Música

Oito anos desde a morte de Amy Winehouse

Mandatory Credit: Photo by James Mccauley/REX/Shutterstock (793421aw) Amy Winehouse Virgin Mobile V Festival, Hylands Park, Chelmsford, Essex, Britain - 17 Aug 2008

São oito os anos que separam 2019 do fatídico ano de 2011. Foi a 23 de julho de 2011 que a cantora foi encontrada morta em casa. A polícia foi chamada pouco depois das 16h00 e acabou por confirmar o óbito no local, mais tarde confirmado como resultado de uma overdose.

Muitos foram os que, após a morte da cantora, garantiram que o desfecho era o esperado. A cantora era conhecida por ter comportamentos alcoólicos, mas também por consumir drogas, tendo mesmo subido a vários palcos visivelmente alterada, como aconteceu no Rock in Rio 2008, em Lisboa.

A cantora, que se estreou no sucesso com ‘Back to Black’, colecionou títulos, vendas, e chegou a valer seis Grammy, tornando-se num dos maiores sucessos de vendas da década de 2000.

O sucesso de Amy Winehouse trouxe consigo o descontrolo e as clínicas de desintoxicação, as discussões com o marido e os concertos cancelados, com a mãe da cantora a revelar que “Esta não é a Amy que conheço. É como se a sua vida se tivesse tornado numa actuação. Penso que não vai aguentar”.

A forma como Amy Winehouse agia chegou a ser entendida como uma estratégia para a colocar nas primeiras páginas de revistas e jornais, mas acabou por ser algo que a levou à morte.

8 anos depois, a cantora britânica continua a ser entendida por muitos como um ícone da música ingleza.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita.Apple Store Download Google Play Download

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

ATV News