Geral

Passeios podem colocar “os vossos filhos ligados a um ventilador”, diz enfermeiro

Facebook

O profissional de saúde mostrou-se revoltado com os “passeios” e apelou a que toda a gente fique em casa.

Tiago Salgadinho é enfermeiro do Hospital Dona Estefânia, em Lisboa, e deixou um desabafo nas redes sociais, numa publicação que já tem mais de 26 mil gostos e 13 mil partilhas.

No passado sábado, o profissional esteve durante sete horas, com uma colega enfermeira e uma médica, confinado a um quarto de pressão negativa, “sem comer, beber” e praticamente sem sentir alguma coisa para além de “suor, dores de cabeça, sede e muita vontade de sair dali”.

“Interessante que ao mesmo tempo centenas de portugueses decidem passear, visitar as praias, passear o cão 5x por dia, ir ao supermercado a toda a hora e algumas ainda viajar até ao Algarve, recordo a essas pessoas que quanto mais vezes sairem das vossas casas, mais aumentam a probabilidade de colocar os vossos filhos numa unidade de cuidados intensivos ligados a um ventilador onde nem os próprios pais poderão entrar nesse mesmo quarto”, continuou.

Já no final, Tiago concluiu com um elogio a todos os profissionais de saúde: “Felizmente Portugal tem um excelente conjunto de profissionais de saúde que estarão aqui dia após dia, noite após noite, como em todos os momentos, por cada de vós… “.

Ora veja:

Na última tarde durante praticamente 7h estivemos eu, mais uma enfermeira e uma médica confinados a um quarto de pressão…

Publicado por Tiago Salgadinho em Domingo, 29 de março de 2020

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News