marta lamenta-se que só ela é que não tem sorte. Lena chama Nicolau da receção e chama-o à atenção pois reservou um quarto que está em remodelação. Ouvem barulho no lounge, Lena sai apressada para lá e vê Marta a ter um ataque epilético com convulsão. Lena acalma-a, pede a Nicolau que arranje um quarto para ela descansar.

Nicolau conta a Guida sobre Marta. Guida fica com ciúmes só por ele estar a falar dela. Nicolau diz que a compensa, combina encontro para a noite mas ela diz que não pode, está muito preocupada com um amigo.

Lena diz que Marta teve uma crise. Ivone diz-lhe que não deve beber mas mesmo que beba tem de tomar sempre a medicação. Marta conta a Lena que bebeu porque estava interessada numa pessoa e ela não sentia o mesmo por ela.

Domingos está muito exaltado por causa de Tomás, diz que se a justiça não os ajudar será ele mesmo a acabar com ele. Leonor ouve tudo muito assustada. Rosalinda diz-lhe para ir comer um hambúrguer com Anabela. Leonor diz a Tomás que pediu à mãe para ir ter com ele e ela não deixou e quando chegou a casa, o pai estava muito irritado a bater em tudo. Tomás diz que amanhã estão juntos mas fica preocupado e pergunta se ele alguma vez lhe bateu, ela diz que não.

Tomás explica a Fátima o que aconteceu com Silvério. Ela admite que o pai quando se enerva perde a razão. Tomás fala da atitude de Guilherme, Fátima não diz nada, mas também não gostou.

Tozé tem pena de Gustavo, diz que acredita nele e aconselha-o a contar o que se passou naquela noite. Gustavo diz que eles não querem saber a verdade, só querem um culpado.

Tomás tenta perceber se o irmão contou a verdade a Sebastião. Este diz que segundo ele a última vez que esteve com Artur foi na aldeia. Sebastião pergunta se sabe de mais alguma coisa e Tomás disfarça.

(conclusão)

Episódio 104 (9 a 13 de agosto)

Destaques

Silvério quer Gustavo na cadeia.

 

A jornalista Lucinda tenta saber mais sobre Gustavo junto de Fátima. Esta tem vontade de contar o que sabe sobre Carlota mas retrai-se, limitando-se a dizer que o que importa é que a polícia faça o seu trabalho e descubra toda a verdade.

Sãozinha admite que falou com Vitória e que ela disse que deixou Salvador porque a traiu. Jacinta diz à mãe que está muito triste, a felicidade dela é a última coisa que lhe importa, chama-a de egoísta.

Nicolau convida Guida para jantar, diz que precisam falar. Guida diz que vai ter ao restaurante, não precisa buscá-la. Tozé e Jacinta gozam com Guida por estar produzida. Eles insistem e ela confirma que vai jantar com Nicolau. Diz ao irmão que Marta não teve nada com Nicolau, mas Tozé também se apressa a dizer que não tem nada com ela.

Lena abre a porta a Carlota. Sebastião apressa-se a recebê-la e diz que Fernando acabou de sair. Lena não desmente. Carlota quer promover o ajudante de Gustavo até a situação dele ficar resolvida.

Fernando sabe sobre o estalo que Mariana deu a Vitória. Vitória diz que a chapada doeu menos que aquilo que sente. Fernando conta-lhe porque não pode separar-se de Carlota. Carlota vai para pegar no telemóvel de Fernando quando este aparece. Ele diz que depois de sair da casa de Sebastião foi ao contabilista. Ela quer saber se Vitória o procurou. Ele diz que não mas espera que Mariana e ela se entendam e voltem a ser amigas.

No quarto de Mariana, esta pergunta se é verdade que Fátima está noiva, Guida confirma, o que deixa Mariana feliz. Guida deseja-lhe sorte se acha que Tomás vem a correr para os braços dela. Mariana fica irritada e manda-a sair.

Paula está curiosa em ver a pulseira eletrónica de Gustavo. Diz-lhe que é bem-feita por ter andando a gozar com ela. Paula muda o registo quando Aida entra, oferece-se para ficar a supervisionar a fábrica mas Aida diz que amanhã o marido já lá está. Mariana também vem saber como está Gustavo, dá-lhe uma força. Gustavo está farto de visitas, sabe que ela veio para ver Tomás. Este pede desculpas por Gustavo. Tomás manda Lucinda sair, diz que o irmão não vai falar.

