fbpx
Geral

Pedro Pinto não sente o seu trabalho apreciado em Portugal

Pedro Pinto Cnn Pedro Pinto Não Sente O Seu Trabalho Apreciado Em Portugal

Pedro Pinto Cnn

Depois de ter deixado a CNN, e ter ingressado num projeto ligado com o futebol, agora, Pedro Pinto é chefe do gabinete de imprensa e porta-voz oficial da UEFA. Contudo, não descarta a possibilidade de regressar a Portugal, embora o seja, para si, «estranha» a ausência de convites no panorama televisivo nacional.

Pedro Pinto conta que «convites a série, não [houve]», mas apenas «uma sondagem». «Não sei se as pessoas acham que estou a ganhar uma fortuna, que não estou- ganho menos do que os grandes pivôs em Portugal -, não sei se é por acharem que não voltaria a Portugal por ter estado num canal global», adianta como possíveis razões à Notícias TV. De facto, o jornalista diz que «sempre [foi] estranho», mas «de qualquer forma, o meu trabalho sempre foi mais apreciado lá fora do que cá dentro» e esta é uma situação que acontece «em geral» – «o trabalho dos portugueses é mais apreciado lá fora».

O agora responsável pela comunicação da UEFA diz-se esquecido por parte dos diretores dos principais canais portugueses, «mas não sinto rancor nem me sinto magoado com isso», é algo que «aceito completamente». Além disso, conclui que «não é um insulto para mim e, felizmente, não preciso de convites para viver. Acho só estranho porque quando num qualquer meio existe uma pessoa que dá mostras de ser boa profissional, que é o meu caso, não faz sentido ninguém se interessar por ela».

Recorde-se que Pedro Pinto iniciou a sua carreira na RTP no formato Caderno Diário, passando pela CNN (EUA e Inglaterra), assim como pela Sport TV.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News