fbpx
Música

Anjos revoltados com cancelamento de espetáculos: “Sentimo-nos discriminados”

Sergio Rosado Nelson Rosado Anjos

Os Anjos viram os seus concertos serem cancelados por causa da pandemia, e mostraram-se indignados com a “histeria coletiva”.

Os Anjos viram os espetáculos que tinham agendados para o final do ano serem cancelados e adiados, devido à pandemia da Covid-19. A dupla mostrou-se bastante desagradada e lamentou a forma como a cultura é tratada em Portugal.

Ao site Fama Show, Nelson Rosado afirmou: “Ao dia de hoje, as normas e as medidas que foram tomadas não cancelam os eventos e isto é importante de dizer. Acho que entrámos num extremo que faz com que as pessoas entrem numa ‘histeria’ coletiva e fazem com que se cancelem as coisas, por receio, mesmo que não existam razões aparentes para que isso aconteça, mas com o pretexto da Covid“.

Os irmãos Rosado planeavam um regresso em grande, e tinham até confirmada uma passagem de ano em Tomar, que já não vai acontecer.

Eu não consigo conceber isto, porque a indústria da cultura em Portugal é um dos principais motores da economia nacional. Por conseguinte, está tudo outra vez em ‘standby (…) Se não nos deixam trabalhar então devíamos ser compensados por isso“, atirou.

Nelson Rosado referiu que esta fase já deveria ter sido ultrapassada e referiu ainda a importância da cultura para o PIB português, manifestando o seu “sentimento de revolta completa”.

A minha vontade é dizer ‘se eu não posso trabalhar, então ninguém trabalha’, mas isso é completamente ridículo. Sentimo-nos completamente discriminados (…) Quando íamos recomeçar, os espetáculos que iam acontecer já estão a ser realocados outra vez. Isto é inacreditável“, lamentou.

Leia também: Nelson Rosado e Sérgio Rosado, dos Anjos, pertencem à maçonaria: “É uma honra”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News