Hortense serve mais uma aguardente a Silvério mas avisa para ele ir com calma. Ele lembra-se de quando encontrou o filho morto. Hortense dá-lhe um chá mas ele não quer, está revoltado porque Gustavo devia estar na cadeia. Guida está preocupada com Silvério, que diz que não vai tarde para casa. Nicolau e Guida fazem acordo, até encontrarem outras pessoas, estão juntos sempre que queiram. Silvério irritado com Sebastião por este defender Gustavo. Guida olha Nicolau apaixonada, finge dormir quando ele se mexe e agora é ele que a olha. Tentam parecer descontraídos com o acordo que fizeram.

Vitória está bem-disposta, trouxe jantar para agradecer a hospitalidade. Carminho é obrigada a contar ao filho que disse ao pai que a droga que guardou de Fausto era dele.

Elvira diz que lhe custa trabalhar e olhar para a cara dos patrões. Rosalinda espera bem que não apareçam na mercearia e também não vai deixar Leonor ir lá a casa. Fátima diz que eles não têm culpa. Silvério chega alcoolizado.

Lena pergunta a Vasco quando volta ao trabalho. Vasco diz que não sabe mas pode dar-se ao luxo de ficar uns anos sem trabalhar. Marta diz que esteve a beber uns copos, Sebastião fica preocupado com a saúde da filha. Vasco diz ao pai para não estar sempre a lembrá-la da doença.

(conclusão)

Episódio 103 (9 a 13 de agosto)

Destaques

Gustavo é constituído como principal suspeito pela morte de Artur. Fica em prisão domiciliária.

Marta conta a Guida toda a verdade sobre a relação fingida com Nicolau.

 

Sãozinha interessada na história sobre a chapada que Mariana deu a Vitória, acha que tem a ver com algum homem. Guida diz que tem de sair, mas não diz onde. Jacinta vai para falar mas a mãe diz que não fala com ela. Sãozinha faz proposta a Vitória para acabar com o namoro de Salvador e fala mal de Jacinta. Vitória diz que não vai meter-se entre eles e ela devia fazer o mesmo. Sãozinha pede também a Elvira para expulsar Jacinta e Salvador do rancho mas Elvira contraria-a e diz que está a pensar dar-lhes mais destaque.

Fausto vai ver como está Vitória mas pede a Nicolau para não dizer nada a ninguém. Elvira vai levar a comida que sobrou a Silvério. Nicolau sabe que Guida não tem a tv estragada, foi Tozé que lhe disse. Marta sai com Tozé do quarto, foge, mas Guida ainda vai a tempo de perceber que é ela. Tozé pede para não dizer nada à mãe. Guida diz que Nicolau namora com ela, o irmão fica admirado, diz que não sabia. Guida vai tirar satisfações com Marta por a ter visto sair lá de casa. Marta fica com medo, confessa-lhe que gosta de Tozé e que com Nicolau não passou de fingimento para lhe provocar ciúmes. Marta diz a Tozé que nunca teve nada com Nicolau, foi um plano dele para fazer ciúmes a Guida. Fala em namoro, mas Tozé diz que ela está a ir depressa demais. Marta fica magoada. Guida também confronta Nicolau, diz que Marta contou-lhe tudo. Nicolau tenta defender-se mas Guida dá-lhe com o cabo da esfregona. Manuel manda-os parar e fica a dar conselhos a Nicolau.

Mariana conta à mãe que bateu em Vitória. Carlota sente-se orgulhosa da atitude da filha. Fernando tenta falar com a filha mas ela não quer. Carlota culpa-o pelo sofrimento delas. Carlota cedeu à chantagem e pediu a Nicolau para entregar o dinheiro no apartado. Este fica desconfiado ao ver Domingos, pergunta ao Funcionário se Domingos tem algum apartado, mas o Funcionário não se deixa influenciar.

