fbpx
Geral

RTP, SIC e TVI faturam milhares de euros nas campanhas para as eleições presidenciais

Sictvirtp Rtp, Sic E Tvi Faturam Milhares De Euros Nas Campanhas Para As Eleições Presidenciais
Os Canais De Tv Recebem A Maior Fatia Do Investimento Do Estado Para As Campanhas Presidenciais
Os canais de TV recebem a maior fatia do investimento do estado para as campanhas presidenciais

Os quatro canais generalistas – RTP1, RTP2, SIC e TVI – encaixam valores monetários na ordem dos 1,7 milhões de euros pela emissões dos tempos de antena relativos à campanha para as eleições presidenciais que acontecem no dia 24 de janeiro, apurou o Correio da Manhã.

A TVI é o órgão de comunicação social que mais lucra com este investimento do estado que contabiliza ao todo 2 311 762 de euros distribuídos pelas rádios e televisões nacionais, tanto no continente como nos arquipélagos dos Açores e da Madeira. A estação de Queluz de Baixo regista um nível de receitas cujo valor se traduz nos 687 850 euros. Segue-se a SIC com 599 946 euros e a RTP, no último lugar do pódio, com 403 260 euros.

Nas rádios é a Renascença que mais fatura com as campanhas dos candidatos ao lugar da presidência da república, com um investimento do estado que ronda os 301 819 euros. A rádio do grupo Média Capital, a Rádio Comercial, alcança os 133 092 euros e as rádios do grupo RTP contabilizam no seu todo um investimento de 106 753 euros.

A M80 e TSF, ambas com 35 035 euros, e o Posto Emissor de Radiodifusão do Funchal (8968 euros) registam o valor de receitas mais baixo da lista de orgãos de comunicação que vão receber pela prestação deste serviço. O mesmo jornal ainda dá conta de um decréscimo de 358 mil euros face à última campanha para as eleições presidenciais ocorridas em 2011. Os candidatos à chefia do Palácio de Belém investiram, para a campanha de 2016, menos dinheiro para a emissão dos seus respetivos tempos de antena.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>