Geral

Pessoas que encontraram Valentina no ano passado contam todos os pormenores

A menina que foi assassinada pelo pai, em Atouguia da Baleia, no início deste mês, fugiu da casa do progenitor no ano passado.

Dois populares que a encontraram e que contactaram as autoridades explicaram ao jornal Correio da Manhã os detalhes desse dia. Segundo eles, Valentina disse-lhes apenas o nome dela e que tinha saudades da mãe. Decidiram telefonar à polícia para que a fossem buscar.

Estas mesmas duas pessoas contaram ainda que até conheciam Sandro, o pai da criança, mas não conseguiram fazer qualquer associação entre ambos. Isto porque o homem nunca falava desta filha a ninguém. Aparentemente, os preferidos eram apenas os descendentes da nova companheira, Márcia, que também se encontra em prisão preventiva.

A Comissão de Proteção de Menores, como já foi noticiado, arquivou o processo em tempo recorde. Nunca chamou estas duas testemunhas a depor. Estas nunca souberam quem era a menina que encontraram há um ano. Até este mês. Até verem o anúncio do desaparecimento e, posteriormente, a notícia de que a menina, de nove anos, foi morta pelo próprio progenitor.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News