Aida está chateada por Tomás ter entregado o irmão. Sebastião diz que Tomás fez a coisa certa. Aida acusa Moisés de não acreditar no filho, Sebastião diz que não podem dizer isso ou podem deitar tudo a perder.

Silvério dá graças por a polícia ter encontrado Gustavo primeiro que ele. Elvira diz que tem de controlar o feitio. Fátima diz que foi Tomás que entregou o irmão.

Tomás cruza-se com Fátima, diz que está a decorrer a audiência do irmão, foi ele que o convenceu a entregar-se. Na audiência, Sebastião diz que Gustavo não fugiu, estava a gozar folgas e férias. Gustavo confirma, conta que o sangue pode ser dele porque discutiu com Artur nessa noite. Sebastião mostra-se confiante na sua defesa.

Simão conta que viu Gustavo passar com Valter mas não ia algemado. Silvério fica enervado, diz que se a polícia não faz o trabalho deles, ele vai lá e faz. Fátima diz ao pai que não vai a lado nenhum e para controlar o mau feitio. Valter prepara a pulseira para Gustavo colocar na perna. Cristina explica o procedimento e diz que ele é o principal suspeito na morte de Artur. Gustavo não quer colocar a pulseira, grita que não matou ninguém. Cristina diz a Gustavo que se ele não colabora tem de ligar ao Juíz e aí vai diretamente para a cadeia. Gustavo continua a dizer que não fez nada mas acaba por deixar que lhe coloquem a pulseira. Guilherme diz a Fátima e Silvério que o facto de Gustavo ficar em prisão domiciliária é um indício forte de que é culpado. Fátima não quer culpar Gustavo.

Nicolau deixou o dinheiro de Carlota no apartado mas conta que viu Domingos, embora não acredite que seja ele. Nicolau recebe sms de Fausto a dizer que Gustavo está em prisão domiciliária.

Fernando fala com Vitória, finge que fala com Sebastião quando Carlota entra. Esta também quer falar com ele por causa de Gustavo, diz que não quer mantê-lo a trabalhar no hotel. Fernando acha que deviam aguardar, mais que não seja por consideração aos pais dele.

Gustavo não contou sobre o envolvimento de Carlota, disse ao juiz que tinha discutido com Artur na aldeia e foi aí que se pegaram. Tomás diz que tem de contar a verdade e que Sebastião é profissional, vai ajudá-lo.

(conclusão)

Episódio 102 (9 a 13 de agosto)

 

Destaques

Gustavo entrega-se à polícia.

Mariana dá um estalo a Vitória.

 

Mariana pede desculpas à mãe por ter pensado que ela era exagerada e que estava sempre com ciúmes do pai. Carlota diz que muitas vezes também pensou o mesmo. Mariana diz que nunca mais quer olhar para a cara de Vitória. Fernando diz que Carlota por vingança contou a Mariana e ela já sabe sobre o caso deles. Vitória chora, diz que Carlota não podia ter feito isso, depois de ter feito tudo o que lhe pediu. Vitória pede a Manuel para ligar a Mariana pois ela não lhe abriu a porta.

Manuel liga e Mariana diz ao tio que ele mente muito mal, sabe que é Vitória que quer falar com ela e pede para dizer que não está, que foi para uma reunião muito longe. Manuel, para não magoar Vitória diz que Mariana está mal disposta. Vitória agradece, mas sabe que ela não quer falar com ela. Na padaria, Salvador diz que Carlota foi muito má em contar a Mariana. Mariana entra e Vitória dirige-se a ela para falar mas acaba por levar um estalo de Vitória, que fica estática e envergonhada. Jacinta e Guida que assistiram estão incrédulas.

Silvério não quer falar de Paula. Anabela conta que andou de bicicleta e lanchou com Leonor e Tomás, diz que a amiga gosta de Tomás e não se importa que digam que o irmão dele matou o pai. Fátima olha angustiada para o anel de noivado. Silvério diz à filha que parece triste mas ela mente e diz que dormiu mal. Fátima agradece-lhe pela festa de aniversário e fala da mãe.

