fbpx
Geral

Papa Francisco quer união no combate à pandemia: “Só nos salvamos juntos”

Papa Francisco
Instagram

O Papa Francisco quer união no combate à pandemia do novo coronavírus.

Esta terça-feira, em Roma, o chefe da Igreja Católica recordou que estamos todos no mesmo barco. “Só nos salvamos juntos, encontrando-nos, negociando, desistindo de combater-nos, reconciliando-nos, moderando a linguagem da política e da propaganda, desenvolvendo percursos concretos para a paz“, explicou.

Em cerimónia dedicada às vítimas da pandemia, o Papa Francisco reforçou ainda que “a diversidade de religião não justifica a indiferença nem a inimizade“. “Antes pelo contrário, a partir da fé religiosa, é possível tornar-se artesãos de paz e não espectadores inertes do mal da guerra e do ódio“, referiu.

Estamos juntos, nesta tarde, como pessoas de diferentes tradições religiosas, para comunicar uma mensagem de paz. Isto mostra claramente que as religiões não querem a guerra. Pelo contrário. Desmentem quem sacraliza a violência e pedem a todos que rezem pela reconciliação“, acrescentou.

Leia também: Covid-19. Vaticano confirma caso na residência do papa Francisco

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News