fbpx
Geral

Remodelação da TV Pública Espanhola leva a perda de espectadores

Rtve1 Remodelação Da Tv Pública Espanhola Leva A Perda De Espectadores

Rtve1

Em Espanha, o governo liderado por Mariano Rajoy fez uma remodelação na estrutura diretiva e nos apresentadores dos principais programas da La 1 (o equivalente à RTP1), que há 1 ano era líder, e hoje é terceira nas audiências.

A principal área motivo de alterações foi na informação. Segundo a edição de hoje do Diário de Notícias, o Telediario 2, emitido às 21h00 (e que equivale ao nosso noticiário das 20h), perdeu a liderança para o informativo da privada Telecinco, e segundo site Vertele, a contrastar com os 3 milhões e 600 mil espectadores e 18,5% de share que o principal noticiário da TV pública espanhola conseguia – no dia 14 de fevereiro de 2012 (nr. Não nos baseamos no dia 15 para a comparação, já que foi dia de Liga dos Campeões e não houve noticiário das 21h na TVE) -, estão os 11,1% de share que a edição de ontem conseguiu, com pouco mais de 2 milhões e 100 mil pessoas. No caso deste informativo, deixou de ser conduzido por Pepa Bueno – jornalista na TVE há 20 anos, que passou para uma rádio privada -, e passou a ter como cara Mata Jaumandreu, e mais recentemente, reforçada para ficar em dupla com Marcos Lopéz. Já o Telediario 1, manteve apresentadora, Ana Blanco, e os resultados apesar de oscilarem, mantém-se na liderança, ( a 14 de fevereiro de 2012: 21% e 3.048.000 espectadores, e a 15 de fevereiro de 2013: 2.239.000 e 16,4%).

As alterações afetaram ainda o programa matinal de tertúlia política, Los Desayunos de TVE, que até final de julho, foi conduzido por Ana Pastor, conhecida pelo estilo mais atacante das entrevistas, – levando inclusivamente, a um confronto com María Dolores de Cospedal, uma das dirigentes do Partido Popular espanhol, ainda no tempo em que estava na oposição -, e passou para a jornalista María Casado. Nas audiências, o programa conseguia a 14 de fevereiro de 2012, 18.4% e 485.000 espectadores, e hoje fica nos 286.000 e 11,5% de quota de mercado.

Na estrutura diretiva, entrou Leopoldo González-Echeni, atual presidente do grupo RTVE, o diretor de informação Fran Llorente, saiu e deu lugar a Julio Samoano. No parlamento espanhol, as principais críticas prendem-se com a alegada falta de credibilidade e independência dos serviços noticiosos do grupo público, sendo que os socialistas do PSOE, acusaram o grupo de ser um “altifalante” do governo de Mariano Rajoy.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

5 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Peregunto se em causa não estarão os salários dos apresentadores em causa. A notícia não o refere (e diga-se, quando toca a atacar um governo não convém dizer toda a verdade) e bem se sabe que a RTVE gasta imenso dinheiro em salarios. Acabei de ler que o salário dessa pivot era de 200.000€ brutos anuais em 2011 (pesquisar Pepa Bueno sueldo rtve) e embora não seja um valor extraordinário, para uma empresa pública é um roubo ao bolso do contribuinte.

ATV News

<>