Tozé chamou Marta para agradecer as fotografias que ela lhe tirou, publicou-as e foi um sucesso, pois teve muitos pedidos de amizade de raparigas. Marta vira-lhe as costas para ir embora mas ele agarra-a e beija-a, diz que não aceitou nenhum dos pedidos de amizade. Guida está interessada em assistir a novela enquanto Nicolau dá a entender que estão sozinhos. Guida recebe sms de Richard, mas diz a Nicolau que gosta é dele. Nicolau diz que não importa o que diz quando não quer nada com ele, ela lembra-o que ele tem um relacionamento com Marta. Esta diz a Nicolau que têm de parar de fingir que namoram porque conheceu uma pessoa e não quer confusões. Nicolau aproveita quando vê Guida para simular que discutem. Marta diz-lhes para se entenderem.

Tomás passou a noite no moinho, começa a ouvir passos e percebe que é Gustavo que procura comida. Gustavo foge e Tomás vai atrás dele. Gustavo tenta escapar mas escorrega e Tomás alcança-o. Gustavo dá um soco ao irmão, mas Tomás consegue agarrá-lo. Diz que acabou, que ele não pode esconder-se mais, diz que tem de ir com ele. Gustavo não quer ir preso outra vez. Tomás diz que não fez nada, ele e a mãe acreditam nele e que Sebastião vai ajudá-lo. Mas não pode fugir porque não resolve nada.

Domingos convida Leonor para andar de bicicleta. Ela diz-lhe que só quer ir porque sabe que ontem foi tonto em segui-la e a Tomás. Domingos diz que ficou com medo que lhe acontecesse algo.

Fausto passa um embrulho a um rapaz e esconde o dinheiro que recebe, de forma disfarçada. Jacinta diz que a mãe contou que os pais admitiram que ele anda com ela por causa do pão. Salvador começa a achar que Sãozinha não vai mesmo aceitá-lo.

Jacinta finge que não sabia que a mãe ia ter com os pais de Salvador. Ela diz que eles estão feitos com o filho para lhe destruir o negócio. Jacinta diz à mãe que é melhor tratar-se psicologicamente. Hortense também não acredita no que Sãozinha diz. Jacinta quer tirar a história a limpo sobre Salvador e os pais, quando vai para agarrar na massa do pão, Sãozinha lembra-a que a despediu. Jacinta ameaça ir para tribunal por despedimento sem justa causa.

Fausto acha que Gustavo é culpado. Tozé acha que a história está mal contada, pois sempre foram amigos. Nicolau fica a saber que a televisão da casa de Tozé está boa, foi Guida que lhe mentiu só para ir a sua casa.

Ivone está com medo da relação com Vasco, acha que é bom demais para ser verdade. Lena manda-a calar e aproveitar, já merecia ser feliz. Elvira quer que Lena ligue ao marido para saber de Gustavo, acha que ele é culpado.

Fátima quer saber se a tia está mesmo no hotel. Paula diz que se estivesse mesmo preocupada tinha insistido com o pai para a deixar ficar lá em casa. Carlota aparece e diz a Fátima que devia pedir-lhe desculpas pelas acusações que fez. Fátima diz que nada lhe garante que é ela que está a ajudar Gustavo.

Sebastião diz a Gustavo que fez bem ao ouvir Tomás e entregar-se. Gustavo acha que já não vai sair da prisão. Guilherme fica irritado ao ver Gustavo, diz que vai ligar à polícia mas o pai manda-o desligar, diz que Gustavo é seu cliente.

Fátima diz a Guilherme que não podes estar sempre a aparecer no moinho. Guilherme diz que é por uma boa causa, conta que Gustavo entregou-se, Tomás encontrou-o e convenceu-o a entregar-se e que é o pai que o vai defender.

(conclusão)

Resumo de 2 a 6 de agosto

Episódio 101 (2 a 6 de agosto)

Destaques

Carlota apanha Fernando com Vitória e conta a Mariana sobre a traição do pai.

 

Tomás faz uma pausa nas buscas e lembra-se de quando esteve com Fátima, liga a Rosalinda para lembrá-la que vai buscar Leonor.

Sãozinha quer que Carminho se alie a ela para separar Jacinta e Salvador. Carminho fica chocada, diz-lhe que é melhor marcar um jantar e falar sobre o assunto com Manuel. Jacinta diz a Salvador que a mãe não lhe faz mal porque ela não vai permitir. Sãozinha chega a casa e quer que Salvador saia, Jacinta impõe-se e diz se ele sair, ela também sai. Sãozinha diz para ela o fazer, mas quere-a à noite em casa.

