fbpx
Geral

Receitas da SIC e da TVI disparam

Impresa Receitas Da Sic E Da Tvi Disparam

Impresa

O mundo do audiovisual já teve melhores dias, quer para os profissionais quer para as empresas, mas a SIC e a TVI têm conseguido inverter a tendência de queda no que toca às receitas. O mercado publicitário tem contribuído cada vez menos para os lucros, mas é nos serviços de mensagens e chamadas dos programas e afins que se tem encontrado oportunidades, transformando-se num negócio fundamental para as estações.

Conforme avançado pelo CM, de janeiro a março de 2013, a Media Capital, empresa que detém a TVI, em comparação com os mesmos meses de 2012, registou um crescimento de 90,4% na faturação de serviços relacionados com programas como A Tua Cara Não Me é Estranhada  e os talk-shows da estação, seguindo-se a Impresa, que teve uma subida de 48,5% nos proveitos, ou seja, 9.6 e 6.4 milhões de euros para os respectivos grupos.

O incremento das receitas devem-se sobretudo aos bons resultados que os programas de cada canal tem obtido, no caso da TVI pela liderança no day-time como nos programas de domingo (como o Somos Portugal e os concursos da noite) e no caso da SIC pelo melhoramento significativo das audiências dos formatos de fim de semana, em comparação com o ano anterior, destacando-se O Formigueiro e Vale Tudo.

O registo é para manter, uma vez que os principais formatos, ao domingo, têm mantido os bons resultados audiométricos do primeiro trimestre, colocando Júlia Pinheiro e Teresa Guilherme frente a frente.

Em termos gerais acerca do ano anterior, a TVI registou 33 milhões de euros e a SIC 20 milhões, valores arredondados, crescimento de 76,7% e 17,7% respetivamente. No total, as chamadas e mensagens geraram 53,2 milhões em 2012.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

1 Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>