fbpx
Geral

Rúben Couto esteve cinco horas com o corpo de Beatriz Lebre

Facebook

Rúben Couto, o homicida confesso pela morte de Beatriz Lebre, esteve cinco horas com o corpo na casa da vítima em Marvila, em Lisboa. Limpou o apartamento e arrumou-o e já pelas 3 da manhã saiu com o cadáver para o atirar ao rio Tejo. 

De acordo com o Correio da Manhã, entre o homicídio da colega e a chegada à sua casa, em Almada, demorou sete horas e nunca se arrependeu. Quando foi detido é que confessou o crime, revelou onde estava o corpo e disse que o fez por ciúmes. A família do suspeito aceitou as buscas na casa e no carro e o pai  pediu-lhe mesmo que colaborasse e assumisse o que fez.

A jovem estudante tinha cinco marcas de vergastadas na zona da cabeça e cortes no pulso, que indicam que usou as mãos para proteger a cara das agressões. Rúben tinha sido a última pessoa que Beatriz tinha contactado. Perguntou à jovem se podia ir lá a casa e esta disse que sim. Depois Rúben desligou o telemóvel e só o ligou de madrugada. A Polícia seguiu o rasto das chamadas e encontrou o suspeito.

 

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News