Guilherme está confuso pois Fátima não disse o sim, mas Fátima disfarça para não falar mais no assunto. Salvador diz a Fausto que têm de pensar em apostar nas festas. Vasco comenta que quer casar com Ivone.

No restaurante, Sebastião acha que Hortense e Lena deviam conversar para se entenderem. Vitória chega com Fausto e este diz que podem ir a outro lado pois já percebeu o que ela teve com Fernando e conta-lhe sobre um relacionamento que teve com uma mulher casada.

Em casa da família Arriaga, Fernando aguarda Vitória, diz-lhe que a irmã já sabe sobre o caso deles e incentivou-o a separar-se. Fernando pede-lhe que espere por ele. Carlota entra de surpresa e manda Fernando embora. Mais tarde os discutem. Mariana chega nesse instante e diz que a mãe precisa de ajuda terapêutica. Carlota descontrola-se e conta à filha que apanhou o pai com Vitória. Fernando tenta explicar-se mas Mariana não quer ouvir, diz que o que ele fez foi nojento. Fernando diz que já acabou com Vitória, Carlota diz que ainda hoje os apanhou na casa de Carminho. Mariana não deixa o pai aproximar-se.

Silvério pede desculpas a Elvira que chora, sente-se culpada e não pára de pensar na irmã. Silvério diz que a irmã ia querer que fossem felizes. Ivone percebe que a mãe estava a chorar, mas Hortense diz que se emocionou com o pedido casamento.

Nicolau conta a Tozé sobre o telefonema que Carlota recebeu. Os dois questionam-se sobre quem será o chantagista.

Paula tenta vender um passeio a um hóspede, mas não tem sucesso. Pede trabalho a Lena, que diz que no hotel estão sempre a precisar de camareiras e pode tentar saber se há vagas. Paula diz que quando precisar de uma relações públicas para falar com ela.

Anabela está muito entusiasmada a falar sobre o pedido de casamento de Guilherme à tia. Leonor quer ir embora e não pára de olhar para Domingos. Tomás diz que vão andar de bicicleta, pede-lhe que nunca vá sozinha com Anabela para a serra.

Guida está entusiasmada com o casamento. Fátima conta-lhe que esteve com Tomás, só queria esquecê-lo mas está difícil. Guilherme diz que o sangue no cachecol de Artur não é de Márcio.

Sãozinha fala de Elvira e Silvério, acha que os dois têm um caso. Domingos manda-a calar-se e mesmo que fosse verdade não via mal nenhum. Domingos diz que Leonor está a andar de bicicleta com Tomás e acha que ela vai cair.

Nicolau traz uma bebida e alerta Paula para a conta no bar do hotel que está a aumentar. Ela pede que ele não seja chato. Nicolau descobre-lhe um batom preto, ela sente que está quase a ser descoberta, mas disfarça. Moisés diz que deu um adiantamento a Paula, Aida diz que fez bem mas para ter atenção. Tomás está pronto para ir para a serra, quer encontrar o irmão. Aida chateia-se com Moisés por este achar que o filho Gustavo é criminoso.

Salvador manda-a despachar-se. Jacinta tem receio que o jantar com os pais dele e a mãe não resulte. Ele diz que pode ser que consigam amaciar Sãozinha, que percebe que eles não estão do lado dela. Carminho diz que gostam de Jacinta e eles estão felizes. Sãozinha fica ofendida e maltrata-os acabando o jantar com Manuel a mete-la na rua.

(conclusão)

Episódio 100 (2 a 6 de agosto)

Destaques

Guilherme pede Fátima em casamento que, insegura, aceita.

 

Lena está arrasada com a conversa que teve com a mãe. Sebastião acha que devia contar-lhe a verdade mesmo que ela não a perdoe. Guilherme convida-os para o almoço de Fátima, gostava muito que fossem mas Sebastião dá desculpa para não ir.

Silvério diz a Elvira que não devia ter gritado com ela mas anda de cabeça perdida por causa da morte de Artur. Silvério beija-a mas afasta-se logo.

