fbpx
Música

Após receber subsídio do Estado, José Cid reage a críticas: “Morram envenenados…”

José Cid
© RTP

José Cid recebeu um apoio de 50 mil euros do Estado para gravar o seu novo álbum, vindo do Ministério da Cultura.

José Cid recebeu um apoio depois de ter procurado o Ministério da Cultura e ter estado um ano sem trabalhar. O dinheiro vem do programa ‘Garantir Cultura’. A notícia foi avançada pelo Correio da Manhã.

O cantor, de 79 anos, já reagiu às críticas. “Estive a fazer o álbum, depois fizemos contas. Era impossível fazer este álbum porque é um duplo vinil e ainda por cima vai levar uma pen e é um trabalho de masterização e fabricação caríssima que é feita no estrangeiro”, começou por dizer.

“Este subsídio, meninos e meninas, não é feito para comprar um automóvel novo ou passar férias nas Caraíbas com a minha mulher”, disse ainda.

O artista exaltou-se depois: “É para trabalhar e compensar um ano e meio de trabalho fechado no estúdio. Se houver reações que são negativas, problema deles. Mordam-se e morram envenenados, estou farto disso“.

Leia também: Sofia Arruda e Filipa Maló são surpreendidas na rua e refletem: “O que temos é raro…”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>