Tomás diz a Aida que encontrou uma lanterna e tem quase a certeza que é do irmão, diz que amanhã volta lá. Aida diz que foi falar com Fátima e Tomás acha que não foi boa ideia, ela está muito magoada.

Carlota tenta explicar-se. Mariana sabe que o que fez foi para afastar Tomás dela e não por concorrência. Mariana pede à mãe se não quer ajudar então que não atrapalhe, não consegue ficar bem com ela depois do que fez. Carlota faz refresh sem parar no email quando toca o telemóvel. Carlota atende, dizem-lhe que ou mete o dinheiro no apartado ou mais pessoas ficam a saber o que fizeram.

Tozé arruma e limpa tudo. Marta chega com a sua máquina, pergunta a Tozé se não tem mesmo namorada porque o viu com uma rapariga lá do ginásio. Ele diz que é só amiga. Marta vai fotografando-o.

Nicolau está desagradado com Paula, foi pedir jantar à mãe e tem uma reserva no hotel. Paula manda-o meter-se na sua vida, fica a saber da festa da sobrinha por ele, diz que encontram-se lá. Nicolau pede a Marta que coloque o batom preto e o beije para fingir que foi atacado e Guida ajudá-lo. Marta faz-lhe a vontade. Nicolau mostra o beijo a Guida e diz que foi atacado outra vez, têm de testar, mas ela manda-o ir testar com Marta.

Fátima gosta do casaco que Guilherme lhe ofereceu mas acha-o muito sofisticado. Silvério convida Guilherme para almoçar, Fátima aceita mas diz que almoçam em casa, não quer festas. Guilherme fica nervoso e tem medo que Fátima não aceite o pedido de casamento. Marta deitou-se tarde, esteve com Tozé, acha que ele está interessado nela. Marta tem pequeno ataque de epilepsia. Guilherme diz a Paula para ir ao almoço mas não fica convencido.

Fausto acabou de enviar sms a Vitória. Salvador diz que fez bem, ele também insistiu e conseguiu dobrar Jacinta. Tomás fica arrasado ao saber que Guilherme vai pedir Fátima em casamento.

Sãozinha não vai expulsar Jacinta de casa mas diz-lhe que está despedida, não a quer a fazer pão com ela. Sãozinha diz a Tozé que é ele que vai ajudá-la a partir de agora. Elvira pede para a perdoarem por ter beijado Silvério. Sãozinha vai ter com ela e diz que deve estar a pedir perdão pela má-língua. Tozé diz à mãe que não vai ser padeiro mas ela diz que vai ser o que ela quiser.

Fernando pede à irmã para ser honesta. Carminho sabe que ele se envolveu com Vitória, não concorda como fez as coisas e também acha que a deve esquecer. No entanto, acha que deve separar-se na mesma.

Gustavo é acordado com o ladrar da cadela e foge. Fátima entra no moinho e percebe que esteve ali alguém porque vê uma caneca de plástico. Fátima mostra a Tomás a caneca que encontrou e que acha que quando chegou a pessoa ainda lá estava. Tomás diz que é do irmão, ele não deve estar longe.

Vitória conta a Mariana que Guilherme vai pedir a Fátima em casamento, mandou fechar a padaria, foi Salvador que lhe disse. Mariana ri às gargalhadas de alegria.

Anabela entra apressada a dizer que o avô sentiu-se mal e saem a correr. Na padaria, terminam de organizar a decoração. Guilherme está muito nervoso e Ivone descansa-o. Paula aparece e diz ao irmão que não ia faltar ao aniversário da sobrinha. Silvério e Elvira trocam olhares constrangidos. Anabela faz barulho para que percebam que estão a chegar. Fátima fica surpreendida com a festa. Guilherme pede-a em casamento e Fátima não sabe o que responder. Fátima sente-se pressionada pelos presentes e aceita casar. Guida emociona-se. Fátima sente-se insegura com a sua decisão.

 

(conclusão)

Episódio 99 (2 a 6 de agosto) 

Destaques

Tomás descobre que Carlota pagou a homem para se perder na serra.

Sãozinha quer deserdar Jacinta.

 

Carminho quer saber o que aconteceu ao pai. Fernando acha que pode ser só uma brincadeira e não quer que ela vá à polícia. Carminho sabe que ele não está feliz e se quiser separar-se de Carlota, tem o seu apoio.

Márcio pede a Lena para falar com Carlota, improvisa, diz que é ele que fornece o mel. Lena liga mas Carlota não o pode receber. Lena percebe que falou com o homem que testemunhou contra o irmão. Lena conta à mãe que Márcio esteve lá no hotel. Hortense força-se para parecer fria e acusa-a de estar preocupada agora, quando na altura não quis saber do irmão. Hortense tem vontade de fazer as pazes mas o orgulho não deixa. Márcio quer dinheiro para desaparecer mas Carlota não lhe quer dar. Tomás ouve vozes e fica a ouvir, percebe que Márcio fala que dormiu ao relento para fingir que se tinha perdido. Tomás decide sair do esconderijo. Márcio e Carlota surpresos. Tomás dá-lhe os parabéns, superou-se ao pagar a Márcio para o prejudicar. Tomás não deixa Márcio sair, quer que ele vá à polícia retirar a queixa contra ele.

Sãozinha diz que Jacinta está com Salvador, porque foi um plano dela. Jacinta farta de ouvir a mãe, levanta-se detrás do balcão e diz que a sua vontade era esganá-la. Salvador acalma Jacinta. Guilherme espera Guida, conta-lhe que está a pensar pedir Fátima em casamento e precisa da ajuda dela para escolher o anel. Sãozinha pergunta quanto custa uma hora de consulta com Guilherme porque precisa de conselhos. Ele diz que não cobra nada. Sãozinha quer deserdar Jacinta. Guilherme diz que não o pode fazer assim, tem de haver motivos muito fortes. Sãozinha decide então doar a casa a Guida e Tozé. Guilherme diz que isso pode fazer mas Jacinta não deixa de ser herdeira. Salvador conta aos pais que namora com Jacinta, ela já não tem medo da mãe. Carminho quer Sãozinha para jantar lá em casa. Jacinta chega chorosa, conta que a mãe quer deserdá-la.

Paula desesperada pede a Elvira para voltar a falar com o irmão para não voltar a dormir ali na fábrica mas Elvira não se mostra disponível. Paula pede adiantamento a Moisés, diz que foi expulsa de casa por ajudar Gustavo.

Leonor mostra-se preocupada com Aida, oferece-lhe um chocolate para se sentir melhor. Rosalinda quer muito que o filho dela também apareça para explicar o que se passou.

Tomás está cansado quando vê as pegadas no chão que o levam até à margem. Tomás encontra a lanterna caída.

Fátima pede a Guida para não contar nada, Carlota não pode saber que sabem a verdade. Fátima chora, dói muito o que Tomás lhe fez mas mesmo assim não o esquece. Aida diz que pensou muito antes de ir ali mas queria dizer-lhe que Gustavo não é culpado, ele disse a Tomás e ela acredita. Fátima diz-lhe que as pessoas desiludem, devia preparar-se para o facto de estar enganada.

Carlota lê o email que recebeu em voz alta a Nicolau. Diz que quando descobrir quem está a fazer isto, vai cortá-lo aos bocados. Nicolau fica muito aflito, diz que não é ele. Carlota também não acha que seja ele mas quer muito saber quem é.

Elvira mostra fotos de Ivone em pequena enquanto lancham. Vasco quer ver mais mas quando vai para buscar quando Ivone entra e não deixa. Elvira elogia os bolos que Vasco fez, diz que já pode casar com ele.

Elvira contrariada em servir Paula. Ivone chama-a atenção q o q fez foi mto feio, proteger Gustavo. Silvério vê Paula e sai irritado. Ivone comenta q o tio agora passa a vida a ir lá a casa

Guilherme pede a Fausto e Salvador para organizar o aniversário de Fátima na padaria deles. Salvador acha que ao abrirem esta exceção depois todos vão querer. Guilherme vê-se obrigado a dizer que vai pedir Fátima em casamento. Fátima não quer festejar o aniversário até porque está cheia de trabalho. Anabela faz sinal ao avô e diz que se a tia não quer, vão esquecer que